Oração diária As discípulas de Jesus

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 8,1-3

Façamos a oração do dia: Pai, reveste-me do amor e da fidelidade necessárias para ser servidor do Reino. Que eu demonstre meu reconhecimento a ti, colocando minha vida a serviço do meu próximo.

24ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 17 de setembro de 2021

PRIMEIRA LEITURA: 1Tm 6,2c-12 

Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo.

Caríssimo, 2censina e recomenda estas coisas. 3Quem ensina doutrina estranhas e discorda das palavras salutares de nosso Senhor Jesus Cristo e da doutrina conforme à piedade, 4é um obcecado pelo orgulho, um ignorante que morbidamente se compraz em questões e discussões de palavras. Daí é que nascem invejas, contendas, insultos, suspeitas, 5porfias de homens com mente corrompida e privados da verdade que fazem da piedade assunto de lucro.

6Sem dúvida, grande fonte de lucro é a piedade, mas quando acompanhada do espírito de desprendimento. 7Porque nada trouxemos ao mundo como tampouco nada poderemos levar. 8Tendo alimento e vestuário, fiquemos satisfeitos.

9Os que desejam enriquecer caem em tentação e armadilhas, em muitos desejos loucos e perniciosos que afundam os homens na perdição e na ruína, 10porque a raiz de todos os males é a cobiça do dinheiro. Por se terem deixado levar por ela, muitos se extraviaram da fé e se atormentam a si mesmos com muitos sofrimentos.

11Tu

que és um homem de Deus, foge das coisas perversas, procura a justiça, a piedade, a fé, o amor, a firmeza, a mansidão. 12Combate o bom combate da fé, conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e pela qual fizeste tua nobre profissão de fé diante de muitas testemunhas.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 49(48)

— Felizes os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos céus.

— Felizes os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos céus.

— Por que temer os dias maus e infelizes, quando a malícia dos perversos me circunda? Por que temer os que confiam nas riquezas e se gloriam na abundância de seus bens?

— Ninguém se livra de sua morte por dinheiro nem a Deus pode pagar o seu resgate. A isenção da própria morte não tem preço; não há riqueza que a possa adquirir, nem dar ao homem uma vida sem limites e garantir-lhe uma existência imortal.

— Não te inquietes, quando um homem fica rico e aumenta a opulência de sua casa; pois ao morrer não levará nada consigo, nem seu prestígio poderá acompanhá-lo.

Felicitava-se a si mesmo enquanto vivo: “Todos te aplaudem, tudo bem, isto é que é vida!” Mas vai-se ele para junto de seus pais, que nunca mais e nunca mais verão a luz!

EVANGELHO: Lc 8,1-3

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; 2e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

A pequena comunidade itinerante formada pelos doze apóstolos e por algumas mulheres é também sinal do Reino que está chegando. Pelo que se sabe do modelo social da época, as mulheres não gozavam de tanta liberdade, ou talvez nossas informações sobre usos e costumes da época sejam mais imaginadas do que reais. O fato é que estavam todos juntos, andando com Jesus, iniciando um modelo de Igreja, que em parte se perdeu. Maria de Mágdala, de quem saíram sete demônios. Ou era muito doente? O número sete é simbólico, e Mágdala não tinha boa fama. Joana, alguém com acesso à corte de Herodes. Susana, desconhecida. E não só. Ainda muitas outras mulheres.

Elas

não estão ausentes nem na companhia de Jesus nem no relato do Evangelho. E estão muito presentes nas comunidades. Não necessitam de um mandato especial para arregaçarem as mangas e pôr-se à disposição de quem precisa. Sabem cuidar e gostam de fazer qualquer serviço. Esse primeiro grupo formado por homens e mulheres, sendo itinerante, não devia ter estruturas hierarquizadas. Uma Igreja “em saída” parece mais perto da eclesiologia de Jesus do que uma Igreja sedentária. Aliás, Nietzsche escreveu em “Ecce Homo”, para espanto dos crentes, que “o sedentarismo é o autêntico pecado contra o Espírito Santo”. Ele se referia a questões de saúde, mas a afirmação pode se aplicar à comunidade itinerante.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

A Palavra de Deus hoje nos convida ao seguimento de Jesus. Ele pisou as estradas empoeiradas da Palestina, indo ao encontro das pessoas, caminhando lado a lado com elas. Coloquemo-nos à disposição do Senhor para escutar a sua Palavra. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

O Senhor é nossa força, consolo e abrigo. A Ele entregamos nossa vida e este novo dia. A Ele confiamos nossos esforços, as pessoas que amamos e todas aquelas com as quais partilharemos a vida neste dia.

Leitura (Verdade)

Observe o contexto do relato evangélico: lugares, pessoas e acontecimentos. Relembre outros textos bíblicos que abordam a presença e a ação das mulheres.

“Após a significativa cena da pecadora, ungindo os pés e os cabelos de Jesus, Lucas mostra o Mestre continuando sua missão, libertando seus discípulos dos males do corpo e da alma. E Jesus vai formando o seu grupo, os apóstolos, que, pela primeira vez, são denominados os Doze. Sua comunidade é formada por marginalizados. Diferentemente de todos os outros mestres e rabinos, Jesus inclui em seu grupo mulheres, sendo que algumas delas foram curadas de suas enfermidades físicas e morais. Lucas diz que elas ajudavam o grupo em suas necessidades materiais. Estavam em igualdade de condições com os apóstolos. Duas categorias sociais recebem de Jesus um tratamento diferenciado e não convencional: mulheres e crianças.”

Meditação (Caminho)

Mantenha em mente o significado do Evangelho, retome-o e coloque-se à disposição para escutar o que o Senhor quer lhe dizer por meio dele. Este é o momento de meditação da Palavra, no qual você é convidado(a) a escutar o Senhor e a permitir que sua Palavra se misture com a sua vida. Perceba como homens e mulheres estão igualmente presentes no discipulado de Jesus. Todos, sem distinção de gênero, classe ou raça, somos participantes da missão de Jesus.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? A oração é o momento de encontro com o Deus de amor e misericórdia. Coloque-se na presença do Senhor sem medo e faça a sua oração, entregando-lhe tudo que você é e tem. Se desejar, reze também um Salmo ou a oração do Pai-nosso.

Contemplação (Vida e Missão)

Contemplando o poder de Jesus e sua força libertadora como quero estar junto dele neste dia e deixar que Ele expulse de mim tudo o que me impede de amar com liberdade de coração?

Bênção

Abençoe-nos o Deus da vida, do amor, da justiça e da paz. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém. Permaneçamos unidos a Jesus Cristo nosso Caminho, nossa Verdade e nossa Vida

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !