Liturgia diária, Vejam bem se são capazes de me seguir, examinem-se - Lc 14,25-33

PRECISO MUITO TE AJUDA !
Divida desse mês é de R$ 514,00 (referente a mensalidade do servidor do site) Data para acertar o pagamento: 17/06
Valor arrecadado: R$ 104,89
FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR
PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

31ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

08 de novembro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, reforça minha disposição a ser discípulo de teu Reino, afastando tudo quanto possa abalar a solidez de minha adesão a ti e a teu Filho Jesus.

PRIMEIRA LEITURA: Rm 13,8-10

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos

Irmãos, 8não fiqueis devendo nada a ninguém, a não ser o amor mútuo — pois quem ama o próximo está cumprindo a Lei. 9De fato, os mandamentos: “Não cometerás adultério”, “Não matarás”, “Não roubarás”, “Não cobiçarás”, e qualquer outro mandamento se resumem neste: “Amarás a teu próximo como a ti mesmo”. 10O amor não faz nenhum mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento perfeito da Lei.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 112

          — Feliz quem tem piedade e empresta!
— Feliz quem tem piedade e empresta!

— Feliz o homem que respeita o Senhor e que ama com carinho a sua lei! Sua descendência será forte sobre a terra, abençoada a geração dos homens retos!

— Ele é correto, generoso e compassivo, como luz brilha nas trevas para os justos. Feliz o homem caridoso e prestativo, que resolve seus negócios com justiça.

— Ele

reparte com os pobres os seus bens, permanece para sempre o bem que fez, e crescerão a sua glória e seu poder.

EVANGELHO:  Lc 14,25-33

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 25grandes multidões acompanhavam Jesus. Voltando-se, ele lhes disse: 26“Se alguém vem a mim, mas não se desapega de seu pai e sua mãe, sua mulher e seus filhos, seus irmãos e suas irmãs e até da sua própria vida, não pode ser meu discípulo. 27Quem não carrega sua cruz e não caminha atrás de mim, não pode ser meu discípulo.
28Com efeito: qual de vós, querendo construir uma torre, não se senta primeiro e calcula os gastos, para ver se tem o suficiente para terminar? Caso contrário, 29ele vai lançar o alicerce e não será capaz de acabar. E todos os que virem isso começarão a caçoar, dizendo: 30‘Este homem começou a construir e não foi capaz de acabar!’
31Ou ainda: Qual rei que, ao sair para

guerrear com outro, não se senta primeiro e examina bem se com dez mil homens poderá enfrentar o outro que marcha contra ele com vinte mil? 32Se ele vê que não pode, enquanto o outro rei ainda está longe, envia mensageiros para negociar as condições de paz. 33Do mesmo modo, portanto, qualquer um de vós, se não renunciar a tudo o que tem, não pode ser meu discípulo!”

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus diz com clareza a todos os que o seguem: “Vejam bem se são capazes de me seguir, examinem se podem renunciar a tudo o que têm para então vir comigo”. Assim fazem os discípulos. Para se construir uma torre ou para entrar numa guerra, é preciso calcular antes as possibilidades de iniciar uma obra e levá-la até o fim. Quer seguir Jesus? Pense bem e siga para valer, sem olhar para trás, sem parar no meio do caminho. Comece e acabe

o que começou. Siga Jesus Cristo como simples cristão, sem sofisticações, como um bom católico. O Reino é o bem maior. Jesus é o Reino e entregamos a vida por ele e por seu Evangelho, como crianças, como jovens, como noivos, como casados, como viúvos, como sacerdotes, como religiosos e religiosas.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
No Evangelho, Jesus instrui seus discípulos e a cada um de nós sobre as disposições necessárias para o seu seguimento. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Peçamos: “Ó Jesus Mestre, cremos com viva fé que estais aqui presente, para indicar-nos o caminho que leva ao Pai. Iluminai nossa mente, movei nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura atenta do Evangelho, quantas vezes julgar necessário, e destaque os versículos que mais lhe chamaram atenção. Quais instruções Jesus dá aos discípulos? Retome as expressões que mais chamaram sua atenção. O que significa “tomar a cruz” no seguimento de Jesus? E “perder a vida” por causa de Jesus, o que significa?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? O que o Senhor lhe pede neste dia? Quais são as suas disposições para o seguimento de Jesus? É o próprio Senhor quem nos diz: “Quem não renunciar a seus bens não pode ser meu discípulo” (Lc 14,33). Faça a sua meditação, mantendo em mente a palavra que o Senhor direciona a você.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Procure um local silencioso para fazer sua oração. Coloque-se na presença do Senhor e entregue-lhe tudo que você é. Não tenha medo de dizer-lhe o que você sente, pois Ele está com você e escuta os seus pedido e louvores.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Leitura orante: Equipe de Redação Paulinas Internet.

[apss_share]