Os Dons do Espírito Santo

Os Dons do Espírito Santo
Os Dons do Espírito Santo

O Espírito Santo foi prometido por Jesus aos discípulos muitas vezes, e quando Jesus se elevou ao céu pediu que eles permanecessem em Jerusalém. Ele tinha prometido aos discípulos que não os deixaria órfãos, que enviaria do céu o Paráclito, o advogado que intercederia por eles e os acompanharia na missão. Por isso, no dia de Pentecostes, sobre eles se manifesta o Espírito Santo. Já no domingo da Ressurreição, Jesus soprou sobre eles para que por meio da ação do Divino Espírito Santo renovasse o mundo, iniciando com o perdão dos pecados e, consequentemente, anunciando o Reino de Deus. Iniciava, dessa maneira, a missão da Igreja. O Espírito Santo “advoga” em favor da Igreja até os dias de hoje e graças a ação do Espírito Santo, temos os sacramentos e, por meio dos sacramentos, a Igreja sempre se renova e recebe novos fiéis.

Os sacramentos foram instituídos por Jesus e têm neles a ação do Espírito Santo. Os sacramentos são sete, pois o número sete representa a perfeição, a plenitude em Deus. O sacramento da Eucaristia foi instituído por Jesus na última ceia, e por meio da ação do Espírito Santo, o pão e o vinho se tornam o corpo e sangue de Cristo. O perdão dos pecados no sacramento da reconciliação acontece graças à ação do Espírito Santo. E no batismo, somos marcados com o Espírito Santo, através do óleo consagrado, para sermos novas criaturas em Deus e assumirmos a nossa missão na sociedade.

Da mesma forma que são sete sacramentos, temos os sete dons do Espírito Santo, que de igual modo representam a totalidade e a perfeição em Deus. Os dons do Espírito Santo nos acompanharão durante a nossa vida e nos livrarão das situações de dificuldade. Por isso, devemos sempre pedir a Deus que nos envie do céu os dons do Espírito Santo. Jesus ao soprar sobre os discípulos o Espírito Santo concede a eles os dons do Espírito Santo, para que a missão deles pudesse ser frutuosa e suas ações fossem concretas.

No tempo em que vivemos hoje, sobretudo devido à pandemia da Covid-19, precisamos de muita força, coragem e fé para continuar vivendo a nossa batalha do dia a dia. Essa força quem nos proporcionara é o Espírito Santo, por meio de seus dons. Precisamos do consolo que a fé nos proporciona, através do Espírito Santo, para nos aliviar das perdas familiares que tivemos nesse período e continuar em frente sempre acreditando em Deus.

O Espírito Santo existe desde a criação do mundo. Deus Pai usou o “sopro” criador para criar tudo o que existe. Depois, Jesus usa um “novo sopro” criador no dia da Ressurreição para que com o sopro da nova criação tudo se fizesse novo. O Pai usou da palavra para criar o universo e depois essa palavra se fez “carne” ao revelar Jesus. A Santíssima Trindade existe desde o início do universo que age na história e conduz nossas vidas.

Os sete dons do Espírito Santo são a sabedoria, a inteligência, o conselho, a fortaleza, o conhecimento, a piedade e o temor de Deus. O Espírito Santo dota os cristãos de uma capacidade e força dando-lhes oportunidade de se tornarem instrumentos especiais de Deus no mundo. Através da ação do Espírito Santo e de seus dons, somos chamados a ser luz nesse mundo cheio de trevas e viver a nossa vida de acordo com o Espírito Santo que recebemos no batismo, optando por uma vida de obediência a Deus e longe do pecado.

O dom da sabedoria é o “espírito do discernimento”, ou seja, discernir entre o bem e o mal, entre aquilo que é justo e injusto. E ainda saber discernir qual é o espírito que provém de Deus e aquele que provém do mal. “Caríssimos, não deis fé a qualquer espírito, mas examinai se os espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas se levantaram no mundo.” (1Jo 4, 1).

O dom da inteligência quer nos instruir a compreendermos aquilo que Deus quer falar conosco e qual o propósito d’Ele para a nossa vida. Ter o “coração sábio” (1Rs 3, 9), para abrir os nossos olhos para aquilo que Deus quer nos mostrar. Nos ajuda a não agirmos por impulso, mas pensarmos antes de tomar alguma decisão.

Dom do conselho: muitas vezes nos sentimos perdidos e sem rumo para a nossa vida e esperamos de Deus o melhor conselho para sairmos dessa situação. Deus nos dará o melhor conselho para sairmos de certas situações embaraçosas que nos encontrarmos. “Quando fordes presos, não vos preocupeis nem pela maneira com que haveis de falar, nem pelo que haveis de dizer: naquele momento ser-vos-á inspirado o que haveis de dizer. Porque não sereis vós que falareis, mas é o Espírito de vosso Pai que falará em vós.” (Mt 10, 19-20).

O dom da fortalezaé um dom de que a Igreja precisa constantemente para se “proteger” das astúcias do mal. E nós, de igual modo, que formamos essa Igreja, corpo místico de Cristo, precisamos desse dom para vencermos o combate contra o pecado. “Prega a palavra, insiste oportuna e importunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho de instruir.” (2Tm 4,2).

O dom do conhecimentonão se refere somente ao conhecimento da razão, mas ao conhecimento da fé, de entender e conhecer a vontade de Deus para a nossa vida. E como podemos conhecer a Deus e a sua vontade para a nossa vida? Por meio da oração e da ação do Espírito Santo em nós.

O dom da piedade: uma pessoa é piedosa quando ela fez de Deus o centro do seu pensamento, julgamento e ação.  “Manifestou-se, com efeito, a graça de Deus, fonte de salvação para todos os homens”. (Tito 2, 11-12). A piedade nos ajuda a vencer o pecado e as outras paixões do mundo e nos faz aproximarmos de Deus e da sua misericórdia.

O dom do temor de Deus não significa ter medo de Deus, mas respeito, adoração e admiração. Para a Sagrada Escritura, o temor de Deus é “o princípio da sabedoria”. “Os insensatos desprezam a sabedoria e a instrução.” (Pr 1, 7).

Peçamos de Deus a graça do Espírito Santo santificador e que nos envie os seus dons para pôr em prática a vontade D’Ele em nossa vida. Que possamos resplandecer a luz do Espírito Santo a quem encontrarmos e termos, sobretudo, discernimento e sabedoria para entendermos os planos de Deus para nós. Estamos próximos de celebrar Pentecostes, então, peçamos que o Espírito Santo com todos os seus dons seja renovado em nós e toda a nossa vida seja inundada por sua luz. Que se renove a face da terra e encontremos a paz.

Orani João, Cardeal Tempesta, O. Cist.

Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !