O que significa reconhecer a glória de Deus?

Na oração, devemos aprender a arte de adorar a glória de Deus, permanecendo extasiados com a contemplação desse amor.

Jesus Cristo

Reconhecer a Glória de Deus

Na época do Natal ressoam nos nossos ouvidos e nos nossos corações as palavras do coro dos anjos aos pastores de Belém: «Glória a Deus nos céus e na terra, paz aos homens a quem o Senhor ama» (Lc 2, 14). No Natal falamos muito – e com razão – de paz, mas às vezes podemos esquecer a primeira parte do canto celestial: “Glória a Deus nos céus”. A Igreja costuma dizer frequentemente a doxologia “Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo”. Aos domingos do ano litúrgico, a “Glória” é cantada na Missa, que inclui o canto dos anjos. Mas corremos o risco de nos acostumarmos a usar uma palavra cujo significado não entendemos bem.

O que significa reconhecer “a glória de Deus”? Significa, antes de tudo, reconhecer sua grandeza, sua majestade, sua onipotência. A “glória” divina é, segundo a etimologia da palavra, o seu “peso”, o que Deus é em sua essência e intimidade . Para o cristão, que viu a glória de Deus refletida no rosto de Cristo , a glória divina se manifesta no seu amor : “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito” (Jo 3,16). O grande poder de Deus é Seu Amor, o fato de que Ele é Amor substancial, poderíamos dizer. Por isso a tradição cristã viu sobretudo no momento da cruz, junto com a encarnação, a grande manifestação da glória de Deus,o momento supremo da manifestação do seu amor misericordioso por nós. Maria, tanto em Nazaré, como em Belém e no Calvário, é uma testemunha privilegiada desta glorificação, Aquela que fez da sua vida um Magnificat perene, um acto contínuo de glorificação de Deus.

Oração e glória de Deus

A oração é um momento em que devemos dar espaço para contemplar a glória de Deus, do seu infinito amor por nós. A oração não pode ser simplesmente uma lista de pedidos ou intenções, embora isso seja legal e bom . Na oração, devemos aprender a arte de adorar a glória de Deus, permanecendo extasiados com a contemplação desse amor. Glorificamos a Deus em oração e reconhecemos sua glória na medida em que nos tornamos mais semelhantes a ele por meio do amor. Ao amar, podemos ver a realidade e o próprio Deus com um novo coração. Somos capazes de penetrar na sua intimidade trinitária, somos capazes de amar como nunca amamos e de perceber o seu amor de uma forma experiencial que se torna inefável.

O Natal para o cristão é …

O período do Natal deve ser para o cristão um período de contemplação serena, de exercício de adoração, de glorificação de Deus Pai, Filho e Deus Espírito Santo. Será difícil buscar a verdadeira paz se não tivermos o amor de Deus em nossos corações, se não o contemplarmos, se não formos capazes de “pesar” a realidade com a balança de Deus que é Amor.
São precisamente os anjos que proclamam “a glória de Deus” no momento do nascimento de Jesus, porque nos gritos do Menino de Belém o amor infinito de um Deus de Amor se manifesta de maneira maravilhosa, surpreendente e misteriosa, que se torna um Samaritano da Humanidade sofredora. “Quem nos amou assim, como poderíamos não amá-lo?”, Diz a canção de “Adeste Fideles”. Façamos da oração um exercício de glorificação de Deus e por isso pedimos que o Senhor nos revele o segredo do amor, para que possamos amar de uma forma semelhante a como Ele nos amou. Isso será possível com o empenho da nossa liberdade, mas sobretudo com a ajuda da graça . Cada vez que contemplamos a glória de Deus em oração, Jesus nasce em nossa alma, trazendo a ela o presente do amor.

 P. Pedro Barrajón

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !