Era digital, uma nova geração de jovens

era digital e tecnologia

Trata-se da nova geração de jovens do terceiro milênio. Seu tempo livre é gasto navegando na Internet. Novos ensinamentos e comportamentos e uma pedagogia que deve ser inventada são impostos aos educadores.

Os tempos de televisão são coisa do passado. A marca registrada da nova geração de jovens e crianças é a computação; o novo horizonte é virtual. E os novos habitantes do mundo da eletrônica são os “digitais”.

A Internet é o espaço a ocupar, o oceano a navegar, a selva a explorar, a sala de jogos para desfrutar, a praça para conversar, a estação de jogo para matar o tempo.

Há uma geração de jovens para quem o site é vida. Também o chamam de geração de internautas, aquela que passa grande parte do tempo livre em frente ao computador. A Internet está criando um enorme fosso de gerações e está isolando os adolescentes: eles estão enfrentando um mundo virtual há muito tempo, em detrimento do real. Com o digital, eles estão em casa.

Como você gasta seu tempo com os digitais? Primeiro com o correio. É muito mais rápido e permite que criem um novo idioma, diferente do que aprendem na escola. Uma segunda maneira de passar o tempo é conversando. É um costume que a geração do “chat” esteja modelando.

O terceiro “trabalho” da era digital é música para muitos jovens. Para outros, é o videogame, um catalisador muito importante que se tornou uma obsessão para muitos. Junto com isso estão as visitas turísticas a lugares acidentados dos quais é melhor não falar.

Um bom ouvinte. Parece que no Japão existem faculdades de medicina que ensinam como curar com o computador. Pode ser um incentivo para educadores. E é para quem usa o Sistema Preventivo. Os digitais estão enfrentando problemas sem precedentes, o primeiro de tudo a globalização: a tentação de explorar como o novo Cristóvão Colombo ou Magalhães, colonizar os territórios e formar um único e grande povo à sua disposição.

O sociólogo Di Masi escreve: “Uma geração que acha normal viver relações virtualmente intensas (intelectuais, criativas e eróticas) com pessoas distantes … É a geração que cultiva as sensações estéticas baseadas mais na originalidade e no espanto do que no apaziguamento belezas do passado; uma geração que vive a sexualidade independente da procriação; uma geração que considera a noite como um espaço para colonizar com uma imensa vontade de viver; uma geração que vê a grande separação do mundo não entre ricos e pobres, mas entre intelectuais e ignorante.

Coisas boas. Os internautas valorizam a ecologia, não têm preconceitos de raça, cor, pele, classe social; fazem novos amigos, vêem o mundo de sua poltrona; eles se comunicam mais com o rock com a linguagem de Shakespeare. Mas eles não têm ideologias fortes, eles são intelectualmente vulneráveis. Eles têm o salário do papai. O papa Francisco falou sobre a Ética na Internet. Um ótimo trabalho espera os educadores.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !