Perdoai-nos as nossas ofensas

1310
Perdoai-nos as nossas ofensas

Esta é uma das petições da oração que Jesus ensinou. Se parasse aqui, por certo nos alegraríamos muito; mas existe uma condição. E é ela que nos incomoda profundamente. Quando pedimos a Deus que nos perdoe pelas ofensas cometidas, ele somente nos perdoará se perdoamos a quem nos ofendeu.

A condição se torna difícil porque o orgulho e o amor-próprio endurecem o nosso coração. Se víssemos o perdão pela ótica libertadora, tornar-se-ia muito mais fácil perdoar.

Quando perdoamos, somos libertos de correntes e grilhões que nos aprisionam a nós mesmos, e nos prendem a quem nos tem ofendido.

Somos livres para perdoar ou para continuar escravos. A escolha é sua. Eu, por mim, decido pelo perdão.

Paz e Luz

Leia mais artigos do autor:

Em Poucas Palavras

Poesias & Trovas

 Antonio Luiz Macêdo