Oração diária O grão que morre, produz muito fruto

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Jo 12,24-26

Façamos a oração do dia: Senhor Jesus, a vida jorrou abundante de tua fidelidade até à morte de cruz. Possa eu beneficiar-me desta plenitude de vida.

19ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 10 de agosto de 2021

PRIMEIRA LEITURA: 2Cor 9,6-10  

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios.

Irmãos, 6“Quem semeia pouco colherá também pouco e quem semeia com largueza colherá também com largueza”. 7Dê cada um conforme tiver decidido em seu coração, sem pesar nem constrangimento; pois Deus “ama quem dá com alegria”.

8Deus é poderoso para vos cumular de toda sorte de graças, para que, em tudo, tenhais sempre o necessário e ainda tenhais de sobra para toda obra boa, 9como está escrito: “Distribuiu generosamente, deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre”.

10Aquele que dá a semente ao semeador e lhe dará o pão como alimento, ele mesmo multiplicará as vossas sementes e aumentará os frutos da vossa justiça.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO  112(111)

— Feliz o homem caridoso e prestativo!

— Feliz o homem caridoso e prestativo!

— Feliz o homem que respeita o Senhor e que ama com carinho sua lei! Sua descendência será forte sobre a terra, abençoada a geração dos homens retos!

Feliz o homem caridoso e prestativo, que resolve seus negócios com justiça. Porque jamais vacilará o homem reto, sua lembrança permanece eternamente!

— Ele não teme receber notícias más: confiando em Deus, seu coração está seguro. Seu coração está tranquilo e nada teme, e confusos há de ver seus inimigos.

— Ele reparte com os pobres os seus bens, permanece para sempre o bem que fez, e crescerão a sua glória e seu poder.

EVANGELHO: Jo 12,24-26

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: 24“Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele continua só um grão de trigo; mas se morre, então produz muito fruto.

25Quem se apega à sua vida, perde-a; mas quem faz pouca conta de sua vida neste mundo conservá-la-á para a vida eterna. 26Se alguém me quer servir, siga-me, e onde eu estou estará também o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará”.

Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Tertuliano, um dos grandes escritores do início do cristianismo, disse uma vez que “o sangue dos mártires é semente de cristãos” E de Jesus ouvimos que, “se o grão de trigo que cai na terra não morre, fica só. Mas, se morre, produz muito fruto”. Hoje celebramos o doloroso martírio do diácono São Lourenço.

Morreu por sua fé, permanecendo fiel à Igreja. Lourenço coordenava os diáconos de Roma e cuidava dos pobres. Na perseguição de Valeriano, o Papa Sisto II orientou São Lourenço a distribuir todos os bens da Igreja para os pobres. Quando Lourenço foi preso, o imperador ordenou-lhe entregar os tesouros da Igreja. Lourenço reuniu alguns pobres de Roma e os apresentou ao imperador, dizendo: “Eis aqui os nossos tesouros, que nunca diminuem, e podem ser encontrados em toda parte”.

Sisto II foi decapitado com quatro diáconos. Lourenço foi colocado em cima de uma grelha com brasas acesas, e assim morreu. Santo Inácio de Antioquia, mártir do início do segundo século, escreveu aos romanos: “O martírio é o supremo testemunho dado em favor da verdade da fé; designa um testemunho que vai até a morte. O mártir dá testemunho de Cristo, morto e ressuscitado, ao qual está unido pela caridade. Dá testemunho da verdade da fé e da doutrina cristã. Suporta a morte com um ato de fortaleza. Deixai-me ser pasto das feras, pelas quais poderei chegar à posse de Deus”.

Côn.

Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Ao Senhor entregamos nosso dia e pedimos que o Espírito Santo nos conceda a graça do discernimento para buscarmos a Verdade, que deve orientar a nossa vida, nosso agir e nossas decisões.

Peçamos: “Jesus Mestre, cremos com viva fé que estais aqui presente, para indicar-nos o caminho que leva ao Pai. Iluminai nossa mente, movei nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)

Ao ler o Evangelho faça atenção ao que diz o texto? A quem Jesus está instruindo? Do que nos lembra a imagem do grão de trigo que morre para produzir frutos? Quais as advertências de Jesus para que nossa vida ganhe verdadeiro sentido?

“Aceitar morrer é a escolha do grão de trigo para voltar multiplicado. Aceitar morrer faz parte do projeto dos batizados. Ninguém gosta de perder em nenhuma situação, o discípulo, porém, assume essa atitude em favor dos outros. É a atitude do serviço, é atitude de fazer escolhas que vão contra o comodismo. Não devemos escolher o caminho mais fácil, mas o caminho certo. Jesus deu-nos o exemplo: ele aniquilou-se, diz o apóstolo Paulo. A semente tem de enfrentar a escuridão, a noite, o frio. Mas, um dia, o milagre da vida vence e o grão de trigo retorna com muito fruto. O sofrimento e o serviço são dois caminhos que iluminam a lógica do grão de trigo. É a sublime maneira de perder, que se transformará em vitória.”

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim hoje? Qual palavra mais chamou minha atenção? Porque Jesus usa a metáfora da semente que precisa ficar escondida na escuridão para dar frutos? O que Jesus me convida a viver?

“Nesta imagem encontramos outro aspecto da Cruz de Cristo: o da fecundidade. A cruz de Cristo é fecunda. Com efeito, a morte de Jesus é uma fonte inesgotável de vida nova, porque traz em si a força regeneradora do amor de Deus. Imergidos neste amor pelo Batismo, os cristãos podem tornar-se ‘grãos de trigo’ e dar muito fruto se, como Jesus, ‘perderem a própria vida’ por amor de Deus e dos irmãos” (Papa Francisco).

Oração (Vida)

Dentro do grão já estão as flores e os frutos. Orar é como cultivar a semente e fazê-la desabrochar.
Deixe seu coração falar com Deus sobre as sementes que estão escondidas em você ou florescendo ao seu redor. Peça a graça de ser como um grão que desaparece para frutificar.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você a partir da Palavra? Quais compromissos você deseja assumir em sua vida?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !