Liturgia diária, Senhor, ensina-nos a orar - Lc 11,1-4

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !

27ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

11 de outubro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, inspira-me a rezar como convém, de forma que a minha oração se expresse em gestos de solidariedade e de reconciliação, sinais inequívocos de minha comunhão contigo.

PRIMEIRA LEITURA: Jn 4,1-11

Leitura da Profecia de Jonas

1Este desfecho causou em Jonas profunda mágoa e irritação; 2orou então ao Senhor, dizendo: “Peço-te me ouças, Senhor: não era isto que eu receava, quando ainda estava em minha terra? Por isso, antecipei-me, fugindo para Társis. Sabia que és um Senhor benigno e misericordioso, paciente e cheio de bondade, e que facilmente perdoas a punição. 3E agora, Senhor, peço que me tires a minha vida, para mim é melhor morrer do que viver”.
4Disse o Senhor: “Achas que tens boas razões para irar-te?” 5Jonas saiu da cidade e estabeleceu-se na parte oriental e ali fez para si uma cabana, onde repousava à sombra, a ver o que ia acontecer à cidade.
6O Senhor fez nascer uma hera, que cresceu sobre a cabana, para dar sombra à cabeça de Jonas e abrandar seu aborrecimento. E Jonas alegrou-se grandemente por causa da hera. 7Mas, ao raiar do dia seguinte, o Senhor determinou que um

verme atacasse a hera e ela secou.
8Quando o sol se levantou, mandou o Senhor do oriente um vento quente; e o sol bateu forte sobre a cabeça de Jonas, que se sentiu desfalecer; teve vontade de morrer, e disse: “Para mim é melhor morrer do que viver”. 9Disse o Senhor a Jonas: “Achas que tens boas razões para irar-te por esta hera?”
“Sim”, respondeu ele, “tenho razão até para morrer de raiva”. 10O Senhor replicou-lhe: “Tu sofres por causa desta planta, que não te custou trabalho e não fizeste crescer, que nasceu numa noite e na outra morreu. 11E eu não haveria de salvar esta grande cidade de Nínive, em que vivem cento e vinte mil seres humanos, que não sabem distinguir a mão direita da esquerda, e um grande número de animais?”

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 86

          — Ó Senhor, sois amor, paciência e perdão.
— Ó Senhor, sois amor, paciência e perdão.

— Piedade de mim, ó Senhor, porque clamo por vós todo o dia! Animai e alegrai vosso servo, pois a

vós eu elevo a minh’alma.

— Ó Senhor, vós sois bom e clemente, sois perdão para quem vos invoca. Escutai, ó Senhor, minha prece, o lamento da minha oração!

— As nações que criastes virão adorar e louvar vosso nome. Sois tão grande e fazeis maravilhas: vós somente sois Senhor e Deus!

EVANGELHO: Lc 11,1-4

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

1Um dia, Jesus estava rezando num certo lugar. Quando terminou, um de seus discípulos pediu-lhe: “Senhor, ensina-nos a rezar, como também João ensinou a seus discípulos”. 2Jesus respondeu: “Quando rezardes, dizei: ‘Pai, santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino. 3Dá-nos a cada dia o pão de que precisamos, 4e perdoa-nos os nossos pecados, pois nós também perdoamos a todos os nossos devedores; e não nos deixes cair em tentação'”.

– Palavra da Salvação
– Glória

a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

O início da segunda etapa da viagem se dá num clima de oração. Do elogio a Maria, a discípula que sabe ouvir, Jesus passa a ensinar os discípulos a rezarem, de forma simples, sem complicação. Um discípulo pediu-lhe que os ensinasse a rezar como fazia João Batista com os seus discípulos. Jesus ensina o Pai-Nosso. A versão de Lucas contém cinco petições. A de Mateus, sete. Mateus acrescenta: “Seja feita a vossa vontade e livrai-nos do mal”. Rezamos sempre a versão de Mateus. Oração simples e completa. Poucas palavras e palavras essenciais. Foi assim que Jesus ensinou a rezar. Podemos expandir o ensinamento de Jesus e rezar de maneiras diversificadas com o dom das línguas, com o dom das lágrimas ou sem nenhum dom. Sem se afastar, porém, do ensinamento de Jesus. A “religião” de Jesus é simples e clara. Ele não multiplica seres sem necessidade, mas entende que nós temos nossas necessidades e que nossos sentidos necessitam de bons estímulos. Qualquer pessoa que tenha um pouco de sensibilidade de filho pode dizer ao Pai as palavras do “Pai-Nosso”. Reze o Pai-Nosso e ensine muitas pessoas a rezá-lo. Mostre a beleza de cada frase e tire dela o seu sentido profundo. O Pai e sua vontade, o Reino, o Pão, o perdão, o mal e a tentação. A santificação do Nome, a vinda do Reino, o pão de cada dia, o perdão dos pecados, ser preservado da tentação.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje, como Igreja, celebramos São João XXIII, conhecido como o “Papa Bom”. Peçamos a intercessão desse grande santo, para que também nós sejamos cada dia melhores no seguimento do Evangelho de Jesus Cristo. Que a ação do Espírito Santo nos guie sempre neste caminho cristão. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou a seus discípulos.” Leia o Evangelho de hoje pausadamente, quantas vezes julgar necessário, repita as palavras que mais chamaram sua atenção e destaque os personagens que aparecem no texto. Qual é o tema central do Evangelho? Por que a oração é necessária?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Faça a sua meditação e procure identificar o caminho que Jesus lhe indica. Como você acolhe os ensinamentos de Jesus em sua vida? Identifique a voz do Senhor, que fala com você por meio da Palavra.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Neste momento de oração, aproxime-se do Senhor, que o(a) acolhe com todo amor e carinho de Pai. Formule preces, louve e agradeça ao Senhor, o Deus de sua vida. Reze ao Pai como Ele nos ensinou por meio de seu Filho Jesus Cristo.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Qual palavra você é convidado(a) a colocar em prática neste dia?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]