11. Tempo de Conhecer Jesus

Encontros de catequese catecumenato

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO:  No Caminho com as Crianças – “Sementinha”

Mística

Jesus acolhe os pequeninos para fazer parte da sua vida (Mc 9, 36). Ele é o caminho que somos chamados a acolher (Jo 14, 6).

No centro do processo formativo, celebrativo e missionário da Igreja está essencialmente uma pessoa: “Jesus de Nazaré, Filho único do Pai”. Por isso, de cada discípulo, na comunidade cristã, deve nascer o testemunho de uma experiência capaz de contagiar a outros (1Jo 1,1). Esse testemunho necessita, tantas vezes, superar as barreiras, como Jesus assim superou a barreira entre os judeus e a samaritana. Também hoje é preciso ir às pessoas, dialogar e, a partir de suas necessidades, apresentar-lhes o primeiro anúncio sobre Jesus Cristo, que nada mais é que o Querigma. Querigma, pois, é o anúncio da Salvação que Jesus nos traz e o testemunho de quem anuncia como a fé em Jesus modificou a sua vida.

O anúncio do Querigma é sintetizado por São Paulo, na Primeira Carta aos Coríntios 15,1-10. Ele fala essencialmente do real encontro dele e de outras pessoas com Jesus Cristo. Para muitos, hoje, esse encontro aconteceu num retiro, numa celebração, numa experiência de dor ou alegria, que tocou o seu coração e o fez tomar a decisão de ser um discípulo missionário de Jesus. Quem hoje anuncia o Querigma fala também da morte de Jesus por nossos pecados, do seu sepultamento e ressurreição. Mas depois, testemunha o seu próprio encontro com o Senhor Jesus.

O Primeiro Anúncio da fé cristã não é uma aula de catequese ou sermão, mas sim uma partilha da experiência do encontro com Jesus. É importante lembrar que o Querigma não é uma propaganda para dar visibilidade àquele que anuncia. Alguns têm denominado de Querigma, por exemplo, um anúncio que se limita a um reavivamento religioso, busca por milagres, sem compromisso profético e sem o seguimento. Mas o importante é formar discípulos que pratiquem a fraternidade e o amor ao próximo e queiram seguir adiante no caminho de Jesus.

Além da forma testemunhal de anunciar o Querigma, existem outras que podem ser utilizadas:

Expor o Querigma usando um texto da Sagrada Escritura, que é uma forma expositiva ou também na forma de contemplação da natureza ou de uma obra de arte;

Provocar o diálogo entre as pessoas que desejam iniciar a vida cristã, deixando que cada uma delas exponha o motivo que as fez querer os sacramentos;

As celebrações da Eucaristia, Exéquias, Matrimônio, Batismo, muitas vezes frequentada por pessoas afastadas da fé, podem ser oportunidades de colocá-las próximas da comunidade cristã;

Sem dúvida, o contato com os pobres e os sofredores pode facilitar uma experiência da misericórdia de Jesus Cristo e o engajamento pela transformação social.

Inspirações

É fundamental que nossa catequese cuide dos pequenos, pois é nessa idade que a personalidade da criança se delineia e, com ela, os valores cristãos.

A criança será acolhida com 07 (sete) anos para os primeiros fundamentos da fé, apresentados através de filmes, desenhos, cartazes e dinâmicas, aproveitando a criatividade de cada catequista.

Neste tempo,serão identificados os catequizandos que ainda não foram batizados.

Poderão ser aceitas crianças menores, desde que a comunidade tenha estrutura e pessoas preparadas para acolhê-las.

Incentivar a participação da criança com seus familiares nos momentos celebrativos da comunidade.

Envolver as crianças na vida missionária da comunidade: círculos bíblicos e Leitura Orante na casa das crianças com seus familiares; experiências de devoção popular como terço luminoso com as crianças e suas famílias; coroação da imagem de Nossa Senhora Mãe de Deus; fazer experiências de visitação com os grupos missionários da comunidade; e participação na organização das celebrações junto aos seus catequistas.

É fundamental que cada catequizando tenha a sua Bíblia. Em relação aos que não puderem comprar, os catequistas trabalhem o espírito de solidariedade entre a turma para que cada um possa ter a sua.

Preparação para a fase da “Sementinha”

Objetivo: Convidar e motivar a comunidade a acolher as crianças para o processo de Iniciação à Vida Cristã.

Indicações metodológicas: Reflexão sobre a importância da comunidade eclesial no processo da Iniciação à Vida Cristã. / Animar e orientar as famílias para o processo de Iniciação à Vida Cristã com as crianças. / Celebração de Acolhida das Crianças com seus familiares no início das atividades catequéticas assim que terminado o período das inscrições e da renovação. / Apresentar as crianças à comunidade e pedir para rezar por elas.

6.2.1.1. Fase da “Sementinha”
  • Duração: 40 (quarenta) encontros.
  • Objetivo: Despertar o encanto por Jesus Cristo que nos ama como sua família.
  • Eixos temáticos:
    • Jesus acolhe as crianças (Mc 9, 33-37; Mt 18, 1-5; Lc 9, 46-48);
    • Jesus, uma criança enviada por Deus (Lc 2, 1-7);
    • Jesus, as crianças e o Reino de Deus (Mc 10, 13-16);
    • Por que mataram Jesus? (Mc 14, 10-11);
    • Deus pai que é bom deu-lhe a vida novamente (At 2, 22-24);
    • Jesus vivo faz de nós sua família (Mt 28, 18-20);
    • Deus é Amor (1Jo 4, 7-8);
    • Deus é Pai (Is 63, 16; Lc, 10, 22; 1Cor 8, 6).
6.2.1.2. Celebração de entrada para o Tempo de Aprofundamento da Fé
  • Objetivo: Acolher o catequizando e o seu desejo de fazer parte da família de Jesus Cristo.
  • Passos:
    • Celebração de Entrega da imagem de Jesus Menino;
    • Celebração de Ação de Graças pelo período vivenciado, convidando as famílias para participarem do momento, bem como realização de uma confraternização.

DIOCESE DE COLATINA

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !