Oração diária, Jesus estende a mão e toca no leproso - Lc 5,12-16

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 5,12-16

Façamos a oração do dia: Pai, que a oração me ajude a descobrir o verdadeiro sentido do serviço que presto ao Reino, de modo a coibir a tentação de ser contaminado pelo orgulho e pela soberba.

Tempo do Natal depois da Epifania – Ano Litúrgico C

Liturgia do dia 07 de janeiro de 2022

PRIMEIRA LEITURA: 1Jo 5,5-13

Leitura da Primeira Carta de São João.

Caríssimos, 5quem é o vencedor do mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? 6Este é o que veio pela água e pelo sangue: Jesus Cristo. (Não veio somente com a água, mas com a água e o sangue.) E o Espírito é que dá testemunho, porque o Espírito é a Verdade. 7Assim, são três que dão testemunho: 8o Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes.

9Se aceitamos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior. Este é o testemunho de Deus, pois ele deu testemunho a respeito de seu Filho. 10Aquele que crê no Filho de Deus tem este testemunho dentro de si. Aquele que não crê em Deus faz dele um mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus deu a respeito de seu Filho. 11E

o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. 12Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho não tem a vida.

13Eu vos escrevo estas coisas a vós que acreditastes no nome do Filho de Deus, para que saibais que possuís a vida eterna.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 147(147B) 

— Glorifica o Senhor, Jerusalém!

— Glorifica o Senhor, Jerusalém!

— Glorifica o Senhor, Jerusalém! Ó Sião, canta louvores ao teu Deus! Pois reforçou com segurança as tuas portas, e os teus filhos em teu seio abençoou.

— A paz em teus limites garantiu e te dá como alimento a flor do trigo. Ele envia suas ordens para a terra e a palavra que ele diz corre veloz.

— Anuncia a Jacó sua palavra, seus preceitos, suas leis a Israel. Nenhum povo recebeu tanto carinho, a nenhum outro revelou os seus preceitos.

EVANGELHO: Lc 5,12-16

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

12Aconteceu

que Jesus estava numa cidade, e havia aí um homem leproso. Vendo Jesus, o homem caiu a seus pés, e pediu: “Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar”. 13Jesus estendeu a mão, tocou nele, e disse: “Eu quero, fica purificado”. E imediatamente, a lepra o deixou. 14E Jesus recomendou-lhe: “Não digas nada a ninguém. Vai mostrar-te ao sacerdote e oferece pela purificação o prescrito por Moisés como prova de tua cura”.

15Não obstante, sua fama ia crescendo, e numerosas multidões acorriam para ouvi-lo e serem curadas de suas enfermidades. 16Ele, porém, se retirava para lugares solitários e se entregava à oração.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

A situação dos leprosos era grave (Lv 13). Devido ao contágio e à total falta de recursos, o leproso devia se retirar do convívio social e ninguém podia chegar perto dele, e menos ainda tocar nele. Jesus, no entanto, passa por cima da Lei e busca o ser humano com seu toque. Jesus não está preocupado com a Lei do Levítico, mas com o ser humano necessitado. Deve-se destacar a atitude de fé do leproso: apesar de sua impureza, aproxima-se de Jesus com confiança, o que lhe era proibido por Lei.

Diferentemente

de Simão, na perícope anterior (Lc 5,8), o leproso, com fé, se aproxima de Jesus, e este, por sua vez, não se afasta, pois fora ungido (Lc 4,16ss) justamente para ser uma Boa Notícia aos pobres e sofredores. Para Jesus, ninguém é indigno da misericórdia de Deus. Ficam algumas perguntas: o que mais preocupa as pessoas de fé, hoje, a Lei ou as necessidades dos sofredores? Por que nas comunidades, inclusive nas eclesiais, existem pessoas excluídas? A prática cristã deve cuidar mais dos “bons” ou dos marginalizados? Existem leis, até mesmo religiosas, que oprimem os excluídos?

Frei Bruno Godofredo Glaab, ‘A Bíblia dia a dia 2022’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Guiados pela Palavra de Deus, vamos ao encontro do Senhor, que nos convida a crescer na fé. A fraqueza de nossa fé pode impedir que façamos esse pedido: “Senhor, se queres, tens o poder de purificar-me”. Peçamos ao Espírito Santo que nos amadureça na fé. Em nossa meditação, tenhamos em mente a resposta de Jesus: “Quero, sejas purificado.

Peçamos: “Senhor Jesus Cristo, envia sobre nós, como prometeste, teu Espírito Santo. Que ele nos conceda o dom da fé e a força da súplica sincera. Que nele encontremos salvação, cura e confiança plena. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? Qual é o tema central da narrativa? O que o leproso pede a Jesus? E o que Jesus faz?

“Na história do leproso, fica claro: Deus toma sempre a dianteira, dá sempre o primeiro passo. Foi assim que Jesus chegou a sua cidade. Deus, na pessoa de Jesus, vem ao nosso encontro. Como o leproso, nós nos aproximamos de Jesus com nossas carências e necessidades, pedindo-lhe uma graça, um milagre. Nessa história, o leproso nos ensina duas atitudes importantes: adorar o Senhor, reconhecendo nele o Salvador enviado pelo Pai, e estar pronto a realizar a vontade de Deus. Lições importantes que aprendemos com ele: pedir com humildade e espírito de obediência. Nesse assunto, é bom sempre lembrarmos: Jesus espera de nós mais do que clientes satisfeitos. Ele nos quer discípulos.”

Meditação (Caminho)

Faça uma leitura atenta do Evangelho. O que diz o texto? Destaque as instruções que Jesus dá aos discípulos. Qual é o convite central do texto? A quem ele é dirigido? Retome as expressões que chamaram sua atenção.

O que o Senhor me pede neste dia? Quais são as minhas disposições para o seguimento de Jesus? Não podemos deixar para amanhã; o tempo de Deus é hoje.

Oração (Vida)

“Ó Espírito Santo, dai-me um coração grande, aberto à vossa silenciosa e forte palavra inspiradora, fechado a todas as ambições mesquinhas, alheio a qualquer desprezível competição humana, compenetrado no sentido da santa Igreja. Um coração grande, desejoso de se tornar semelhante ao coração do Senhor Jesus. Um coração grande e forte para amar a todos, para servir a todos, para sofrer por todos. Um coração grande e forte para superar todas as provações, todo tédio, todo cansaço, toda desilusão, toda ofensa. Um coração grande e forte, constante até o sacrifício, quando for necessário. Um coração cuja felicidade é palpitar com o coração de Cristo e cumprir, humilde e fielmente, a vontade do Pai. Amém” (Paulo VI).

Contemplação (Vida e Missão)

Sintetize em poucas palavras o apelo que você sentiu em seu coração, para colocá-lo em prática durante o dia. O que você se propõe a viver hoje?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !