Liturgia diária, Se me amais, observareis os meus mandamentos... - Jo 14,15-21

PRECISAMOS MUITO DE SUA AJUDA

Estimados irmãos venho aqui pedir a sua ajuda se possível for. Estamos com uma divida acumulada. Pra complicar minha situação tenho pai acamado. Diante das dificuldades que todos estamos passando compreendo o qto esta difícil para todos, mas se vc tiver a possibilidade de AJUDAR COM UMA DOAÇÃO sera de muita ajuda para diminuir as dividas. .Clique aqui

6º Domingo da Páscoa – Ano Litúrgico A

17 de maio de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, concede-me o dom do teu Espírito que, como luz, dissipa as trevas e me faz caminhar seguro pelos caminhos de teu Filho Jesus.

PRIMEIRA LEITURA: At 8,5-8.14-17 

Leitura dos Atos dos Apóstolos

Naqueles dias, 5Filipe desceu a uma cidade da Samaria e anunciou-lhes o Cristo. 6As multidões seguiam com atenção as coisas que Filipe dizia. E todos unânimes o escutavam, pois viam os milagres que ele fazia. 7De muitos possessos saíam os espíritos maus, dando grandes gritos. Numerosos paralíticos e aleijados também foram curados. 8Era grande a alegria naquela cidade.
14Os apóstolos, que estavam em Jerusalém, souberam que a Samaria acolhera a Palavra de Deus, e enviaram lá Pedro e João. 15Chegando ali, oraram pelos habitantes da Samaria, para que recebessem o Espírito Santo. 16Porque o Espírito ainda não viera sobre nenhum deles; apenas tinham recebido o batismo em nome do Senhor Jesus.
17Pedro e João impuseram-lhes as mãos, e eles receberam o Espírito Santo.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 66(65)

— Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, cantai salmos a seu nome glorioso!
— Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, cantai salmos a seu nome glorioso!

— Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira,/ cantai salmos a seu nome glorioso,/ dai a Deus a mais sublime louvação!/ Dizei a Deus: “Como são grandes vossas obras!/ Toda a terra vos adore com respeito/ e proclame o louvor de vosso nome!”/ Vinde ver todas as obras do Senhor:/ seus prodígios estupendos entre os homens!

— O mar ele mudou em terra firme,/ e passaram pelo rio a pé enxuto./ Exultemos de alegria no Senhor!/ Ele domina para sempre com poder!

— Todos vós, que a Deus temeis, vinde escutar:/ vou contar-vos todo bem que ele me fez!/ Bendito seja o Senhor Deus que me escutou,/ não rejeitou minha oração e meu clamor,/ nem afastou longe de mim o seu amor!

SEGUNDA LEITURA: 1Pd 3,15-18

Leitura da Primeira Carta de São Pedro

Caríssimos: 15Santificai em vossos corações o Senhor Jesus Cristo, e estai sempre prontos a dar razão da vossa esperança a todo aquele que vo-la pedir.
16Fazei-o, porém, com mansidão e respeito e com boa consciência. Então, se em alguma coisa fordes difamados, ficarão com vergonha aqueles que ultrajam o vosso bom procedimento em Cristo. 17Pois será melhor sofrer praticando o bem, se esta for a vontade de Deus, do que praticando o mal.
18Com efeito, também Cristo morreu, uma vez por todas, por causa dos pecados, o justo, pelos injustos, a fim de nos conduzir a Deus. Sofreu a morte, na sua existência humana, mas recebeu nova vida pelo Espírito.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

EVANGELHO: Jo 14,15-21

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 15Se me amais, guardareis os meus mandamentos, 16e eu rogarei ao Pai, e ele vos dará um outro Defensor, para que permaneça sempre convosco: 17o Espírito da Verdade, que o mundo não é capaz de receber, porque não o vê nem o conhece. Vós o conheceis, porque ele permanece junto de vós e estará dentro de vós. 18Não vos deixarei órfãos. Eu virei a vós. 19Pouco tempo ainda, e o mundo não mais me verá, mas vós me vereis, porque eu vivo e vós vivereis. 20Naquele dia sabereis que eu estou no meu Pai e vós em mim e eu em vós. 21Quem acolheu os meus mandamentos e os observa, esse me ama. Ora, quem me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

O Evangelho de São João vai nos preparando para a festa de Pentecostes, que não será apenas uma comemoração do passado, mas uma realidade presente. Jesus vai pedir ao Pai e ele nos dará outro Defensor que ficará sempre conosco. É o Espírito Santo, o Espírito da Verdade. O Verbo se encarnou em nossa história, fazendo-se um de nós, com as características do ser humano que existe no tempo e ocupa lugar. O Espírito que vem não tem corpo. É puro Espírito e não ocupa lugar. Seu corpo é o nosso. Somos, por isso, chamados de “Templo do Espírito Santo”. Ele permanece conosco e está em nós. Caminha conosco ao ritmo da nossa história. É o Vento que sopra onde quer e não se deixa prender por ninguém nem por nenhuma instituição.

Jesus fala com espontaneidade a partir da realidade de quem vem de dentro de Deus. Ele pede ao Pai e o Pai dá o Espírito. Jesus vai para o Pai, mas não nos deixa órfãos. Ele volta a nós. Volta no Espírito. Ele está no Pai, nós estamos nele e ele está em nós. Jesus vai partir e o mundo não mais o verá. Nós, porém, o veremos e ele se manifestará a nós. Com linguagem humana, Jesus fala de realidades divinas que não podemos captar inteiramente. Enquanto não temos a visão face a face, seguimos anunciando o amor de Deus pelas suas criaturas.

Assim, Filipe, um dos sete diáconos, desceu à cidade de Samaria e começou a anunciar o Cristo à população. Foi grande a alegria naquela cidade. Sabendo que a Samaria tinha acolhido a Palavra de Deus, a Igreja de Jerusalém enviou até lá Pedro e João, que impuseram as mãos sobre os novos cristãos e eles receberam o Espírito Santo. Na linguagem de hoje diríamos que aqueles cristãos da Samaria foram crismados por Pedro e João. Dizem os Atos que o Espírito Santo ainda não tinha vindo sobre nenhum deles. Tinham sido batizados somente em nome do Senhor Jesus. O que significa Batismo somente em nome do Senhor Jesus? Se esse Batismo não dava o Espírito Santo, era então semelhante ao de João Batista.

O Batismo em nome da Trindade, como se faz na Igreja Católica, confere ao novo cristão o Espírito Santo e o introduz na comunidade da Igreja. O sacramento da Confirmação confirma o que já aconteceu e impulsiona os cristãos a manifestarem ativamente por palavras e ações que o Espírito Santo está presente neles. Os sacramentos não são atos de magia. Eles revelam a graça multiforme de Deus presente em nossa vida. “A Crisma confirma e consolida a graça batismal e aumenta na alma os dons do Espírito Santo. Os fiéis, renascidos no Batismo, são fortalecidos pela Confirmação e são nutridos pela Eucaristia.” Assim nos ensina o Papa Bento XVI, no compêndio do Catecismo da Igreja Católica. O próprio Jesus, que sofreu a morte na existência humana, recebeu nova vida no Espírito.

Jesus vai partir. A festa da Ascensão se aproxima. Ele não nos deixará órfãos. Em suas últimas recomendações, ele quer nos deixar em paz e tranquilos com a certeza dos meios para alcançarmos o fim. Passaremos por dificuldades. Sofreremos perseguições e martírios, martírios antigos e martírios novos, como os que se fazem com palavras organizadas em notícias.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Celebramos o 6º Domingo da Páscoa. Jesus nos promete um Defensor que ficará sempre conosco. Vivamos na fé este dia e peçamos para nós e para a Igreja os dons de abertura ao Santo Espírito.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Faça uma leitura atenta e procure perceber os elementos presentes na narrativa. Leia também em sua Bíblia os textos de At 8,5-8.14-17 e 1Pd 3,15-18. Encontramos elementos comuns nos textos?

“Jesus fala do Espírito que os discípulos vão receber. Ele o chama de Outro Defensor, o Espírito da Verdade. Se ele fala de outro, é porque Jesus também é defensor. Nisso manifesta-se a unidade da missão do Filho e do Espírito. Este, contudo, permanecerá com os discípulos para sempre, diferentemente do Filho, que retorna ao Pai. Os discípulos não ficarão na orfandade. Pelo contrário, o Espírito ajudará a entender fatos e palavras ditas por Jesus, quando estava com eles. O segredo da comunidade é observar os mandamentos de Jesus. Será o Espírito da Verdade que assumirá o comando da Igreja a partir de agora. Ele dará segurança mesmo nas maiores tempestades. Somos seus templos e ele age em nós. (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Qual é a mensagem do Evangelho para a minha vida? De que forma ressoa em mim as palavras de Jesus: “Se me amais, observareis os meus mandamentos…”?

Oração (Vida)
Espírito Santo de Luz,
concedei-me o dom da sabedoria.
Que eu tenha o discernimento necessário
para distinguir o mal do bem,
a mentira da verdade,
a guerra da paz.
Que Tua santa sabedoria ilumine
os espaços confusos de minha alma.
Contemplação (Vida e Missão)
Qual é o apelo que a Palavra de Deus despertou para o meu dia? Pense em uma ação concreta e procure torná-la realidade.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Carmen Maria Pulga

Confira a Homilia do 6º. Domingo da Páscoa – A.Clique aqui

[apss_share]