A tia mentirosa

164

Certa vez, um menino visitava sua tia, e esta o repreendeu por contar uma mentira. A tia o advertiu: “Você sabe o que acontece com quem mente?” “Não, tia. O que acontece?” respondeu o garoto.

A tia explicou: “Existe um homem que mora na lua, de cor esverdeada e tem um olho só. Ele desce no meio da noite e voa de volta para a lua, levando todos os que dizem mentiras. Lá, eles são espancados com varas pelo resto da vida. Você ainda dirá mentiras?”

O menino disse: “Tia, acho que ele vai levar nós dois, porque a senhora também está falando uma grande mentira”.

Aí está o erro daquela tia: Querer motivar uma criança a não dizer mentiras, através de uma mentira, e daquelas cabeludas. Se quisermos condenar os pecadores, caímos no mesmo erro, porque nós também somos pecadores.

“Seja o vosso sim, sim, e o vosso não, não. O que passa disso vem do Maligno” (Mt 5,37). Jesus é a verdade. Já o demônio é o pai da mentira.