Oração diária - Vinde a mim!

15ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

14 de julho de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me disposição para pôr em prática as exigências do Reino, assumidas como expressão de minha fé sincera em teu Filho Jesus. Que elas sejam para mim um jugo suave!

PRIMEIRA LEITURA:  Is 26,7-9.12.16-19

Leitura do Livro do Profeta Isaías – 7O caminho do justo é reto, e tu ainda aplainas a estrada ao justo. 8Sim, no caminho dos teus juízos esperamos em ti, Senhor; para o teu nome e para a tua memória volta-se o nosso desejo. 9Quando vem a noite anseia por ti a minh’alma e com a força do espírito te procuro no meu íntimo. Quando brilharem na terra teus juízos, os habitantes do mundo aprenderão a ser justos.
12Senhor, hás de dar-nos a paz, como nos deste a mão em nossos trabalhos. 16Senhor, eles a ti recorreram na angústia; exageraram na superstição, e veio-lhes o teu castigo. 17Como a mulher grávida, ao aproximar-se o parto geme e chora em suas dores, assim nós, Senhor, em tua presença.
18Concebemos e sofremos dores de parto, e o que geramos foi vento. Não demos à terra frutos de salvação, não fizemos nascer habitantes para o mundo. 19Reviverão os teus mortos e se levantarão também os meus mortos. Despertai, cantai louvores, vós que jazeis no pó! Senhor, é orvalho de luz o teu orvalho, e a terra trará à luz os falecidos.
– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 101

 — O Senhor olhou a terra do alto céu.
— O Senhor olhou a terra do alto céu.

— Vós, Senhor, permaneceis eternamente, de geração em geração sereis lembrado! Levantai-vos, tende pena de Sião, já é tempo de mostrar misericórdia! Pois vossos servos têm amor aos seus escombros e sentem compaixão de sua ruína.

— As nações respeitarão o vosso nome, e os reis de toda a terra, a vossa glória; quando o Senhor reconstruir Jerusalém e aparecer com gloriosa majestade, ele ouvirá a oração dos oprimidos e não desprezará a sua prece.

— Para as futuras gerações se escreva isto, e um povo novo a ser criado louve a Deus. Ele inclinou-se de seu templo nas alturas, e o Senhor olhou a terra do alto céu, para os gemidos dos cativos escutar e da morte libertar os condenados.

EVANGELHO:  Mt 11,28-30

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse: 28 “Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso.
29Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Este texto é meditado também no dia 7 de dezembro. Hoje podemos lê-lo juntamente com São Camilo de Lellis, cuja festa celebramos. Ele percebeu a existência de muita gente cansada e sobrecarregada com fardos pesados, e com mansidão e humildade de coração delas se aproximou. São Camilo nasceu no Reino de Nápoles no dia 25 de maio de 1550 e morreu em Roma no dia 14 de julho de 1614. Fundou a Ordem dos Ministros dos enfermos, os camilianos. Foi militar, expulso do exército, perdeu todos os seus bens, caiu na mendicância mas, tocado pela graça, converteu-se e foi cuidar dos doentes. Ele mesmo sofreu com uma chaga no pé e experimentou a dificuldade em receber um tratamento adequado. Vendo como os doentes eram maltratados e explorados economicamente, sentiu a inspiração de fundar uma instituição de homens dedicados gratuitamente aos enfermos. São Filipe Néri o orientou e ele se ordenou sacerdote aos 34 anos. Tinha enorme respeito pelos doentes e via neles a pessoa de Cristo. O seguimento de Jesus leva o cristão a não impor fardos sobre os outros, de nenhum tipo, nem de consciência, ao contrário, torna leve e suave tudo que há de aspero na vida do ser humano. Morrer não é problema. Difícil é suportar a dor. Antes de um milagre, Deus pode nos dar um bom médico e acesso aos medicamentos. Embora possa fazer o que quiser diretamente, Deus age pelas causas segundas, por ele mesmo qualificadas. Irmão que apoia, médico que cura, são causas segundas e sempre bem-vindas.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
O Evangelho de hoje nos coloca muito próximos do coração misericordioso de Jesus. Ele chama para si todos os que estão cansados e abatidos, pois deseja que vivamos no seu amor e na alegria.
Oremos: “Pai, dá-me um coração manso e humildade, a exemplo de teu Filho Jesus, cujo testemunho de vida deve inspirar toda a minha ação. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Leia-o, releia-o, contemple cada palavra e acolha aquilo que o Senhor lhe comunica.
“Jesus é não somente o sábio, mas a sabedoria de Deus que atrai todos a si para instruí-los na Lei de Deus. O ‘jugo’ (ou fardo) é uma peça de madeira posta sobre o pescoço dos animais para equilibrar o peso que se impunha sobre eles. Entre outros significados, na Sagrada Escritura, o jugo se refere à Lei (Jr 2,20; 5,5). Jesus critica os escribas e fariseus porque eles amarram pesados fardos nos ombros dos homens (Mt 23,4). Com isso, Jesus os critica pelo modo como interpretam e impõem aos outros praticarem a Lei. Na consideração de Jesus, essa abordagem da Lei abate e oprime, pois tira a alegria de viver. Ora, a Lei de Deus é dom para preservar o dom da vida e o dom da liberdade. Daí que ela mesma não pode se tornar uma escravidão que submete as pessoas ao rigorismo estéril, incapaz de gerar vida. A Lei de Deus é um caminho para a vida e a liberdade (cf. Dt 30,16). A lei de Deus é a Lei do amor (cf. Jo 15,12). O amor faz viver, enche de alegria. Pelo amor tudo tem sentido e adquire o seu devido valor. O amor é a expressão máxima da vida cristã. O que alivia o peso do fardo que cansa e abate é o amor de Deus, que, na plenitude dos tempos, se manifestou e se fez sentir na pessoa de Jesus Cristo” (Reflexão de Pe. Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
“Por onde Jesus passava, as portas da misericórdia iam se abrindo. Nele se sentia o Reino chegando, uma nova aurora nascendo e a fonte da vida jorrando. Com sua força misericordiosa, ele não aliena, não exime a pessoa de sua responsabilidade, mas revela sua altíssima dignidade” (Frei Turra, no livro “Felizes os misericordiosos”, Paulinas Editora).

Oração (Vida)
Oração do Jubileu da Misericórdia
“Senhor Jesus Cristo, Vós que nos ensinastes a ser misericordiosos como o Pai celeste, e nos dissestes que quem vos vê, vê a Ele, mostrai-nos o vosso rosto e seremos salvos. O vosso olhar amoroso libertou Zaqueu e Mateus da escravidão do dinheiro; a adúltera e Madalena de colocar a felicidade apenas numa criatura; fez Pedro chorar depois da traição e assegurou o Paraíso ao ladrão arrependido. Fazei que cada um de nós considere como dirigida a si mesmo as palavras que dissestes à mulher samaritana: ‘Se tu conhecesses o dom de Deus!’ Vós sois o rosto visível do Pai invisível, do Deus que manifesta sua onipotência sobretudo com o perdão e a misericórdia: fazei que a Igreja seja no mundo o rosto visível de Vós, seu Senhor, ressuscitado e na glória. Vós quisestes que os vossos ministros fossem também eles revestidos de fraqueza para sentirem justa compaixão por aqueles que estão na ignorância e no erro: fazei que todos os que se aproximarem de cada um deles se sintam esperados, amados e perdoados por Deus. Enviai o vosso Espírito e consagrai-nos a todos com a sua unção para que o Jubileu da Misericórdia seja um ano de graça do Senhor e a vossa Igreja possa, com renovado entusiasmo, levar aos pobres a alegre mensagem, proclamar aos cativos e oprimidos a libertação e aos cegos restaurar a vista. Nós vo-lo pedimos por intercessão de Maria, Mãe de Misericórdia, a Vós que viveis e reinais com o Pai e o Espírito Santo, pelos séculos dos séculos. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)
Com a Palavra de Deus na mente e no coração, qual atitude você se propõe a viver hoje?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]