Oração diária, Eis minha mãe e meus irmãos! - Mc 3,31-35

3ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

28 de janeiro de 2020

Deseja ler a liturgia diária do dia 27 de de janeiroClique aqui

ORAÇÃO DO DIA

Pai, ensina-me a pautar minha vida pela fidelidade à tua vontade, para que eu faça parte de tua família, fundada pela ação de Jesus.

PRIMEIRA LEITURA: 2Sm 6,12b-15.17-19

Leitura do Segundo Livro e Samuel

Naqueles dias, 12bDavi pôs-se a caminho e transportou festivamente a arca de Deus da casa de Obed-Edom para a cidade de Davi. 13A cada seis passos que davam, os que transportavam a arca do Senhor sacrificavam um boi e um carneiro.
14Davi, cingido apenas com um efod de linho, dançava com todas as suas forças diante do Senhor. 15Davi e toda a casa de Israel conduziram a arca do Senhor, soltando gritos de júbilo e tocando trombetas. 17Introduziram a arca do Senhor e depuseram-na em seu lugar, no centro da tenda que Davi tinha armado para ela. Em seguida, ele ofereceu holocaustos e sacrifícios pacíficos na presença do Senhor. 18Assim que terminou de oferecer os holocaustos e os sacrifícios pacíficos, Davi abençoou o povo em nome do Senhor todo-poderoso. 19E distribuiu a toda a multidão de Israel, a cada um dos homens e das mulheres, um pão de forno, um bolo de tâmaras e uma torta de uvas. Depois todo o povo foi para casa.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 24(23)

         — Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?” “É o Senhor, o valoroso, o grandioso!”
— Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?” “É o Senhor, o valoroso, o grandioso!”

— “Ó portas, levantai vossos frontões! Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, a fim de que o Rei da glória possa entrar!”

— Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?” “É o Senhor, o valoroso, o onipotente, o Senhor, o poderoso nas batalhas!”

— “Ó portas, levantai vossos frontões! Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, a fim de que o Rei da glória possa entrar!

— Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?” “O Rei da glória é o Senhor onipotente, o Rei da glória é o Senhor Deus do universo!

EVANGELHO: Mc 3, 31-35

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 31chegaram a mãe de Jesus e seus irmãos. Eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo. 32Havia uma multidão sentada ao redor dele. Então lhe disseram: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora à tua procura”. 33Ele respondeu: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” 34E olhando para os que estavam sentados ao seu redor, disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

A mãe de Jesus e seus familiares são tão importantes para Jesus que ele não duvida de chamar de mãe e de irmãos todos aqueles que fazem a vontade de Deus. Será essa a característica de seus seguidores: fazer a vontade do Pai, abandonar-se em suas mãos com alegria e confiança. E a vontade do Pai, em primeiro lugar, é que nos amemos uns aos outros. O que Deus quer de mim? É uma pergunta a ser feita muitas vezes. Às vezes a vontade de Deus vem dentro de um cálice de amargura, e antes de dizer “seja feita a vossa vontade” é possível dizer “afasta de mim este cálice”. Podemos argumentar com Deus. Ele é o Pai da família. Não é um estranho. A mãe e os irmãos estavam lá fora e o procuraram para argumentar com ele. Achavam que ele estava perdendo o juízo. A realização da vontade de Deus supõe ter grande paciência, assim como a experiência do amor traz consigo muita dor. Note nos Evangelhos que sempre se diz que Maria era a mãe de Jesus. Nunca se diz que ela era mãe de outra pessoa. Fala-se de irmãos e irmãs de Jesus. São eles, segundo a crença católica, parentes, e não irmãos de sangue. Em Gênesis 11 se lê que Taré teve três filhos, Abrão, Nacor e Arã. Arã teve um filho chamado Ló. Ló é então sobrinho de Abrão. Mas, no capítulo 16, se diz que Ló era irmão de Abrão. “Irmão” significa parente.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Faço silêncio, recolho-me e peço as luzes do Espírito Santo para entender a Palavra do Evangelho de hoje.
Meu Senhor e meu Deus, creio firmemente que estás aqui, que me vês, que me ouves; adoro-Te com profunda reverência. Peço-Te perdão dos meus pecados e a graça para fazer com fruto este tempo de oração.
Oremos: “Jesus Mestre, iluminai-nos, para que melhor compreendamos as Sagradas Escrituras. Sois o Guia e o Caminho: fazei-nos dóceis no vosso seguimento. Sois a Vida: transformai nosso coração em terra boa, onde a Palavra de Deus produza frutos abundantes de santidade e apostolado.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Há passagens do Evangelho que necessitam de conhecimento da cultura da época. Eu procuro esse conhecimento para melhor compreender a História da Salvação? “Mandava a tradição hebraica que o filho mais velho fosse responsável por perpetuar a família, gerando um herdeiro masculino. Jesus estava na faixa dos trinta anos e o clã familiar começou a preocupar-se. Suas atividades estavam totalmente voltadas para o Reino. Uma representação familiar pretendia questionar a Jesus. À multidão, ele explicou a nova família que estava surgindo a partir da Palavra. Não mais a família, a tribo, o clã, mas a Vontade do Pai. Era o Povo de Deus que estava surgindo. Podemos ter a impressão de que ele foi desrespeitoso com a mãe. Na realidade, Maria era mãe mas também discípula. Já no Templo, aos 12 anos de Jesus, ela havia entendido que a preocupação única de Jesus era o Pai.” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Faça novamente a leitura do Evangelho e deixe-se tocar pelo Senhor, que vem até você por meio desta Palavra. Deixe-se transformar tornando-se discípulo(a) da Palavra.

Oração (Vida)
O que este texto o(a) leva dizer a Deus? Fale com Deus por meio da oração, apresentando-lhe tudo o que há em seu coração. Ofereça as realidades familiares e sociais que se apresentam através desta meditação-oração. Apresente ao Senhor as necessidades de todos os que o(a) cercam e precisam da misericórdia de Deus.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar surgiu depois desta Leitura Orante? Como você deseja viver esse dia?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.
    Paulinas

[apss_share]