Mateus 23, 13-22 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas!

85
Faça uma doação de qualquer valor e ajude a manter o site no ar !

PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

“Você fecha o reino dos céus aos homens”

Escritura:   Mateus 23: 13-22

13 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque fechais o reino dos céus aos homens; porque não entrareis nem permitais que entrem os que pretendem entrar. 15 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois você atravessa mar e terra para fazer um único prosélito, e quando ele se torna um prosélito, você o torna duas vezes mais filho do inferno do que você. 16 “Ai de vocês, guias cegos, que dizem: ‘Se alguém jurar por o templo, não é nada; mas se alguém jurar pelo ouro do templo, está sujeito ao seu juramento. ‘ 17 Seus tolos cegos! Pois qual é maior, o ouro ou o templo que tornou o ouro sagrado? 18 E dizeis: Se alguém jurar pelo altar, isso nada é; mas se alguém jurar pela oferta que está sobre o altar, ele está obrigado pelo seu juramento. ‘ 19 Vocês, cegos! Para o que é maior, a oferta ou o altar que torna a oferta sagrada? 20 Portanto, quem jurar pelo altar jura por ele e por tudo que está sobre ele; 21 e quem jurar pelo templo jura por ele e por aquele que nele habita; 22 e quem jurar pelo céu jura pelo trono de Deus e por aquele que nele está assentado.

Meditação:Quando Deus bate à sua porta, você está pronto para deixá-lo entrar (Ap 3:20)? Deus oferece a cada um de nós uma porta aberta para seu reino, mas podemos nos fechar se rejeitarmos sua oferta. Qual é a porta para o céu? Quando Jacó fugiu de seu irmão Essau, que queria matá-lo por roubar seu direito de primogenitura (Gênesis 27:41), ele buscou refúgio no deserto. Lá Deus o perseguiu e deu-lhe uma visão que mudou tanto sua vida quanto a vida de seu povo. 

Enquanto Jacó dormia em uma colina iluminada pelas estrelas, Deus lhe mostrou uma grande escada ou escada que se estendia da terra ao céu. Essa escada estava cheia de uma multidão de anjos subindo e descendo diante do trono de Deus. Deus abriu o céu para Jacó para que ele pudesse habitar mais plena e intimamente com este filho da promessa. Deus falou a Jacó e renovou as promessas que havia feito a seu avô Abraão e a seu pai Isaque, e agora a Jacó e sua posteridade. 

Deus prometeu não apenas abençoar e proteger Jacó, mas fazer dele e de seus descendentes uma bênção para todas as nações também. Quando Jacob acordou, ele exclamou: “Quão incrível é esse lugar! Esta não é outra senão a casa de Deus e esta é a porta do céu “ (Gênesis 28:17). Deus abriu uma porta para Jacó que trouxe a ele e seu povo um novo relacionamento com o Deus vivo.

Jesus proclamou aos seus discípulos que realizaria o sonho de Jacó em sua própria pessoa: “Vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem” (Jo 1, 51). Jesus proclamou que ele é a porta (João 10: 8-9) e o caminho (João 14: 6) que nos torna possível acessar o céu e o próprio trono de Deus. Mas Jesus tristemente advertiu os líderes religiosos e sucessores de Jacó de que eles estavam fechando a porta do reino de Deus não apenas para si mesmos, mas também para outros. A palavra ai expressa pesarosa piedade e preocupação, bem como pesar e extrema tristeza.

Por que Jesus lamentou e emitiu uma repreensão tão severa? Jesus estava zangado com os líderes religiosos porque eles falharam em ouvir a palavra de Deus e eles enganaram as pessoas que deveriam ensinar e liderar nos caminhos de Deus. Jesus deu uma série de exemplos para mostrar como eles estavam equivocados.

 Em seu zelo para ganhar conversos, eles exigiam regras desnecessárias e pesadas que obscureciam as questões mais importantes da religião, como o amor a Deus e o amor ao próximo. Eles estavam conduzindo as pessoas ao farisaísmo em vez de a Deus. Jesus também os castigou por evitarem juramentos obrigatórios e promessas solenes. 

Os juramentos feitos a Deus eram considerados obrigatórios, mas os fariseus encontraram maneiras inteligentes de fugir da obrigação de seus juramentos quando a conveniência atrapalhou. Eles se esqueceram de que Deus ouve cada palavra que pronunciamos e vê a intenção do coração antes mesmo de falarmos ou agirmos. Os escribas e fariseus preferiram sua ideia de religião à ideia de Deus. 

Eles falharam como líderes religiosos em ensinar aos outros o caminho do reino de Deus porque eles falharam em ouvir e entender a intenção da palavra de Deus. Por meio de seu próprio orgulho e preconceito, eles cegamente fecham a porta de seus próprios corações e mentes para a compreensão de Deus de Seu reino.

Como podemos fechar a porta do reino de Deus em nossas vidas? Fechando os ouvidos a Jesus, Rei dos reis e Senhor dos senhores (Ap 17:14; 19:16), que fala palavras de vida e amor, verdade e liberdade, esperança e perdão. O Senhor Jesus deseja habitar conosco e nos trazer seu reino. Ele abre o caminho para que cada um de nós “suba ao céu” e leve o “céu à terra” nas circunstâncias diárias de nossas vidas. O reino de Deus está presente em todos os que o procuram e fazem a sua vontade. Você ora como Jesus ensinou: “Venha o teu reino, e seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu” (Mateus 6:10)?

“Senhor, a tua palavra é vida para mim. Que eu nunca feche o reino dos céus por descrença, indiferença ou desobediência. Ajuda-me a ouvir a tua voz e a conformar mais plenamente a minha vida com a tua palavra.”