Liturgia diária, Grandes multidões acompanhavam Jesus - Lc 14,25-33

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 14,25-33

O discípulo de Jesus, a exemplo de seu Mestre, é convidado a tomar a sua cruz todos os dias e viver o desapego, da própria vida e dos bens terrenos.

Façamos a oração do dia: Pai, reforça minha disposição a ser discípulo de teu Reino, afastando tudo quanto possa abalar a solidez de minha adesão a ti e a teu Filho Jesus.

30ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 04 de novembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA: Fl 2,12-18

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses – 12Meus queridos, como sempre fostes obedientes, não só em minha presença, mas ainda mais agora na minha ausência, trabalhai para a vossa salvação, com temor e tremor. 13Pois é Deus que realiza em vós tanto o querer como o fazer, conforme o seu desígnio benevolente.

14Fazei tudo sem reclamar ou murmurar, 15para que sejais livres de repreensão e ambiguidade, filhos de Deus sem defeito, no meio desta geração depravada e pervertida, na qual brilhais como os astros no universo.

16Conservai com firmeza a palavra da vida. Assim, no dia de Cristo, terei a glória de não ter corrido em vão, nem trabalhado inutilmente. 17E ainda que eu seja oferecido em libação, no sacrifício que é o sagrado serviço de vossa fé, fico feliz e alegro-me com todos vós. 18Vós

também, alegrai-vos pelo mesmo motivo e congratulai-vos comigo.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 27(26)

— O Senhor é minha luz e salvação!
— O Senhor é minha luz e salvação!

— O Senhor é minha luz e salvação; de quem eu terei medo? O Senhor é a proteção da minha vida; perante quem eu tremerei?

— Ao Senhor eu peço apenas uma coisa, e é só isto que eu desejo: habitar no santuário do Senhor por toda a minha vida; saborear a suavidade do Senhor e contemplá-lo no seu templo.

— Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver na terra dos viventes. Espera no Senhor e tem coragem, espera no Senhor!

EVANGELHO:  Lc 14,25-33

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 25grandes multidões acompanhavam Jesus. Voltando-se, ele lhes disse: 26“Se alguém vem a mim, mas não se desapega de seu pai e sua mãe, sua mulher e seus filhos, seus irmãos e suas irmãs e até da sua própria vida, não pode ser meu discípulo. 27Quem

não carrega sua cruz e não caminha atrás de mim, não pode ser meu discípulo.

28Com efeito: qual de vós, querendo construir uma torre, não se senta primeiro e calcula os gastos, para ver se tem o suficiente para terminar? Caso contrário, 29ele vai lançar o alicerce e não será capaz de acabar. E todos os que virem isso começarão a caçoar, dizendo: 30‘Este homem começou a construir e não foi capaz de acabar!’

31Ou ainda: Qual o rei que, ao sair para guerrear com outro, não se senta primeiro e examina bem se com dez mil homens poderá enfrentar o outro que marcha contra ele com vinte mil? 32Se ele vê que não pode, enquanto o outro rei ainda está longe, envia mensageiros para negociar as condições de paz. 33Do mesmo modo, portanto, qualquer um de vós, se não renunciar a tudo o que tem, não pode ser meu discípulo!”

Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Jesus está subindo para Jerusalém. Muita gente o acompanha. Vendo as pessoas que o seguiam, Jesus, como bom formador, se volta para elas e lhes diz: “Para ser meu discípulo você não pode pôr nada acima de mim, nem os familiares nem a própria vida”. “Nada antepor ao amor de Cristo”, diria mais tarde São Bento.

Não pode ser discípulo de Jesus quem não carregar a própria cruz. Quem não renunciar a tudo o que tem, não pode ser discípulo de Jesus. Quem quer construir uma torre, deve calcular se é capaz de começar e terminar.

Aquele que vai começar uma guerra, deve avaliar se tem condições de enfrentar o inimigo. O discípulo de Jesus não pode ser sal sem gosto. Perderá sua finalidade. Jesus chama pessoas livres e decididas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

No Evangelho, Jesus instrui seus discípulos e a cada um de nós sobre as disposições necessárias para o seu seguimento. O discípulo de Jesus, a exemplo de seu Mestre, é convidado a tomar a sua cruz todos os dias e viver o desapego, da própria vida e dos bens terrenos.

Peçamos: “Jesus Mestre, cremos com viva fé que estais aqui presente, para indicar-nos o caminho que leva ao Pai. Iluminai nossa mente, movei nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)

Faça uma leitura atenta do Evangelho. O que o texto diz? Liste as instruções que Jesus dá aos discípulos e aos que desejam segui-lo. Retome as expressões que mais chamaram sua atenção. O que significa “tomar a cruz” no seguimento de Jesus? E o que significa “perder a vida” por causa de Jesus?

“Sempre existe a tentação do comodismo, do que é mais fácil, do que não exige sacrifícios. E os populistas, em suas promessas, descartam o sacrifício e prometem uma vida fácil. Para isso apelam para a propaganda enganosa. Jesus impõe condição para os seus seguidores: a renúncia e a cruz.

Trata-se do caminho estreito, mas que nos leva a um final feliz. A torre – a construção – de nossa vida supõe planejamento. Trata-se de um projeto de vida coerente, que não exclui as dificuldades. Passa por cima delas, porque o próprio Jesus nos ensina. Não são nossos familiares e amigos que nos indicam o caminho. É a Palavra que nos leva a assumir um projeto maduro. Para chegarmos à ressurreição, precisamos passar pela cruz.”

Meditação (Caminho)

O que o texto diz a você hoje? O que o Senhor lhe pede neste dia? Quais são as suas disposições para o seguimento de Jesus? É o próprio Senhor quem nos diz: “Quem não renunciar a seus bens, não pode ser meu discípulo” (Lc 14,33). Ele também nos pede que confiemos na força que vem de Deus e na sua presença: “Eu estarei convosco sempre, até o fim do mundo” (Mt 28,20).

Oração (Vida)

Este é o momento de dar a sua resposta de amor e adesão a Deus. Sintetize o que viveu com a Palavra e apresente ao Senhor. Sua resposta a Deus pode ser de louvor ou de ação de graças, de súplica ou de perdão. O importante é dirigir a Ele a sua oração pessoal, apresentando-lhe também as realidades que o(a) cercam.

Pai misericordioso, nós vos pedimos pelo Brasil! Ajudai-nos a construir um país justo e fraterno. estejamos atentos às necessidades das pessoas mais fragilizadas e indefesas! p diálogo e o respeito vençam o ódio e os conflitos!

Que as barreiras sejam superadas por meio do encontro e da reconciliação! Vosso filho Jesus está no meio de nós, trazendo-nos esperança e força para caminhar. Que sua Palavra seja fonte de comunhão fraterna e de paz, em nossas comunidades, nas famílias e nas ruas. Amém

Contemplação (Vida e Missão)

A Palavra se fez vida em sua vida. Observe o que você experimenta neste tempo em que está com Deus.
A contemplação é o seu ponto de chegada, a última parte da leitura orante antes de sair em missão para vivê-la. Ao longo do dia, volte ao encontro com Deus.

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !