Liturgia diária Lc 9,43b-45

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 9,43b-45

Muitos cristãos desejam uma Igreja poderosa, amparada por estatísticas crescentes. O Reino de Deus é diferente e precisa ser refeito cada dia.

Façamos a oração do dia: Pai, dá-me a graça de considerar a paixão de Jesus a partir de teu modo de pensar. Só então compreenderei que se tratou da prova máxima de fidelidade a ti.

25ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 26 de setembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA:  Ecl 11,9-12,8

Leitura do Livro do Eclesiastes – 11,9Alegra-te, jovem, na tua adolescência, e que o teu coração repouse no bem nos dias da tua juventude; segue as aspirações do teu coração e os desejos dos teus olhos: fica sabendo, porém, que de tudo isso Deus te pedirá contas. 

10Tira a tristeza do teu coração, e afasta a malícia do teu corpo, pois a adolescência e a juventude são vaidade. 12,1Lembra-te do teu Criador nos dias da juventude, antes que venham os dias da desgraça e cheguem os anos dos quais dirás: “Não sinto prazer neles”; — 2antes que se obscureçam o sol, a luz, a lua e as estrelas, e voltem as nuvens depois da chuva; 3quando os guardas da casa começarem a tremer, e se curvarem os homens robustos; quando as poucas mulheres cessarem de moer, e ficarem turvas as vistas das que olham pelas janelas 4e

se fecharem as portas que dão para a rua; quando enfraquecer o ruído do moinho, e os homens se levantarem ao canto dos pássaros, e silenciarem as vozes das canções, 5e houver medo das alturas e sobressaltos no caminho, enquanto a amendoeira floresce, o gafanhoto se arrasta e a alcaparra perde o seu gosto, porque o homem se encaminha para a morada eterna, e os que choram já rondam pelas ruas; — 6antes que se rompa o cordão de prata e se despedace a taça de ouro, a jarra se parta na fonte, a roldana se arrebente no poço, — 7antes que volte o pó à terra, de onde veio, e o sopro de vida volte a Deus que o concedeu. 8Vaidade das vaidades, diz o Eclesiastes, tudo é vaidade. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO  90(89) 

— Ó Senhor, vós fostes sempre um refúgio para nós.
— Ó Senhor, vós fostes sempre um refúgio para nós.

— Vós fazeis voltar ao pó todo mortal, quando dizeis: “Voltai ao pó, filhos de Adão!” Pois mil anos para vós são como ontem, qual vigília de uma noite que passou.

Eles passam como o sono da manhã, são iguais à erva verde pelos campos: De manhã ela floresce vicejante, mas à tarde é cortada e logo seca.

— Ensinai-nos a contar os nossos dias, e dai ao nosso coração sabedoria! Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis? Tende piedade e compaixão de vossos servos!

— Saciai-nos de manhã com vosso amor, e exultaremos de alegria todo o dia! Que a bondade do Senhor e nosso Deus repouse sobre nós e nos conduza! Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho.

EVANGELHO:  Lc 9,43b-45

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 43btodos estavam admirados com todas as coisas que Jesus fazia. Então Jesus disse a seus discípulos: 44“Prestai bem atenção às palavras que vou dizer: O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens”. 45Mas

os discípulos não compreendiam o que Jesus dizia. O sentido lhes ficava escondido, de modo que não podiam entender; e eles tinham medo de fazer perguntas sobre o assunto.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Herodes queria ver Jesus. Qual Jesus? Pedro disse que Jesus era o Cristo de Deus. Qual Cristo, o da glória ou o da cruz? A resposta exata será: o que foi glorificado na cruz. Eles não compreendiam o que Jesus queria dizer quando anunciou: “O Filho do Homem vai ser entregue às mãos dos homens”. Jesus pediu que prestassem muita atenção a essas palavras. Ele está comunicando algo importante que é preciso compreender bem.

Os discípulos não compreenderam porque tinham em mente outra imagem do Messias, e tinham receio de perguntar. Podiam entender o significado aberto da frase: Jesus vai ser preso e vai morrer. Não era, porém, esta a imagem que tinham, como todo o povo de Israel, do Messias prometido. Jesus já havia feito um primeiro anúncio de sua paixão, morte e ressurreição. O anúncio de hoje é o segundo.

O medo de perguntar, que os discípulos têm, se explica aqui em Lucas pela seriedade do anúncio. No Evangelho de Marcos, Pedro reagiu quando Jesus fez o primeiro anúncio, e Jesus também reagiu. Chamou Pedro de satanás e mandou que se afastasse. Em Marcos, o medo de perguntar se explica pela reação de Jesus contra Pedro. Lucas não menciona a atitude de Pedro no primeiro anúncio da paixão. No primeiro anúncio, Lucas mostrou as consequências do tipo de morte de Jesus para os discípulos de todos os tempos: renúncia e cruz. Naquele momento não entenderam e não estavam querendo entender.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Prepare-se para a Leitura Orante rezando com este canto:

Abra o seu coração para o diálogo com o próprio Deus por meio de sua Palavra. Deixe-se conduzir pela ação do Espírito Santo, que reza em nós: “Ó divino Espírito, ensina-me tudo quanto Jesus ensinou. Dá-me inteligência para entender; memória para lembrar; vontade dócil para praticar; coração generoso para corresponder aos teus convites. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? Leia o Evangelho em voz alta e pausadamente e repita as palavras que mais chamaram sua atenção. Qual tema perpassa o diálogo?

“As multidões aclamavam Jesus, e os apóstolos, naturalmente, participavam deste entusiasmo. Eles vibravam com as palavras e o poder de Jesus, mas eram incapazes de aceitar o discurso do sofrimento como parte da identidade e da missão de Jesus. A fé deles continua frágil e eles têm medo de conhecer toda a verdade; por isso, não fazem perguntas a Jesus.

O projeto messiânico dos apóstolos era povoado por sonhos de poder e grandeza nacional. E este conceito só seria abandonado definitivamente com a vinda do Espírito Santo. Esta tentação ainda hoje afeta muitos cristãos. Desejam uma Igreja poderosa, amparada por estatísticas crescentes. O Reino de Deus é diferente e precisa ser refeito cada dia.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

Qual palavra do texto encontrou profunda sintonia com a minha vida, com as minhas atitudes? Em minha vida, meu trabalho, meu relacionamento com as pessoas, como vivo os ensinamentos de Jesus? Quais sentimentos o texto despertou em mim?

Oração (Vida)

Retome as experiências vividas com a Palavra de Deus durante esta semana. Agradeça tudo o que a Palavra lhe permitiu compreender e vivenciar do mistério de Cristo. Apresente ainda ao Senhor a oração que brotou em seu coração durante a leitura orante.

Oração: “Jesus, divino Mestre, nós vos adoramos, Filho unigênito de Deus, vindo ao mundo para dar aos homens a vida em plenitude. Nós vos louvamos e agradecemos, porque morrestes na cruz para obter-nos a vida divina que nos comunicais no Batismo e alimentais com a Eucaristia e os outros sacramentos.

Vivei em nós, Jesus, pelo vosso Espírito, para que vos amemos com todo o nosso ser e amemos o próximo como a nós mesmos, no vosso amor. Fazei crescer em nós esse amor, para que um dia, ressuscitados, partilhemos convosco a alegria do reino dos céus. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)

Não desanimar diante da lenta caminhada das comunidades, mas propor-se a colaborar para que o Evangelho chegue a todos como Palavra de Salvação.

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !