Mateus 4, 1-11 a tentação de Jesus no deserto

1131

“O homem não viverá só de pão”

Escritura:   Mateus 4, 1-111 Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. 2 E jejuou quarenta dias e quarenta noites, e depois ficou com fome. 3 O tentador aproximou-se e disse-lhe: “Se você é o Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães”. 4 Ele, porém, respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. 5 Então o diabo o levou à cidade santa e pôs-no sobre o pináculo. do templo, 6 e disse-lhe: “Se tu és o Filho de Deus, lança-te para baixo; porque está escrito: Ele dará aos seus anjos a responsabilidade de ti”, e “nas suas mãos eles te sustentarão, para que não ferais o teu pé contra uma pedra. ‘”7 Disse-lhe Jesus:” Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. ” o diabo levou-o a uma montanha muito alta e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles; 9 e disse-lhe: Tudo isso eu te darei, se te caires e me adorares. 10 Disse-lhe então Jesus: De bronze, Satanás! Porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só ele o servirá. 11 Então o diabo o deixou, e eis que vieram anjos e serviram a ele. .

Meditação:Você já se sentiu impelido ou levado a fazer algo radical por Deus? Jesus foi guiado pelo Espírito Santo para passar quarenta dias e noites em oração e jejum em um lugar solitário. Por que ele foi obrigado a procurar a solidão por um período tão longo? Foi simplesmente um teste para prepará-lo para o seu ministério? Ou Satanás queria atraí-lo para uma armadilha? A palavra tentar em inglês geralmente significa atrair o pecado. A palavra escriturística aqui também significa teste no sentido de provar e purificar alguém para ver se está pronto para a tarefa em mãos. Testamos os pilotos para ver se eles estão aptos a voar. Da mesma forma Deus testa seus servos para ver se eles estão aptos para serem usados ​​por ele. Deus testou Abraão para provar sua fé. Os israelitas foram severamente testados no Egito antes que Deus os libertasse de seus inimigos. Jesus não foi exceção a esse teste. Satanás certamente nos tentará e fará de tudo para que escolhamos a vontade sobre a vontade de Deus. Se ele não pode nos fazer renunciar à nossa fé ou pecar mortalmente, ele então tentará nos fazer escolhas que nos levará, pouco a pouco, longe do que Deus quer para nós.

 Jesus foi tentado como nós e ele não venceu por sua própria força humana, mas pela graça e força que seu pai lhe deu. Ele teve que renunciar à sua vontade pela vontade do seu pai. Ele conseguiu porque queria agradar seu pai e confiava que seu pai lhe daria forças para superar os obstáculos que estavam no caminho. Lucas diz que Jesus estava “cheio do Espírito Santo” (Lucas 4: 1). Quando tentado pelo diabo, Jesus não tentou combater seu adversário em sua própria força humana. Ele confiou no poder que o Espírito lhe deu. Jesus veio para derrubar o maligno que nos manteve prisioneiros do pecado e do medo da morte (Hebreus 2:14). Sua obediência à vontade de seu Pai e sua disposição de abraçar a cruz reverteram a maldição da desobediência de Adão.

Como podemos vencer o pecado e a opressão em nossa vida pessoal? O Senhor nos dá seu Espírito Santo para ser nossa força, guia e consolador na tentação e teste. O Senhor Jesus está sempre pronto para derramar seu Espírito sobre nós, para que tenhamos força e coragem para resistir ao pecado e rejeitar as mentiras e enganos de nosso inimigo, Satanás. Deus quer que “combatamos o bom combate da fé” (1 Timóteo 6:12) com o poder e a força que vem do Espírito Santo. Você confia no Senhor por sua força e ajuda?

“Senhor, a sua palavra é vida e alegria para mim. Preencha-me com o seu Espírito Santo para que eu tenha força e coragem para abraçar a sua vontade em todas as coisas e renunciar ao que for contrário a ela.”