Liturgia diária, Deus fará justiça para os seus escolhidos - Lc 18,1-8

32ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico C

16 de novembro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, faze-me pobre e simples diante de ti, de modo que minhas súplicas sejam atendidas, pois jamais deixas de atender a quem se volta para ti na humildade de coração.

PRIMEIRA LEITURA: Sb 18,14-16, 19,6-9

Leitura do Livro da Sabedoria

18,14Quando um tranqüilo silêncio envolvia todas as coisas e a noite chegava ao meio de seu curso, 15a tua palavra onipotente, vinda do alto do céu, do seu trono real, precipitou-se, como guerreiro impiedoso, no meio de uma terra condenada ao extermínio; como espada afiada, levava teu decreto irrevogável; 16defendendo-se, encheu tudo de morte e, mesmo estando sobre a terra, ela atingia o céu. 19,6Então, a criação inteira, obediente às tuas ordens, foi de novo remodelada em cada espécie de seres, para que teus filhos fossem preservados de todo perigo. 7Apareceu a nuvem para dar sombra ao acampamento, e a terra enxuta surgiu onde antes era água: o mar Vermelho tornou-se caminho desimpedido, e as ondas violentas se transformaram em campo verdejante, 8por onde passaram, como um só povo, os que eram protegidos por tua mão, contemplando coisas assombrosas. 9Como cavalos soltos na pastagem e como cordeiros, correndo aos saltos, glorificaram-te a ti, Senhor, seu libertador.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 104(105) 

         — Lembrai sempre as maravilhas do Senhor!
— Lembrai sempre as maravilhas do Senhor!

— Cantai, entoai salmos para ele, publicai todas as suas maravilhas! Gloriai-vos em seu nome que é santo, exulte o coração que busca a Deus!

— Matou na própria terra os primogênitos, a fina flor de sua força varonil. Fez sair com ouro e prata o povo eleito, nenhum doente se encontrava em suas tribos.

— Ele lembrou-se de seu santo juramento, que fizera a Abraão, seu servidor. Fez sair com grande júbilo o seu povo, e seus eleitos, entre gritos de alegria.

EVANGELHO: Lc 18,1-8

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus contou aos discípulos uma parábola, para mostrar-lhes a necessidade de rezar sempre, e nunca desistir, dizendo: 2“Numa cidade havia um juiz que não temia a Deus, e não respeitava homem algum. 3Na mesma cidade havia uma viúva, que vinha à procura do juiz, pedindo: ‘Faze-me justiça contra o meu adversário!’ 4Durante muito tempo, o juiz se recusou. Por fim, ele pensou: ‘Eu não temo a Deus, e não respeito homem algum. 5Mas esta viúva já me está aborrecendo. Vou fazer-lhe justiça, para que ela não venha agredir-me!’” 6E o Senhor acrescentou: “Escutai o que diz este juiz injusto. 7E Deus, não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? Será que vai fazê-los esperar? 8Eu vos digo que Deus lhes fará justiça bem depressa. Mas o Filho do homem, quando vier, será que ainda vai encontrar fé sobre a terra?”

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

São Lucas dá à história da viúva que pedia justiça com insistência o título de “necessidade de orar sempre, sem nunca desistir”. De fato, a mulher insistiu até conseguir o que queria. Ela queria justiça. Deus fará o mesmo a quem gritar pedindo justiça com a certeza de que será atendido. Por isso a pergunta de Jesus: “O Filho do Homem, quando vier, vai encontrar fé sobre a terra?”. Se não há justiça na terra é porque alguém não está pedindo com fé. O pedido não é passivo. É insistente e ativo. Na história da viúva, o juiz decidiu fazer-lhe justiça com medo de ser agredido por ela. Seria ela uma mulher violenta? Ou ela se tornou violenta por causa da atitude injusta do juiz? A paz é fruto da justiça. A falta de justiça causaria a ruptura da paz entre o juiz e a viúva. A violência existente no mundo não será resultado da falta de justiça que leva as pessoas a atitudes extremas? Continuemos a orar com insistência.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
O Evangelho deste dia nos fala de perseverança e misericórdia. ‘Não temo a Deus e não respeito ninguém. Mas esta viúva já está me importunando. Vou fazer-lhe justiça, para que ela não venha, por fim, a me agredir! E Deus, não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? […] Deus lhes fará justiça bem depressa.”
Rezo: “Ó divino Espírito, ensina-me tudo quanto Jesus ensinou. Dá-me inteligência para entender; memória para lembrar; vontade dócil para praticar; coração generoso para corresponder aos teus convites. Amém.”

Leitura (Verdade)
“Na tradição judaica, as viúvas simbolizavam a máxima situação de vulnerabilidade, marcadas pela pobreza e pelo abandono. Mas Deus estava ao seu lado e cabia à comunidade protegê-las. Nesta parábola, a viúva, deixando a sombra, toma uma postura incomum. Ela dirige-se a quem deveria administrar a justiça. O juiz acaba intimidado e concede-lhe o direito. Esta insistência acaba decidindo o juiz. O que o juiz faz para acabar com uma importunação, Deus faz por amor. A oração é a maneira de entrar em contato com o Pai, pedindo quando necessário, agradecendo sempre. Qual é a medida de nossa oração? Rezar sempre e nunca desistir. Rezar a própria vida. Fazer do cotidiano uma prece.” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Leia atentamente o mesmo texto do Evangelho. Em seguida, faça uma nova leitura em voz alta, pausadamente, repetindo as palavras que mais chamaram sua atenção. Quais personagens aparecem no texto? Onde eles se encontram? O que acontece na narrativa? Qual a promessa de Jesus a quem se dirige a Ele com confiança?

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? O que você deseja dizer ao Senhor neste momento de oração? Deixe que a sua vida se renove com a Palavra de Deus e apresente a Ele suas preces e intenções.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em mim, a partir da Palavra? Como está minha confiança no Senhor? Quais compromissos desejo assumir em minha vida?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas

[apss_share]