A verdadeira amizade traz alegria para nossa vida

209
A verdadeira amizade traz alegria para nossa vida

Deus é seu maior amigo, Ele é fonte da verdadeira amizade, quer sempre o seu bem e está sempre ao seu lado.

Para compreende melhor essa mensagem vamos ler a passagem da Bíblia que está em Provérbios 17, 17; 19 e 22:

17. Um amigo ama em qualquer tempo, e o irmão é para o dia do perigo.

19. Quem procura briga é porque gosta de crime, e quem se gaba está buscando a ruína.

22. Coração alegre ajuda a sarar, mas espírito abatido seca os ossos.

Em outra tradução da Bíblia, este último versículo diz: “Coração alegre ajuda a sarar, mas o espírito abatido seca os ossos.” Por que essa insistência em falar sobre a alegria do coração e de apresentá-la como remédio? O que tem a ver isso com o trecho que fala do amigo? Fala-se do amigo, porque, em uma amizade, ou nos alegramos ou nos abatemos.

Nenhum sofrimento é difícil quando temos um amigo ao nosso lado. O pior da dor é quando temos que enfrentá-la sozinhos. Quando temos um amigo ou um irmão conosco, a dor se divide e a alegria se multiplica, sabemos bem que isso é uma verdade.

A amizade está em todo lugar, a nossa vida é cercada delas. Diz a Palavra que o amigo ama todo o tempo, e, na hora da dor, ele se torna um irmão. Mas nem mesmo o mais fiel dos amigos é como Deus.

“Deus é seu maior amigo, Ele é fonte de amizade, quer sempre o seu bem e está sempre ao seu lado”. E por melhor que seja seu amigo, uma hora ele poderá falhar, porque ele é ser humano. No entanto, o Senhor não o abandonará. Ele é o único que estará sempre ao seu lado e nunca se cansará de você, porque Ele o ama como você é. A amizade d’Ele é real, verdadeira e infalível.

O Senhor é fiel e permanente, cuida de nós o tempo todo e, quando vemos isso, nós também queremos ser assim com os outros. Quando amamos uma pessoa, queremos mostrar para ela o tamanho do nosso amor. Se pudéssemos, colocávamos o coração para fora só para ela ver o tamanho do nosso sentimento. É assim que desejamos ser quando amamos alguém, mas por causa dos nossos limites e pecados, às vezes, não conseguimos ser os amigos que desejamos e acabamos nos tornando o inimigo que não queríamos.

“Eu quero um amigo que me ame todo o tempo, mas como posso querer isso se eu não sou fiel todas as horas?” Se você enxerga isso, muito bom, porque é um sinal de arrependimento, e esse é o primeiro passo para você recuperar um relacionamento.

Quando queremos reatar uma amizade, seja com as pessoas ou com Deus, o primeiro passo é o arrependimento. Isso amolece o coração da pessoa e faz com que ela também queira reatar a amizade.

É possível fazer voltar o amor e não há outro jeito de fazer isso senão amando, pois o amigo ama todo o tempo, até mesmo quando o outro desistiu da amizade. Ele pode não querer agora, mas se você oferecer amor fiel e verdadeiro, a chama reacende mais cedo ou mais tarde.

Você quer que o amor volte para o seu relacionamento? Então, seja fiel ao amor, principalmente nas dificuldades. Seja fiel até se ele estiver afastado de você, essa é uma chance maravilhosa de se aproximar.

Na hora da dor de um amigo, é a hora que devemos ser mais solidários. Isso reata o amor. O amigo pode até esquecer o que você falou para alegrá-lo, mas não vai esquecer o que você fez por ele no momento mais difícil.

O bem ou o mal que fazemos a uma pessoa, no momento mais difícil da vida dela, fica marcado para sempre. Então, na hora da necessidade, devemos aproveitar o momento para fazermos a pessoa se sentir diferente, especial. A Palavra diz: “O amigo ama todo o tempo. Na desgraça, ele se torna um irmão”, e continua: “O que ama as disputas ama o pecado; quem ergue sua porta busca a ruína.”

A Palavra fala de amizade e, logo em seguida, de disputas, porque, infelizmente, nós crescemos sendo treinados para disputar com as pessoas. Esse trecho quer nos ensinar que algumas pessoas se aproximam das outras somente para “aparecer”, para se compararem com elas, causando disputas que levam à ruína. São relacionamentos construídos pela vaidade.

Aquele que se mede diante do outro busca a ruína da sua vida. Esse relacionamento entristece, porque ela só quer “amigos” para poder se comparar a eles e mostrar que é melhor. Mas há outro relacionamento que alegra: uma boa e verdadeira amizade com uma pessoa que você não precisa medir o que você tem. Esse tipo de amigo faz a amizade valer a pena e traz alegria para o coração.

Ter um amigo para compartilhar a vida, para poder ajudar e ser ajudado e para rasgar o coração sem medo de ser julgado, é fonte de cura e alegria sem fim. O verdadeiro amigo é aquele que ama quando o outro menos merece e mais precisa. O amor sincero tem poder de salvação.

O verdadeiro relacionamento tem de ser fonte de prazer, descanso e alegria. Manter uma boa amizade dá trabalho, mas é um alívio para nossa vida, ela cura e traz alegria.

Vamos dar graças a Deus, porque Ele não nos colocou nesse mundo sozinhos. O Senhor cercou nossa vida de bondade e amizade. Que possamos reconhecer os amigos que o Senhor nos deu.

Peçamos ao Pai graça e sabedoria para manter as boas amizades. Que tenhamos saúde nos nossos relacionamentos, em especial dentro de casa. Dá-nos este bem, Senhor.

Márcio Mendes

Membro da Comunidade Canção Nova

Transcrição e adaptação: Débora Ferreira