Liturgia diária Os agricultores da vinha

9ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

30 de maio de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, porque és misericordioso, nunca te cansas de querer levar a mim e a toda a humanidade para junto de ti. Que eu perceba e acolha a manifestação deste teu imenso amor.

PRIMEIRA LEITURA: 2Pd 1,2-7

Leitura da Segunda Carta de São Pedro – Caríssimos, 2graça e paz vos sejam concedidas abundantemente, porque conheceis Deus e Jesus, nosso Senhor. 3O seu divino poder nos deu tudo o que contribui para a vida e para a piedade, mediante o conhecimento daquele que, pela sua própria glória e virtude, nos chamou. 4Por meio de tudo isso nos foram dadas as preciosas promessas, as maiores que há, a fim de que vos tornásseis participantes da natureza divina, depois de libertos da corrupção, da concupiscência no mundo. 5Por isso mesmo, dedicai todo o esforço em juntar à vossa fé a virtude, à virtude o conhecimento, 6ao conhecimento o autodomínio, ao autodomínio a perseverança, à perseverança a piedade, 7à piedade o amor fraterno e ao amor fraterno, a caridade. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 90

— Vós sois meu Deus, no qual confio inteiramente.
— Vós sois meu Deus, no qual confio inteiramente.

— Quem habita ao abrigo do Altíssimo e vive à sombra do Senhor onipotente, diz ao Senhor: “Sois meu refúgio e proteção, sois meu Deus, no qual confio inteiramente”.

— “Porque a mim se confiou, hei de livrá-lo e protegê-lo, pois meu nome ele conhece. Ao invocar-me hei de ouvi-lo e atendê-lo, a seu lado eu estarei em suas dores.

— Hei de livrá-lo e de glória coroá-lo, vou conceder-lhe vida longa e dias plenos, e vou mostrar-lhe minha graça e salvação”.

EVANGELHO: Mc 12,1-12

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus começou a falar aos sumos sacerdotes, mestres da Lei e anciãos, usando parábolas: “Um homem plantou uma vinha, cercou-a, fez um lagar e construiu uma torre de guarda. Depois arrendou a vinha a alguns agricultores, e viajou para longe. 2Na época da colheita, ele mandou um empregado aos agricultores para receber a sua parte dos frutos da vinha.
3Mas os agricultores pegaram o empregado, bateram nele, e o mandaram de volta sem nada. 4Então o dono mandou de novo mais um empregado. Os agricultores bateram na cabeça dele e o insultaram. 5Então o dono mandou ainda mais outro, e eles o mataram. Trataram da mesma maneira muitos outros, batendo em uns e matando outros.
6Restava-lhe ainda alguém: seu filho querido. Por último, ele mandou o filho até os agricultores, pensando: ‘Eles respeitarão meu filho’. 7Mas aqueles agricultores disseram uns aos outros: ‘Esse é o herdeiro. Vamos matá-lo, e a herança será nossa’. 8Então agarraram o filho, o mataram, e o jogaram fora da vinha. 9Que fará o dono da vinha? Ele virá, destruirá os agricultores, e entregará a vinha a outros.
10Por acaso, não lestes na Escritura: ‘A pedra que os construtores deixaram de lado tornou-se a pedra mais importante; 11isso foi feito pelo Senhor e é admirável aos nossos olhos’?” 12Então os chefes dos judeus procuraram prender Jesus, pois compreenderam que havia contado a parábola para eles. Porém, ficaram com medo da multidão e, por isso, deixaram Jesus e foram-se embora.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus conta às autoridades uma parábola que entendem sem se deixar tocar. Continuam querendo prender Jesus e continuam com medo do povo. São eles os arrendatários da terra onde uma vinha foi plantada. Não são os proprietários, mas querem a herança eliminando o herdeiro natural. Como Deus não se deixa vencer e nunca é perdedor, eles ficarão com a herança como presente dado pela morte do Filho. Apesar de perderem a vinha que será arrendada a outros, ficam com a participação na herança. A pedra rejeitada não se perdeu. Tornou-se pedra angular também para eles. É um paradoxo matar o herdeiro para ficar com a herança e receber a herança pela morte do herdeiro. No entanto, se não são bons vinhateiros, passem a vinha a outros.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Coloque-se na presença do Senhor invocando as luzes do Espírito Santo: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da sua consolação, por Cristo, Senhor nosso. Amém!”

Leitura (Verdade)
Neste momento, comece a leitura orante do Evangelho de hoje procurando responder à seguinte pergunta: o que diz o texto bíblico?
Leia o Evangelho com calma e com bastante atenção. Depois que fizer a primeira leitura, releia o texto e sublinhe os verbos e os versículos que mais lhe chamaram atenção. Se quiser, você pode buscar outros textos semelhantes que possam ajudá-lo(a) na compreensão deste.
Ao começar a leitura do texto, você vai encontrar logo no primeiro versículo que comunidade de Marcos apresenta Jesus falando em parábolas: “Um homem plantou uma vinha, pôs uma cerca em volta, cavou um tanque para pisar as uvas e construiu uma torre de guarda. Ele a alugou a uns lavradores e viajou para longe” (Mc 12,1). Durante a leitura, procure encontrar a verdade presente no Evangelho. A quem ou a que o texto bíblico se refere?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Ao ler a Palavra de Deus, você identificou a verdade que existe nela. Agora, você é convidado(a) a perceber o que ela diz diretamente a você. Faça silêncio por alguns instantes, leia novamente o texto bíblico, se for preciso, e deixe-se tocar por aquela palavra que Deus dirige a você.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Na oração, você é convidado a falar com Deus. Abra o seu coração, manifeste-lhe o que deseja que Ele faça por você e leve a Ele as realidades que o(a) cercam. Apresente suas intenções, seu louvor e sua gratidão pela vida que o Senhor lhe dá.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? O que a Palavra de Deus o(a) leva a experimentar neste momento de contemplação? Faça um instante de silêncio, feche os olhos e contemple a Palavra, identificando o sentimento que ela desperta em seu coração. Finalize sua oração firmando um propósito para o dia.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]