Livro A – 04. Jesus fala e dá-nos de comer

livro de encontros para catequese de primeira comunhão

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém .

Ó Jesus, amigo dos pequeninos, abençoai as crianças do mundo inteiro!

Conhecer Jesus é fascinante! Hoje, vamos estar mais um pouco com este nosso novo grande Amigo e vamos saber de algo extraordinário que Ele fez. Há uma coisa que, se calhar, ainda não sabemos sobre Jesus: Ele é rei. Sim, é verdade: Jesus é rei! Esta semana muitas pessoas celebram uma grande festa chamada «Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo». Afinal, Jesus, o nosso grande amigo, é muito poderoso! É um rei.

Mas é um rei diferente dos reis do mundo. Não tem uma coroa de ouro, não vive num grande castelo nem se senta num trono magnífico. A Sua forma de reinar é diferente: Ele reina amando, ajudando os outros, perdoando, dando a Sua própria vida.

Como Jesus é um rei diferente dos outros reis, muitas pessoas até acham que Ele não é rei. Estão enganadas! Na verdade, Ele até é um Rei maior do que os outros todos… E Jesus, às vezes, faz coisas que deixam as pessoas maravilhadas, faz milagres! Mas só os faz às vezes. Porque senão as pessoas só andariam atrás d’Ele por quererem ver coisas espantosas; e Jesus não gosta de dar nas vistas. Hoje vamos escutar um desses milagres que Jesus, às vezes, faz. Certa vez, uma multidão seguiu Jesus para O escutar. Como estavam no deserto, os Seus amigos disseram a Jesus que não havia comida para toda a gente e que, por isso, era melhor mandar as pessoas embora. Mas não foi isso que Jesus fez… Vamos descobrir!

Leitura (Lc 9, 11b-17)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas

Naquele tempo, estava Jesus a falar à multidão sobre o reino de Deus e a curar aqueles que necessitavam. O dia começava a declinar. Então os Doze aproximaram-se e disseram-Lhe: «Manda embora a multidão para ir procurar pousada e alimento às aldeias e casais mais próximos, pois aqui estamos num local deserto». Disse-lhes Jesus: «Dai-lhes vós de comer». Mas eles responderam:

«Não temos senão cinco pães e dois peixes… Só se formos nós mesmos comprar comida para todo este povo». Eram de facto uns cinco mil homens. Disse Jesus aos discípulos: «Mandai-os sentar por grupos de cinquenta». Assim fizeram e todos se sentaram. Então Jesus tomou os cinco pães e os dois peixes, ergueu os olhos ao Céu e pronunciou sobre eles a bênção. Depois partiu-os e deu-os aos discípulos, para eles os distribuírem pela multidão. Todos comeram e ficaram saciados; e ainda recolheram doze cestos dos pedaços que sobraram.

Palavra da salvação. Glória a Vós, Senhor

Salmo Responsorial

O Senhor deu-lhes o pão do céu.

1| Nós ouvimos e aprendemos os nossos pais nos contaram, os louvores do Senhor e o seu poder e as maravilhas que Ele realizou.

2| Deu as suas ordens às nuvens do alto e abriu as portas do céu; para alimento fez chover o maná, deu-lhes o pão do céu.

3| O homem comeu o pão dos fortes. Mandou-lhes comida com abundância: e introduziu-os na sua terra santa, na montanha que a sua direita conquistou.

Os Doze discípulos foram os primeiros amigos e seguidores de Jesus. No milagre que escutámos hoje, eles foram muito importantes: não só viram o milagre, como fizeram parte dele! Então, que aconteceu? Jesus olhou para a multidão que O seguia – eram mesmo muitas pessoas – e foi informado pelos Seus amigos de que não havia alimento para todos. Eles aconselharam-n’O a que mandasse as pessoas embora. Realmente, seria muito mais fácil dizer às pessoas que não havia comida suficiente para todos e que fossem procurar alimento noutro lugar. Mas será que Jesus iria abandonar estas pessoas? Claro que não! Muito pelo contrário!

Embora Jesus soubesse que o alimento que havia não era suficiente para toda a gente, disse aos discípulos para que eles mesmos dessem ao povo algo de comer. Mas, se Ele sabia que não havia comida para todos, porque disse aquilo? Jesus queria testar os discípulos, isto é, queria perceber se eles realmente confiavam n’Ele, se acreditavam no que Ele dizia. Os amigos de Jesus confiaram n’Ele, deram-Lhe o que tinham e o milagre aconteceu!

Toda a gente pôde comer! Quantos eram? Mais de cinco mil pessoas!

Este milagre acontece muitas vezes, na Igreja, naquilo a que chamamos a «Eucaristia» ou «missa»: Jesus distribui por todos um Pão maravilhoso, que nos dá vida! Mas só pode comer desse Pão quem estiver preparado para isso. Nós também haveremos de comer desse Pão fantástico, mas só daqui a algum tempo. Até lá, há algo muito importante que podemos fazer: o mesmo que fizeram os discípulos – confiar em Jesus, falar d’Ele às pessoas e mostrar a todos que Jesus nos ama. Como? Através do nosso exemplo, sendo simpáticos para com todos, amigos de todos, preocupados com o bem de todos. Partilhando o que temos com aqueles que não têm. Rezando. Em silêncio, vamos dizer a Jesus: «Jesus, eu quero partilhar as minhas coisas com quem precisa».

Jesus alimentou uma multidão com aquilo que os Seus discípulos partilharam. Vamos implorar a Jesus para que sejamos capazes de repartir o que de melhor temos com os outros, dizendo: Senhor Jesus, ouvi-nos.

1| Para que Jesus nos ajude e nos dê força e coragem para repartirmos o nosso pão, os nossos brinquedos e tantas outras coisas com aqueles que não têm aquilo de que precisam para viver, oremos.

2| Pelos que ajudam os que mais sofrem, porque vêem nos seus rostos a face de Jesus que nos diz: «Dai-lhes vós de comer», oremos.

3| Pelos países em guerra e pelas zonas onde há violência, para que a força da Eucaristia e o exemplo dos cristãos traga a paz ao mundo, oremos.

4| Pelas nossas famílias, para que nunca lhes falte o «Pão nosso de cada dia» e se mantenham unidas em Jesus, oremos.

Pai Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai- nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal.

Senhor Deus, queremos agradecer-Vos pela oportunidade de conhecer e amar Jesus, o grande Rei, que dá a vida por nós; queremos agradecer porque nos dais a Vossa Palavra, que nos enche de alegria; queremos pedir o dom da fidelidade, para sermos discípulos do Vosso Filho, Jesus Cristo, Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amém.

O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém .

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém .

Compromisso

Ainda te lembras do texto do Evangelho que ouviste? Uma multidão muito grande seguiu Jesus para ouvir a Sua Palavra. Como estavam no deserto, os Doze discípulos perceberam que não havia maneira de alimentar tanta gente e disseram a Jesus que o melhor era dizer-lhes para procurarem alimento e abrigo noutro lugar. Mas Jesus não as abandonou. Aliás: disse aos discípulos que pegassem em cinco pães e dois peixes que ali havia e que, com eles, alimentassem o povo. E, como pudemos ouvir, esse alimento multiplicou-se e até sobrou!! Foi realmente um milagre! Para não te esqueceres dele, tens aqui um desenho com uns peixes muito sorridentes. Convidamos-te a embelezar este desenho com os lápis de cor mais bonitos!

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !