Mateus 20, 29-34 Jesus cura dois cegos

“Jesus os chamou, dizendo ‘ O que você quer que eu faça por vocês'”

Escritura: Mateus 20, 29-34 Jesus cura dois cegos

29 E ao saírem de Jericó, uma grande multidão o seguia. 30 E eis que dois cegos sentados à beira da estrada, quando ouviram que Jesus estava passando, gritaram: “Tem misericórdia de nós, Filho de Davi!” 31 A multidão os repreendeu, dizendo-lhes que se calassem; mas eles clamavam ainda mais: “Senhor, tem misericórdia de nós, Filho de Davi!” 32 Jesus parou e os chamou, dizendo: “O que vocês querem que eu faça por vocês?” 33 Disseram-lhe: Senhor, abra os nossos olhos. 34 E Jesus, com pena, tocou seus olhos, e imediatamente eles recuperaram a visão e o seguiram.

Meditação: Se Jesus passasse por sua vizinhança hoje, o que você faria? Escalar uma árvore como Zaqueu para ter uma boa visão? Ou gritar em voz alta, como os dois mendigos cegos que o conheceram no caminho de Jerico? Mateus nos diz que os dois cegos reconheceram Jesus como o Filho de Davi. Os judeus entenderam esta expressão como um título para o Messias. 

Esses homens tinham “olhos de fé” para reconhecer que Jesus poderia mudar suas vidas e suas circunstâncias se simplesmente pedissem sua misericórdia e ajuda. Deve ter sido necessário um pouco de “coragem” e persistência para chamar a atenção de Jesus em meio ao barulho de uma multidão barulhenta que se aglomerava ao redor de Jesus enquanto ele saia da cidade. Por que a multidão se irritou com os gritos persistentes desses mendigos?

 Eles estavam interrompendo o discurso de Jesus e destruindo a paz. Era comum um rabino ensinar enquanto caminhava com outras pessoas. Jesus estava a caminho para celebrar a Páscoa em Jerusalém e um bando de peregrinos o seguiu. Quando a multidão tentou silenciar esses cegos, eles dominaram a multidão com sua explosão emocional e assim chamaram a atenção de Jesus.

Este incidente revela algo importante sobre como Deus interage conosco. Os cegos estavam decididos a chamar a atenção de Jesus e foram persistentes em face da oposição. Jesus poderia tê-los ignorado ou rejeitado porque vocês estavam atrapalhando sua conversa e sua audiência. Jesus mostrou que atuar é mais importante do que falar. Eles estavam em uma necessidade desesperada e Jesus estava pronto, não apenas para ter empatia com seu sofrimento, mas também para aliviá-lo. Um grande orador pode exigir atenção e respeito, mas um homem ou mulher com uma mão amiga e um grande coração é mais amado.

Jesus fez uma pergunta a eles: “O que você quer que eu faça por você?” Jesus queria testar sua seriedade e fortalecer sua confiança em seu poder. A fé deles cresceu à medida que responderam à sua palavra com esperança confiante. Ele restaurou a visão deles – tanto física quanto espiritualmente para a realidade de seu reino. A fé abre o caminho para vermos o poder do reino de Deus e experimentarmos sua presença curadora em nossas vidas. A palavra misericórdia significa literalmente “triste no coração”

Mas misericórdia é algo mais do que compaixão ou tristeza sincera pelo infortúnio de outra pessoa. A compaixão tem empatia com o sofredor. Mas a misericórdia vai além; remove o sofrimento. Uma pessoa misericordiosa compartilha a desgraça e o sofrimento de outra como se fossem seus. Em Jesus, vemos a plenitude da misericórdia de Deus e o poder de seu reino – poder para salvar da morte e da destruição, para perdoar pecados e tirar o fardo da culpa, e para curar enfermidades e libertar os oprimidos. Jesus nunca se recusou a trazer a misericórdia de Deus para aqueles que a buscavam com fervor.

Como podemos buscar e obter a misericórdia de Deus? Deus dá misericórdia aos humildes de coração – àqueles que reconhecem sua necessidade de Deus e de seu perdão e poder de cura. A fé é um dom dado gratuitamente por Deus para nos ajudar a conhecer a Deus pessoalmente, a compreender sua verdade e a viver na força de seu amor. 

Para que a fé seja eficaz, ela deve estar ligada à confiança e obediência – uma submissão ativa a Deus e uma disposição para fazer tudo o que ele ordena. Você reconhece sua necessidade da graça curadora de Deus e busca Jesus, como esses mendigos cegos, com fé persistente e confiança em sua bondade e misericórdia?

“Senhor, ajuda-me a aproximar-me de ti com confiança e confiança no teu poder salvador e misericordioso. Liberta-me da dúvida e da incredulidade para que me aproxime de ti com confiança e ore ousadamente com fé expectante. Que venha o teu reino e seja feita a tua vontade em mim.”

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !