Mateus 22, 23-33 Os saduceus e a ressurreição

“Você não conhece as escrituras nem o poder de Deus”

Escritura:   Mateus 22, 23-33 Os saduceus e a ressurreição

23 No mesmo dia vieram a ele os saduceus, os quais dizem que não há ressurreição; e fizeram-lhe uma pergunta, 24 dizendo: “Mestre, Moisés disse: ‘Se um homem morrer sem filhos, seu irmão se case com a viúva e crie filhos para seu irmão.’ 25 Ora, havia sete irmãos entre nós: o primeiro casou-se e morreu, e não tendo filhos, deixou sua mulher com seu irmão.26 Assim também o segundo e o terceiro, até o sétimo. 27 Depois de todos eles, a mulher morreu. Na ressurreição, portanto, de qual dos sete ela será esposa? Pois todos a tiveram ”. 29 Jesus, porém, respondeu-lhes: Enganados, porque não conheces as Escrituras, nem o poder de Deus. 30 Porque na ressurreição não se casam nem se dão em casamento, mas são como os anjos no céu. 31 E quanto à ressurreição dos mortos, não lestes o que Deus vos disse: 32 ‘Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacob’? Ele não é Deus dos mortos, mas dos vivos. “33 E quando a multidão ouviu isso, ficou maravilhada com o seu ensino.

Meditação: Os saduceus tinham um grande problema – eles não podiam conceber o céu além do que podiam ver a olho nu! Não somos frequentemente como eles? Não reconhecemos as realidades espirituais porque tentamos fazer do céu uma imagem terrena. Os saduceus vieram a Jesus com uma pergunta de teste para fazer a ressurreição parecer ridícula. Os saduceus, ao contrário dos fariseus, não acreditavam na imortalidade, nem em anjos ou espíritos malignos. A religião deles estava literalmente baseada em uma imagem terrestre do céu.

Jesus retruca lidando com o fato da ressurreição. As escrituras dão prova disso. Em Êxodo 3: 6, Deus se autodenomina o “Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó”. Ele derrota seus argumentos, mostrando que Deus é um Deus vivo de um povo vivo. Deus era amigo de Abraão, Isaque e Jacó quando eles viveram. Essa amizade não poderia cessar com a morte. Como o Salmo 73: 23-24 afirma: “Estou continuamente com você; você segura a minha mão direita. Guia-me com o seu conselho e depois me receberá na glória.”

O Espírito Santo nos revela as verdades eternas do amor infinito de Deus e a vida que ele deseja compartilhar conosco por toda a eternidade. O apóstolo Paulo, citando o profeta Isaías (Isaías 64, 4; 65,17) afirma: “O que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração do homem concebeu, o que Deus preparou para os que o amam”, Deus nos revelou por meio do Espírito (1 Coríntios 2, 9-10). A promessa do paraíso – bem-aventurança celestial e vida sem fim com um Deus amoroso – está além do cálculo humano. Apenas começamos a provar os primeiros frutos! Você acredita nas escrituras e conhece o poder do Espírito Santo?

 “Que o Senhor Jesus coloque suas mãos sobre os nossos olhos, pois então nós também começaremos a olhar não para o que se vê, mas para o que não se vê. Que ele abra os olhos que não estão preocupados com o presente, mas com o que está por vir, que ele desmarque a visão do coração, para que possamos olhar para Deus no Espírito, por meio do mesmo Senhor, Jesus Cristo, cuja glória e poder irão perdurar por toda a sucessão interminável de eras. ” (Oração de Orígenes, c. 185-254)

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !