Liturgia diária O verdadeiro testemunho - Jo 5,31-43

1ª Semana da Quaresma – Ano Litúrgico A

10 de março de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, não permitas que meu coração se feche para meu próximo, e dá-me forças para superar todas as barreiras que me impedem de viver em comunhão com ele.

PRIMEIRA LEITURA: Ez 18,21-28

Leitura da Profecia de Ezequiel – Assim fala o Senhor: 21“Se o ímpio se arrepender de todos os pecados cometidos, e guardar todas as minhas leis, e praticar o direito e a justiça, viverá com certeza e não morrerá. 22Nenhum dos pecados que cometeu será lembrado contra ele. Viverá por causa da justiça que praticou.
23Será que eu tenho prazer na morte do ímpio? — oráculo do Senhor Deus. Não desejo, antes, que mude de conduta e viva? 24Mas, se o justo desviar de sua justiça e praticar o mal, imitando todas as práticas detestáveis feitas pelo ímpio, poderá fazer isso e viver?
Da justiça que ele praticou, nada mais será lembrado. Por causa da infidelidade e do pecado que cometeu, por causa disso morrerá. 25Mas vós andais dizendo: ‘A conduta do Senhor não é correta’.
Ouvi, vós da casa de Israel: É a minha conduta que não é correta, ou antes é a vossa conduta que não é correta? 26Quando

um justo se desvia da justiça, pratica o mal e morre, é por causa do mal praticado que ele morre. 27Quando um ímpio se arrepende da maldade que praticou e observa o direito e a justiça, conserva a própria vida. 28Arrependendo-se de todos os seus pecados, com certeza viverá; não morrerá”

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 129

          — Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?
— Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?

— Das profundezas eu clamo a vós, Senhor, escutai a minha voz! Vossos ouvidos estejam bem atentos ao clamor da minha prece!

— Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir? Mas em vós se encontra o perdão, eu vos temo e em vós espero.

— No Senhor ponho a minha esperança, espero em sua palavra. A minh’alma espera no Senhor, mais que o vigia pela aurora.

— Espere Israel pelo Senhor, mais que o vigia pela aurora! Pois no Senhor se encontra toda graça e copiosa redenção. Ele vem libertar a Israel de toda a sua culpa.

EVANGELHO: 

Mt 5,20-26

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 20“Se a vossa justiça não for maior que a justiça dos mestres da Lei e dos fariseus, vós não entrareis no Reino dos Céus.
21Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal’. 22Eu, porém, vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo; quem disser ao seu irmão: ‘Patife!’ será condenado pelo tribunal; quem chamar o irmão de ‘tolo’ será condenado ao fogo do inferno.
23Portanto, quando tu estiveres levando a tua oferta para o altar, e ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, 24deixa a tua oferta ali diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão. Só então vai apresentar a tua oferta.
25Procura

reconciliar-te com teu adversário, enquanto caminha contigo para o tribunal. Senão o adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu serás jogado na prisão. 26Em verdade eu te digo: dali não sairás, enquanto não pagares o último centavo”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Este texto do evangelho é a parte final do longo discurso de Jesus, por ocasião da cura de um paralítico na piscina de Bezata, em um sábado, o qual suscitou a ira dos chefes judeus. Além de curar no sábado, Jesus dizia agir como enviado do Pai, afirmando sua filiação divina. Os judeus pensam ter nas Escrituras a vida eterna, porém é Jesus quem a comunica, na comunhão com o amor de Deus. As obras de Deus são obras de amor. A criação é obra do transbordante amor de Deus, que cria por amor, e encontra sua culminância no desabrochar e na manifestação da vida plena. O Pai é o Deus da vida, e a vida que se comunica na plenitude do amor é a obra de Deus realizada por Jesus. A essa obra somos vocacionados.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hora de nossa Lectio Divina. Coloquemo-nos diante de Deus, por meio de sua Palavra, com tudo o que trazemos e somos. Procuremos abrir a nossa mente e o nosso coração para acolher a graça de Deus.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Peçamos ao Espírito Santo de Deus Amor que nos ajude a compreender a Palavra e que ela gere vida em nós.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? “Se eu dou testemunho de mim mesmo, o meu testemunho não é verdadeiro. Um outro é quem dá testemunho de mim, e eu sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro” (Jo 5,31-32). É assim que começa o Evangelho de hoje. Jesus diz que seu testemunho é maior do que o de João, pois Ele não recebeu o testemunho por parte de um ser humano, mais sim de seu Pai que o enviou.
Leia o Evangelho completo e perceba que toda a fala de Jesus aborda sua origem, explicando de onde Ele vem e quem o enviou: Deus, o seu Pai. Procure, nesta leitura, destacar as palavras mais fortes, os verbos mais marcantes, e responda: o que o texto lhe diz? Em Jesus se cumpre o que foi dito pelos profetas. Ele é a realização da promessa do Pai feita desde Abraão e Moisés. O Pai O enviou para dar testemunho dele.

Meditação (Caminho)
Neste momento de meditação, acolhamos a Palavra que mais nos tocou e a confrontemos com nossa vida, pois na meditação do texto bíblico encontramos o caminho para viver o nosso dia de modo cristão. O que o texto lhe diz?
Nesta parte da meditação da Palavra, devemos extrair pessoalmente do texto o que o Senhor nos fala. É o que Ele nos diz que nos interessa neste momento.

Oração (Vida)
Agora você é convidado(a) a elevar a Deus a sua oração. A oração é uma resposta que você dá a Deus, exigida pela Palavra a você dirigida neste momento.
O que a Palavra o(a) leva a dizer a Deus? Lembrando que foi Deus que tomou a iniciativa de falar com você, porque foi Ele quem nos amou primeiro (cf. 1Jo 4,19). Em nossa oração, procuremos colocar toda a nossa vida e também as realidades que nos tocam.

Contemplação (Vida e Missão)
O que a Palavra o(a) leva a experimentar? A Palavra nos leva, definitivamente, a experimentar algo. Identifique o que você sente para que, durante o dia, você possa retomá-la e vivê-la em clima de oração.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !