Oração diária, Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus - Lc 2,16-21

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 2,16-21

Neste novo ano temos uma certeza: o amor do Pai nos acompanhará. O seu amor não volta atrás. Feliz Ano Novo!

Façamos a oração do dia: Pai, dá-me a luz do teu Espírito, para que, como Maria, eu possa compreender o desígnio de amor que tens para mim, e ser-lhe fiel.

Solenidade da Santa Mãe de Deus, Maria – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 30 de dezembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA: Nm 6,22-27

Leitura do Livro dos Números:

22O Senhor falou a Moisés, dizendo: 23“Fala a Aarão e a seus filhos: Ao abençoar os filhos de Israel, dizei-lhes: 24‘O Senhor te abençoe e te guarde! 25O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face, e se compadeça de ti! 26O Senhor volte para ti o seu rosto e te dê a paz!’ 27Assim invocarão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 67(66)

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção.

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção.

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção,/ e sua face resplandeça sobre nós!/ Que na terra se conheça o seu caminho/ e a sua salvação

por entre os povos.

— Exulte de alegria a terra inteira,/ pois julgais o universo com justiça;/ os povos governais com retidão,/ e guiais, em toda a terra, as nações.

— Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor,/ que todas as nações vos glorifiquem!/ Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe,/ e o respeitem os confins de toda a terra!

Segunda Leitura: Gl 4,4-7

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas:

Irmãos: 4Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher, nascido sujeito à Lei, 5a fim de resgatar os que eram sujeitos à Lei e para que todos recebêssemos a filiação adotiva. 6E porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: Abá — ó Pai! 7Assim, já não és escravo, mas filho; e se és filho, és também herdeiro: tudo isso por graça de Deus.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

EVANGELHO:  Lc 2,16-21

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 16os pastores foram às pressas a

Belém e encontraram Maria e José, e o recém-nascido deitado na manjedoura. 17Tendo-o visto, contaram o que lhes fora dito sobre o menino. 18E todos os que ouviram os pastores ficaram maravilhados com aquilo que contavam. 19Quanto a Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração. 20Os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo que tinham visto e ouvido, conforme lhes tinha sido dito. 21Quando se completaram os oito dias para a circuncisão do menino, deram-lhe o nome de Jesus, como fora chamado pelo anjo antes de ser concebido.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

“Mãe de Deus”, este é o título que damos hoje a Maria, a moça de Nazaré que Deus convidou para ser a Mãe do Filho dele. Dizemos que Deus é eterno, que sempre existiu e que nunca deixará de existir. Como, então, convida alguém para ser sua Mãe, se ele já existe? É que o mistério de Deus é para ser saboreado

e não para ser compreendido.

Os dias do Tempo do Natal são dias de contemplação silenciosa. Algo simples e comum está acontecendo: o nascimento de uma criança, mais uma, mais um morador do nosso povoado ou do nosso prédio. Nada de extraordinário, a não ser o canto dos anjos, a visita dos pastores, o nome do menino, José, o pai de face humana, e o Pai verdadeiro, que está no céu; a não ser o nascimento daquele que é Deus de Deus, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro.

E tem Mãe verdadeira, da qual nasceu, carne de sua carne, sangue de seu sangue. Contemple-a e admire-a e invoque-a: Maria, Mãe de Deus; não antes dele, mas sim depois. Seu Filho Jesus é verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Com ele vamos percorrer os caminhos deste novo ano civil, sob o olhar carinhoso da Mãe de Deus e nossa.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Festa litúrgica de Santa Maria, Mãe de Deus. Dia mundial da Paz e da Fraternidade.

Na escuta, meditação e contemplação da Palavra de Deus, acolhamos o Deus Menino em nosso coração. O Filho de Deus, nascido de Maria, é nosso exemplo de fraternidade e a plenitude da paz.

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? Como Maria Guardava as palavras e fatos a respeito de seu filho?

“O tempo é um dom de Deus que precisa ser recebido com gratidão e responsabilidade. Neste primeiro dia de janeiro, agradecemos todos os dons recebidos e queremos assumir a responsabilidade por este Ano da Graça de 2021. O desafio é assumir todo o projeto do Pai. Como novos pastores, neste século XXI temos consciência do privilégio de tomar o caminho da gruta. Isso deve ser feito apressadamente.

Nessa gruta encontramos aquele que é Caminho, Verdade e Vida. Com Maria, comprometemo-nos a guardar a Palavra de Deus no coração. Ela repete, mais uma vez: “Fazei tudo o que ele vos disser”. Não sabemos o que este novo ano nos trará, mas temos uma certeza: o amor do Pai nos acompanhará. O seu amor não volta atrás.”

Meditação (Caminho)

Como foi meu Natal? Estive onde estava Maria e José? Encontrei o Caminho, a Verdade, a Vida? Como assumo o Projeto de Deus para mim, hoje?

Oração (Vida)

“Senhor Deus, dono do tempo e da serenidade, teu é o hoje e o amanhã, o passado e o futuro. Ao iniciar mais um ano, coloco minha vida diante do teu calendário, que começa e te apresento estes 365 dias, que somente tu sabes se chegarei a vivê-los. Hoje, te peço para mim e para todos os meus parentes e amigos, a paz e a alegria, a fortaleza e a prudência, a lucidez e a sabedoria.

Quero viver cada dia com otimismo e bondade, levando por toda parte um coração cheio de compreensão e paz. Que o meu espírito seja repleto somente de bênçãos, para que as derrame por onde eu passar.

Enche-me de bondade e alegria, para que todas as pessoas que eu encontrar no meu caminho possam descobrir em mim um pouquinho de ti. Dá-me um ano feliz e ensina-me a repartir felicidade. Amém!”

Contemplação (Vida e Missão)

Assumir com responsabilidade o tempo que Deus nos dá é nosso dever de filhos de Deus. Hoje, como quero assumir o desafio de viver segundo o projeto do Pai?

Bênção

Concedei, ó Deus, a vossos filhos a benção desejada, para que nutridos por vosso amor produzam frutos de paz e de fraternidade. Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui