Liturgia diária O maior e o menor no Reino dos Céus - Mt 5,17-37

6º Domingo do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

16 de fevereiro de 2020

Deseja ler a liturgia diária do dia 15 de fevereiro Clique aqui

ORAÇÃO DO DIA

Pai, guiado pelos ensinamentos de Jesus, revela-me teu querer divino, livrando-me de dar-me por satisfeito com a observância superficial dos teus mandamentos.

PRIMEIRA LEITURA: Eclo 15,16-21

Leitura do Livro do Eclesiástico – 16Se quiseres observar os mandamentos, eles te guardarão; se confias em Deus, tu também viverás.
17Diante de ti ele colocou o fogo e a água; para o que quiseres, tu podes estender a mão.
18Diante do homem estão a vida e a morte, o bem e o mal; ele receberá aquilo que preferir.
19A sabedoria do Senhor é imensa, ele é forte e poderoso e tudo vê continuamente.
20Os olhos do Senhor estão voltados para os que o temem. Ele conhece todas as obras do homem.
21Não mandou a ninguém agir como ímpio e a ninguém deu licença de pecar.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 119(118)

         Feliz o homem sem pecado em seu caminho,/ que na lei do Senhor Deus vai progredindo!

– Feliz o homem sem pecado em seu caminho/ que na lei do Senhor Deus vai progredindo!/ Feliz o homem que observa seus preceitos/ e de todo coração procura a Deus!

– Os vossos mandamentos vós nos destes,/ para serem fielmente observados./ Oxalá, seja bem firme a minha vida/ em cumprir vossa vontade e vossa lei!

– Sede bom com vosso servo e viverei/ e guardarei vossa palavra, ó Senhor./ Abri meus olhos e então contemplarei/ as maravilhas que encerra a vossa lei.

– Ensinai-me a viver vossos preceitos;/ quero guardá-los fielmente até o fim!/ Dai-me o saber, e cumprirei a vossa lei/ e de todo coração a guardarei.

SEGUNDA LEITURA: 1Cor 2,6-10

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos: 6Entre os perfeitos nós falamos de sabedoria, não da sabedoria deste mundo nem da sabedoria dos poderosos deste mundo, que, afinal, estão votados à destruição.
7Falamos, sim, da misteriosa sabedoria de Deus, sabedoria escondida, que desde a eternidade Deus destinou para nossa glória.
8Nenhum dos poderosos deste mundo conheceu essa sabedoria. Pois, se a tivessem conhecido, não teriam crucificado o Senhor da glória.
9Mas, como está escrito, “o que Deus preparou para os que o amam é algo que os olhos jamais viram nem os ouvidos ouviram nem coração algum jamais pressentiu”.
10A nós Deus revelou esse mistério através do Espírito. Pois o Espírito esquadrinha tudo, mesmo as profundezas de Deus.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

EVANGELHO: Mt 5,17-37

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 17 “Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição. 18 Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei. 19 Aquele que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos céus. Mas aquele que os guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos céus. 20 Digo-vos, pois, se vossa justiça não for maior que a dos escribas e fariseus, não entrareis no Reino dos céus. 21 Ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás, mas quem matar será castigado pelo juízo do tribunal’. 22 Mas eu vos digo: todo aquele que se irar contra seu irmão será castigado pelos juízes. Aquele que disser a seu irmão: ‘Raca’, será castigado pelo Grande Conselho. Aquele que lhe disser: ‘Louco’, será condenado ao fogo da geena. 23 Se estás, portanto, para fazer a tua oferta diante do altar e te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, 24 deixa lá a tua oferta diante do altar e vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; só então vem fazer a tua oferta. 25 Entra em acordo sem demora com o teu adversário, enquanto estás em caminho com ele, para que não suceda que te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao seu ministro e sejas posto em prisão. 26 Em verdade te digo: dali não sairás antes de teres pago o último centavo. 27 Ouvistes que foi dito aos antigos: ‘Não cometerás adultério’. 28 Eu, porém, vos digo: todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher, já adulterou com ela em seu coração. 29 Se teu olho direito é para ti causa de queda, arranca-o e lança-o longe de ti, porque te é preferível perder-se um só dos teus membros, a que o teu corpo todo seja lançado na geena. 30 E se tua mão direita é para ti causa de queda, corta-a e lança-a longe de ti, porque te é preferível perder-se um só dos teus membros, a que o teu corpo inteiro seja atirado na geena. 31 Foi também dito: ‘Todo aquele que rejeitar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio’. 32 Eu, porém, vos digo: todo aquele que rejeita sua mulher, a faz tornar-se adúltera, a não ser que se trate de matrimônio falso; e todo aquele que desposa uma mulher rejeitada comete um adultério. 33 Ouvistes ainda o que foi dito aos antigos: ‘Não jurarás falso, mas cumprirás para com o Senhor os teus juramentos’. 34 Eu, porém, vos digo: não jureis de modo algum, nem pelo céu, porque é o trono de Deus; 35 nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei. 36 Nem jurarás pela tua cabeça, porque não podes fazer um cabelo tornar-se branco ou negro. 37 Dizei somente: ‘Sim’, se é sim; ‘não’, se é não. Tudo o que passa além disto vem do Maligno

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus veio a este mundo iluminar os caminhos da humanidade. E na sua luz podemos ver a luz. Na sua luz podemos ver o que é o melhor a ser feito. Em sua luz podemos distinguir o que convém do que não convém. Jesus coloca cada coisa em seu lugar, segundo o valor que tem aos olhos de Deus. Ele não veio, portanto, desfazer a Lei de Moisés. Não veio desdizer os profetas. Ao contrário. Tudo o que foi dito e escrito se realiza nele. Nele se cumprem as Escrituras e tudo o que está escrito a respeito dele deve acontecer. E tudo o que está escrito deve ser também observado e realizado por seus discípulos. Estes, movidos pelo Espírito, devem ir além da letra e levar o que foi prescrito às suas últimas consequências. Os mandamentos são para ser obedecidos e ensinados. Quem assim proceder, será grande no Reino dos Céus. Muitos ensinamentos dos fariseus e dos escribas precisaram ser revistos à luz de Cristo. Muitas vezes a tradição humana e os preceitos criados e elaborados pelos chefes religiosos se sobrepuseram ao mandamento de Deus. O que aconteceu no passado também acontece hoje, por isso a afirmação de Jesus: “Se a justiça de vocês não for maior do que a dos escribas e dos fariseus, vocês não entrarão no Reino dos Céus”.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
As leituras bíblicas deste domingo falam da fidelidade de Deus, seu poder e sua sabedoria. Sua Lei é a fidelidade à VIDA. Tudo o que Ele criou com sua Palavra segue fielmente seu destino. Não obstante, elas falam também da livre opção concedida ao ser humano. Então peço ao Espírito Santo que me assista nesta meditação orante para que ela me aproxime mais da Lei da Vida.
Vinde Santo Espírito, enchei os nossos corações.
Em nós acendei o teu fogo abrasador!
Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado.
E renovareis, Senhor, a face da terra!
Vinde Santo Espírito, enchei os nossos corações.
Em nós acendei o teu fogo abrasador!
Ó, Senhor que instruís os corações de vossos fiéis,
fazei que apreciemos corretamente todas as coisas.

Leitura (Verdade)
O que as leituras deste domingo falam sobre a Lei? Reflito por alguns instantes sobre estas palavras do Evangelho: ‘Seja o vosso sim, sim, e o vosso não, não. ’
“Os planos de Deus não falham, mas ele nunca tem pressa. Ele tomou um povo bárbaro e com ele fez uma Aliança. Durante séculos, o Povo de Deus foi caminhando, nem sempre de acordo com o projeto divino. Com Jesus acontece a Plenitude dos Tempos. Ele não vem para abolir, mas dar plenitude à Lei e aos profetas. Ele vem fazer novas todas as coisas. A plenitude da Lei se revela no amor. Em Deus, Amor e Justiça se fundem. Os Mandamentos de Deus não são contra o homem, mas a favor dele. Deus quer que seus filhos e filhas sejam felizes e indica-lhes o caminho. Embora sejamos frágeis, Deus nos pede a firmeza do sim e do não. Trata-se de uma veste sem rasgos, de um só pano, que se chama coerência.” (Viver a Palavra- 2020 – Frei Aldo Colombo- Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Agora medite sobre estas palavras da primeira leitura (Eclo 15, 21). Os olhos do Senhor estão voltados para os que o temem; Ele conhece todas as obras do ser humano. Não mandou ninguém agir como ímpio e a ninguém deu licença para pecar.

Oração (Vida)
“Saibam, portanto, que o Senhor, o seu Deus, é Deus; ele é o Deus fiel, que mantém a aliança e a bondade por mil gerações daqueles que o amam e obedecem aos seus mandamentos.” (Deuteronômio 7:9). “Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala e deixa de agir? Acaso promete e deixa de cumprir?” (Números 23:19).
Entre em oração e deixe seu ser se expressar na presença de Deus.

Contemplação (Vida e Missão)
Como a Palavra de hoje ilumina sua conduta? Que o “sim” marque nosso pensar e nosso agir.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.
    Paulinas

[apss_share]