Um minuto com Deus foi o suficiente

385

Certa vez, na escola, um menino levou um tapa de outro aluno. Ele foi para casa com muita raiva. Tomou a decisão de, no dia seguinte, desforrar.

No outro dia, levantou-se cedo, tomou café e foi para a escola. Como sempre fazia, ao passar em frente à igreja, entrou e rezou um pouquinho.

Enquanto rezava, sentiu que veio sobre ele como que um jato de amor, de perdão e de alegria. Decidiu esquecer-se para sempre daquela ofensa.

É assim que a paz se constrói e se reconstrói. Se nos aproximarmos de Deus, ele é capaz de transformar até um coração de pedra.

“Salve Mãe, Imaculada, do cristão sois força e luz. Sois a Filha de Deus amada, pura Mãe do bom Jesus.”