Liturgia diária, A tua fé te salvou - Lc 18,35-43

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho:

Façamos a oração do dia: Pai, infunde em mim uma fé profunda como a do pobre cego, cujo desejo de ser curado por Jesus levou-o a se abrir para a verdadeira visão que leva à salvação.

33ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 15 de novembro de 2021

PRIMEIRA LEITURA: 1Mc 1,10-15.41-43.54-57.62-64  

Leitura do Primeiro Livro dos Macabeus.

Naqueles dias, 10brotou uma raiz iníqua, Antíoco Epífanes, filho do rei Antíoco. Estivera em Roma, como refém, e subiu ao trono no ano cento e trinta e sete da era dos gregos. 11Naqueles dias, apareceram em Israel pessoas ímpias, que seduziram a muitos, dizendo: “Vamos fazer uma aliança com as nações vizinhas, pois, desde que nos isolamos delas, muitas desgraças nos aconteceram”. 12Estas palavras agradaram, 13e alguns do povo entusiasmaram-se e foram procurar o rei, que os autorizou a seguir os costumes pagãos. 14Edificaram em Jerusalém um ginásio, de acordo com as normas dos gentios. 15Aboliram o uso da circuncisão e renunciaram à aliança sagrada. Associaram-se com os pagãos e venderam-se para fazer o mal. 41Então o rei Antíoco publicou um decreto para todo o reino, ordenando que todos formassem um só povo, obrigando cada um a abandonar seus costumes particulares. 42Todos

os pagãos acataram a ordem do rei 43e inclusive muitos israelitas adotaram sua religião, sacrificando aos ídolos e profanando o sábado. 54No dia quinze do mês de Casleu, no ano cento e quarenta e cinco, Antíoco fez erigir sobre o altar dos sacrifícios a Abominação da desolação. E pelas cidades circunvizinhas de Judá construíram altares. 53Queimavam incenso junto às portas das casas e nas ruas. 56Os livros da Lei, que lhes caíam nas mãos, eram atirados ao fogo, depois de rasgados. 57Em virtude do decreto real, era condenado à morte todo aquele em cuja casa fosse encontrado um livro da Aliança, assim como qualquer pessoa que continuasse a observar a Lei. 62Mas muitos israelitas resistiram e decidiram firmemente não comer alimentos impuros. 63Preferiram a morte a contaminar-se com aqueles alimentos. E, não querendo violar a aliança sagrada, esses foram trucidados. 64Uma cólera terrível se abateu sobre Israel.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 119(118) 

— Vivificai-me, ó Senhor, e guardarei vossa Aliança!

— Vivificai-me, ó Senhor, e guardarei vossa Aliança!

— Apodera-se de mim a indignação, vendo que os ímpios abandonam vossa lei.

— Mesmo que os ímpios me amarrem com seus laços, nem assim hei de esquecer a vossa lei.

— Libertai-me

da opressão e da calúnia, para que eu possa observar vossos preceitos!

— Meus opressores se aproximam com maldade; como estão longe, ó Senhor, de vossa lei!

— Como estão longe de salvar-se os pecadores, pois não procuram, ó Senhor, vossa vontade!

— Quando vejo os renegados, sinto nojo, porque foram infiéis à vossa lei.

EVANGELHO: Lc 18,35-43

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

35Quando Jesus se aproximava de Jericó, um cego estava sentado à beira do caminho, pedindo esmolas. 36Ouvindo a multidão passar, ele perguntou o que estava acontecendo. 37Disseram-lhe que Jesus Nazareno estava passando por ali. 38Então o cego gritou: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!” 39As pessoas que iam na frente mandavam que ele ficasse calado. Mas ele gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem piedade de mim!” 40Jesus parou e mandou que levassem o cego até ele. Quando o cego chegou perto, Jesus perguntou: 41“Que queres que eu faça por ti?” O cego respondeu: “Senhor, eu quero enxergar de novo”. 42Jesus

disse: “Enxerga, pois, de novo. A tua fé te salvou”. 43No mesmo instante, o cego começou a ver de novo e seguia Jesus, glorificando a Deus. Vendo isso, todo o povo deu louvores a Deus.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

“Eis que estamos subindo para Jerusalém”, disse Jesus aos Doze. É a última etapa. Em Jerusalém se cumprirá tudo o que foi escrito pelos profetas. Jesus será entregue aos pagãos, será zombado, ofendido, cuspido, açoitado e morto. Os discípulos não compreendiam o que Jesus dizia. São Lucas escreve que “esta palavra era obscura para eles”. Não viam bem o que Jesus estava dizendo. Não viam e não entendiam.

Aproximando-se de Jericó, Jesus se encontra com um cego. Era um cego de verdade e um cego simbólico. Ele insistia, gritando: “Jesus, filho de Davi, tem compaixão de mim”. Ele queria ver novamente. “Vê de novo, lhe disse Jesus. Tua fé te salvou”. Ele recuperou a vista. Este cego são todos aqueles que não enxergam bem a pessoa de Jesus. Ele simboliza os discípulos que não viam com clareza Jesus sendo preso, maltratado e morto. Nós também ainda temos dificuldade de compreender tudo o que fizeram com Jesus. Não se pode, porém, fechar os olhos para não ver. Jesus os abre.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Para fazermos uma boa oração, é sempre importante nos colocarmos em atitude de silêncio. Procure, se possível, um ambiente que lhe favoreça esse silêncio. Iniciemos nossa oração em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

“Ó divino Espírito, ensina-me tudo quanto Jesus ensinou. Dá-me inteligência para entender; memória para lembrar; vontade dócil para praticar; coração generoso para corresponder aos teus convites. Amém.”

Leitura (Verdade)

Leia o Evangelho observando as mudanças que acontecem com o cego e com o povo.
Quais as perguntas de Jesus? Leia atentamente tudo o que acontece nesta cena. Entre nela. Sinta-se em Jericó, junto à multidão.

“São numerosos os encontros de Jesus com cegos e surdos. O cego é um tipo marginalizado, excluído de todas as atividades. O cego da narrativa de hoje, assim como a viúva que pedia justiça, não aceita agir segundo seu papel de pessoa à margem da sociedade. Esse cego enxerga muito bem, comenta Santo Agostinho. Ele entendeu corretamente a missão de Jesus, que era a de dar vista aos cegos e libertar os oprimidos. A multidão tenta silenciá-lo, mas ele é acolhido por Jesus e faz uma oração maravilhosa, pedindo a graça da visão. A sua fé é recompensada. A partir daí, não é mais alguém marginalizado, passivo, à beira do caminho. Ele assume seu destino, torna-se discípulo, seguindo Jesus pelo caminho.” 

Meditação (Caminho)

Quais são as cegueiras pelas quais eu percebo estar envolvido(a)?
Desejo ter um novo olhar sobre a vida, a Palavra, sobre minha missão? Tenho a coragem e a fé para gritar como o cego: “Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim?
Agradeço a Deus os benefícios recebidos?

Oração (Vida)

“Senhor Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida, rosto humano de Deus e rosto divino do homem, acendei em nossos corações o amor ao Pai que está no céu e a alegria de sermos cristãos. Vinde ao nosso encontro e guiai os nossos passos para seguir-vos e amar-vos na comunhão da vossa Igreja, celebrando e vivendo o dom da Eucaristia, carregando a nossa cruz e ungidos por vosso envio. Dai-nos sempre o fogo do vosso Santo Espírito, que ilumine as nossas mentes e desperte em nós o desejo de contemplar-vos, o amor aos irmãos, especialmente aos aflitos, e o ardor por anunciar-vos. Discípulos e missionários vossos, nós queremos remar mar adentro, para que os nossos povos tenham em Vós vida abundante e construam com solidariedade a fraternidade e a paz. Senhor Jesus, vinde e enviai-nos! Maria, Mãe da Igreja, rogai por nós. Amém” (Bento XVI, 2007).

Contemplação (Vida e Missão)

Depois de contemplar a atitude do cego qual meu propósito para este dia? A Palavra me inspira um novo olhar?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !