Liturgia diária Por que os teus discípulos não fazem jejum?

2ª Semana Comum – Ano Litúrgico A

16 de janeiro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, a presença de Jesus na nossa história é motivo de grande alegria. Que a minha alegria consista em construir um mundo de amor e de fraternidade, como ele nos ensinou.

PRIMEIRA LEITURA: Hb 5,1-10

Leitura da Carta aos Hebreus – 1Todo sumo sacerdote é tirado do meio dos homens e instituído em favor dos homens nas coisas que se referem a Deus, para oferecer dons e sacrifícios pelos pecados. 2Sabe ter compaixão dos que estão na ignorância e no erro, porque ele mesmo está cercado de fraqueza. 3Por isso, deve oferecer sacrifícios tanto pelos pecados do povo, como pelos seus próprios. 4Ninguém deve atribuir-se esta honra, senão o que foi chamado por Deus, como Aarão. 5Deste modo, também Cristo não se atribuiu a si mesmo a honra de ser sumo sacerdote, mas foi aquele que lhe disse: “Tu és o meu Filho, eu hoje te gerei”. 6Como diz em outra passagem: “Tu és sacerdote para sempre, na ordem de Melquisedec”.
7Cristo, nos dias de sua vida terrestre, dirigiu preces e súplicas, com forte clamor e lágrimas, àquele que era capaz de salvá-lo da morte. E foi atendido, por causa de sua entrega a Deus. 8Mesmo

sendo Filho, aprendeu o que significa a obediência a Deus por aquilo que ele sofreu. 9Mas, na consumação de sua vida, tornou-se causa de salvação eterna para todos os que lhe obedecem. 10De fato, ele foi por Deus proclamado sumo sacerdote na ordem de Melquisedec.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 109

          — Tu és sacerdote eternamente segundo a ordem do rei Mel­qui­sedec!
— Tu és sacerdote eternamente segundo a ordem do rei Melquisedec!

— Palavra do Senhor ao meu Senhor: “Assenta-te ao lado meu direito até que eu ponha os inimigos teus como escabelo por debaixo de teus pés!”

— O Senhor estenderá desde Sião vosso cetro de poder, pois Ele diz: “Domina com vigor teus inimigos.

— Tu és príncipe desde o dia em que nasceste; na glória e esplendor da santidade, como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!”

— Jurou o Senhor e manterá sua palavra: “Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem do rei Melquisedec!”

EVANGELHO: Mc 2,18-22

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          –

Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, 18os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: “Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus discípulos não jejuam?”
19Jesus respondeu: “Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. 20Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar.
21Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha; porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda. 22Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário

do Evangelho

Os discípulos de Jesus não jejuavam. Os católicos hoje jejuam duas vezes por ano, uma vez no início da Quaresma e outra na Sexta-feira Santa. Tomam uma refeição completa, como costumam fazer todos os dias e diminuem pela metade a quantia de alimentos nas outras refeições. Fazem isso para marcar o início do Tempo da Quaresma e destacar o dia da crucifixão e morte do Senhor. Não comem carne no dia de jejum. Trata-se de uma disciplina para acordar a consciência, para fortificar a vontade, para se solidarizar com quem sofre os males da fome. Esta disciplina tem também um aspecto penitencial corretivo de reparação de faltas cometidas. O verdadeiro jejum, porém, é a ausência do noivo, a ausência de Jesus. Jejua no sentido negativo da palavra aquele que vive longe de Jesus, não reza, não medita o Evangelho, não é solidário com ninguém.
Como tudo em nossa vida é ambivalente, o jejum pode vir acompanhado de ilusões. Jejuo, portanto, sou bom, sou observante, sou esforçado, sou melhor do que os outros e Deus me é devedor. Tenho saldo na conta com Deus que passa a ter obrigações para comigo. Afinal, eu jejuo. É bom jejuar, mas com equilíbrio. Faz bem para a saúde, alivia o peso do corpo, desperta a vontade. Jejum benfeito não é glorificação de si mesmo. Jejum benfeito se faz sem sentimento de culpa. Afinal, o noivo está sempre presente.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A Antífona de Entrada de hoje nos diz: “Que toda a terra se prostre diante de vós, ó Deus, e cante louvores ao vosso nome, Deus altíssimo!” Iniciemos a nossa oração em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Rezemos a oração ao Espírito Santo pedindo sua luz.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura do Evangelho pausadamente, quantas vezes julgar necessário, destacando os verbos e os personagens que mais chamam sua atenção. Logo no começo da leitura, vemos que os discípulos de João e os fariseus foram perguntar a Jesus por que eles jejuavam e os discípulos de Jesus não. O que Ele respondeu? Qual é a mensagem central do texto?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Medite sobre o Evangelho que você acabou de ler, repasse-o e detenha-se nos trechos que mais o(a) tocaram. Escute o que o Senhor tem a lhe dizer por meio da Palavra, em silêncio, e acolha sua mensagem em seu coração.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Durante a leitura do Evangelho, vimos que o jejum só tem sentido quando Jesus, o noivo, não está presente. Neste momento, aproxime-se dele, faça sua oração e apresente-lhe suas intenções e pedidos.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que compromisso você assume diante de Jesus?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !