O grão de trigo que cai na terra

jesus na cruz
Material para catequese
Material para catequese

“Se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele continua só um grão de trigo; mas se morre, então produz muito fruto” (cf. Jo 12,24).

 Caminhamos por mais um passo para a conclusão do Tempo Quaresmal, a Liturgia V Domingo da Quaresma que celebramos hoje nos demonstra a preocupação de Deus no apontamento ao homem para o caminho da salvação e vida eterna, através de uma vida vivida pela escuta orante da Palavra e a doação total a seus irmãos.

Na Primeira Leitura retirada do Livro do Profeta Jeremias (Jr 31,31-34), é apresentado a proposta de uma nova aliança a Israel, onde tal aliança, insere a transformação do coração do homem para a capacidade de refletir, buscar e agir de acordo com os desígnios de Deus. Assim, diz o Senhor: “imprimirei minha lei em suas entranhas, e hei de inscrevê-la em seu coração; serei seu Deus e eles serão meu povo. Não será mais necessário ensinar seu próximo ou seu irmão, dizendo: ‘Conhece o Senhor!’; todos me reconhecerão, do menor ao maior deles, diz o Senhor, pois perdoarei sua maldade, e não mais lembrarei o seu pecado’” (cf. Jr 31,33-34).

A Segunda Leitura dada pela Carta de São Paulo aos Hebreus (Hb 5,7-9), apresenta Jesus Cristo como o Sumo-Sacerdote eleito de Deus. Pois como Mestre e Servo, Cristo se solidariza com os homens e aponta-lhes o Caminho das Eternas Alegrias. Através do Verdadeira Sacrifício de Amor, sempre de acordo com a obediência no Pai, nos mostrou que “na consumação de sua vida, tornou-se causa de salvação eterna para todos os que lhe obedecem” (cf. Hb 5,9).

O Evangelho de João (Jo 12,20-33), retrata o ápice do Amor Verdadeiro, o Amor Ágape – Amor de entrega e incondicional. Pois a entrega do Sacrifício de Cristo pela humanidade, através da loucura da morte de cruz, ao qual pode ser considerado por sábios ou indiferentes, como um caminho de fracasso e de morte, para nós fiéis e atentos a Palavra de Deus, é sinal de Amor e Eterno e Salvação. Afinal, “se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele continua só um grão de trigo; mas se morre, então produz muito fruto” (cf. Jo 12,24).

Enfim, permaneçamos fiéis na oração e reflexão nestes últimos dias do Tempo Quaresmal, sejamos verdadeiros seguidores da Luz do Evangelho e na busca incessante do Amor Ágape ao qual teremos uma belíssima reflexão na Semana Maior que já se aproxima. E rezemos, conforme o Salmo 50: “Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo um espírito decidido. Ó Senhor, não me afasteis de vossa face, nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!”

Saudações em Cristo!

+ Eurico dos Santos Veloso

Arcebispo Emérito de Juiz de Fora, MG