Liturgia diária, É preciso ter fé para ser capaz de perdoar sempre! - Lc 17,1-6

32ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico C

11 de novembro de 2019

ORAÇÃO DO DIA

Pai, concede-me uma fé robusta que me predisponha ao perdão e me previna contra as atitudes que possam levar meu semelhante a se afastar de ti.

PRIMEIRA LEITURA: Sb 1,1-7

Leitura do Livro da Sabedoria

1Amai a justiça, vós que governais a terra; tende bons sentimentos para com o Senhor e procurai-o com simplicidade de coração. 2Ele se deixa encontrar pelos que não exigem provas, e se manifesta aos que nele confiam. 3Pois os pensamentos perversos afastam de Deus; e seu poder, posto à prova, confunde os insensatos. 4A Sabedoria não entra numa alma que trama o mal nem mora num corpo sujeito ao pecado. 5O espírito santo, que a ensina, foge da astúcia, afasta-se dos pensamentos insensatos e retrai-se quando sobrevém a injustiça. 6Com efeito, a Sabedoria é o espírito que ama os homens, mas não deixa sem castigo quem blasfema com seus próprios lábios, pois Deus é testemunha dos seus pensamentos, investiga seu coração segundo a verdade e mantém-se à escuta da sua língua; 7porque o espírito do Senhor enche toda a terra, mantém unidas todas as coisas e tem conhecimento de tudo o que se diz.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO  138(139) 

        — Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!
— Conduzi-me no caminho para a vida, ó Senhor!

— Senhor, vós me sondais e conheceis, sabeis quando me sento ou me levanto; de longe penetrais meus pensamentos, percebeis quando me deito e quando eu ando, os meus caminhos vos são todos conhecidos.

— A palavra nem chegou à minha língua, e já, Senhor, a conheceis inteiramente. Por detrás e pela frente me envolveis; pusestes sobre mim a vossa mão. Esta verdade é por demais maravilhosa, é tão sublime que não posso compreendê-la.

— Em que lugar me ocultarei de vosso espírito? E para onde fugirei de vossa face? Se eu subir até os céus, ali estais; se eu descer até o abismo, estais presente.

— Se a aurora me emprestar as suas asas, para eu voar e habi

EVANGELHO: Lc 17,1-6

      – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus disse a seus discípulos: “É inevitável que aconteçam escândalos. Mas ai daquele que produz escândalos! 2Seria melhor para ele que lhe amarrassem uma pedra de moinho no pescoço e o jogassem no mar, do que escandalizar um desses pequeninos. 3Prestai atenção: se o teu irmão pecar, repreende-o. Se ele se converter, perdoa-lhe. 4Se ele pecar contra ti sete vezes num só dia, e sete vezes vier a ti, dizendo: ‘Estou arrependido’, tu deves perdoá-lo”. 5Os apóstolos disseram ao Senhor: “Aumenta a nossa fé!” 6O Senhor respondeu: “Se vós ti­vésseis fé, mesmo pequena como um grão de mostarda, poderíeis dizer a esta amoreira: ‘Arranca-te daqui e planta-te no mar’, e ela vos obedeceria”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Pequeninos são os discípulos de Jesus. De modo particular, “pequenos” são também as crianças que precisamos todos aprender a respeitar. Não se pode colocar pedras de tropeço em seu caminho. Isso significa escandalizar. Escandaliza quem atrapalha o desenvolvimento de alguém ou o leva para o mau caminho. Isto é sofrer violência. Não conseguimos evitar todos os escândalos, mas é preciso tentar. Jesus não titubeia em jogar ao mar, com uma pedra de moinho ao pescoço, quem escandaliza uma criança. Criança é para ser amada e suportada, porque necessitam de suporte. “Pequenos” são também todos os seguidores de Jesus. Entre eles, as relações devem ser de fraternidade, que se mostra na correção fraterna e no perdão. “Aumenta a nossa fé!”, pediram os apóstolos, porque a fé está na base de todas as nossas decisões. Com a fé teológica, acreditamos em Deus e em tudo o que ele nos revelou. Com a fé antropológica, acreditamos ao menos no valor do ser humano. Não colocar pedra de tropeço diante de ninguém é atitude de quem tem fé e não quer escandalizar.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2019’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
O Evangelho deste dia é um desafio à nossa cegueira espiritual. Com humildade, coloque-se na presença do Senhor e suplique com os apóstolos: “Aumenta a minha fé! Cura minha cegueira! Que eu aprenda com os pequeninos a confiar em teu poder e tua promessa, Senhor. Que minha oração nunca seja de justificação, mas sim de contrição e de reconhecimento, e por meio dela teu poder encontre ambiente para frutificar em mim.”

Leitura (Verdade)
“A Igreja, santa e pecadora, também experimenta a ambiguidade entre a santidade do projeto e a fragilidade de seus seguidores. O escândalo é a atitude de oposição ao projeto do Pai. A expressão ‘pequenos que creem em mim’ abrange, além das crianças, os mais frágeis em todos os sentidos. O escândalo pode ser alimentado pelo pecado da omissão. Aquele que se omite se torna corresponsável pelo escândalo. O Evangelho sempre deixa uma porta aberta para a mudança e acena com o perdão sete vezes ao dia. A atitude de perdoar e a de pedir perdão são coisas sérias e supõem, pelo menos, a vontade de mudar de vida. O Pai é infinitamente misericordioso e nos tornamos um pouco iguais a ele quando perdoamos” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O perdão é a pedra de toque dentro da proposta de Jesus e é um aprendizado de vida. Não se trata, apenas, de perdões pontuais, mas de atitudes de perdão: acolhida, tolerância, compaixão, confiança no outro etc.
Você tem resistência em perdoar, em crer que o outro pode querer o diálogo, mas não tem coragem ou medo para reiniciar o relacionamento com você?

Oração (Vida)
Se você for uma pessoa que tem grande dificuldade de pedir perdão ou perdoar, faça esta oração, que já é um grande passo nessa direção: “Ó Senhor, meu Deus e meu Pai! Mais uma vez eu peço perdão. Minha alma se encontra humilhada. Não posso culpar ninguém por isto; eu sou o(a) único(a) culpado(a), pois fiz o que é mau aos teus olhos e contra ti pequei. Já não sou digno(a) de ser considerado(a) filho(a) teu(tua). Lava-me completamente da minha iniquidade, no sangue do teu Filho Jesus, e restitui-me a alegria da tua salvação. Cria em mim, ó Senhor, meu Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável. Permite-me ficar na tua presença, pois do contrário eu não suportarei mais a vida. Tu disseste: ‘Aquele que vier a mim, de maneira alguma o lançarei fora’, e a tua palavra não pode voltar atrás. Portanto, aceita-me de volta e enche-me do Espírito Santo. E os meus lábios manifestarão o teu louvor para todo o sempre. Amém!” (cf. Sl 51).

Contemplação (Vida e Missão)
Contemple a atitude de Jesus diante dos pequenos e humildes que reconhecem seu erro e suplicam misericórdia. Proponha-se permanecer humildemente na presença de Deus e, se tiver ofendido alguém, rogue que lhe conceda a graça de saber pedir perdão.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas

Paulinas

[apss_share]