Oração diária O trigo e o joio

16ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

23 de julho de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, enche de misericórdia o meu coração para que, como Jesus, eu me solidarize com os pecadores, e procure atraí-los para ti.

PRIMEIRA LEITURA: Jr 7,1-11

Leitura do Livro do Profeta Jeremias – 1Palavra comunicada a Jeremias, da parte do Senhor: 2“Põe-te à porta da casa do Senhor e lá anuncia esta palavra, dizendo: Ouvi a palavra do Senhor, todos vós de Judá, que entrais por estas portas para adorar o Senhor. 3Isto diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: Melhorai vossa conduta e vossas obras, que eu vos farei habitar neste lugar. 4Não ponhais vossa confiança em palavras mentirosas, dizendo: ‘É o templo do Senhor, o templo do Senhor, o templo do Senhor!’
5Mas, se melhorardes vossa conduta e vossas obras, se fizerdes valer a justiça, uns com os outros, 6não cometerdes fraudes contra o estrangeiro, o órfão e a viúva, nem derramardes sangue inocente neste lugar, e não andardes atrás de deuses estrangeiros, para vosso próprio mal, 7então eu vos farei habitar neste lugar, na terra que dei a vossos pais, desde sempre e para sempre.
8Eis que confiais em palavras mentirosas, que para nada servem. 9Como?! Roubar, matar, cometer adultério e perjúrio, queimar incenso a Baal, e andar atrás de deuses que nem sequer conheceis; 10e

depois, vindes à minha presença, nesta casa em que meu nome é invocado, e dizeis: ‘Nenhum mal nos foi infligido’, tendo embora cometido todas essas abominações. 11Acaso, esta casa, em que meu nome é invocado, tornou-se a vossos olhos uma caverna de ladrões? Eis que também eu vi”, diz o Senhor.
– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 83

          — Quão amável, ó Senhor, é vossa casa!
— Quão amável, ó Senhor, é vossa casa!

— Minha alma desfalece de saudades e anseia pelos átrios do Senhor! Meu coração e minha carne rejubilam e exultam de alegria no Deus vivo!

— Mesmo o pardal encontra abrigo em vossa casa, e a andorinha ali prepara seu ninho, para nele seus filhotes colocar: vossos altares, ó Senhor Deus do universo! Vosso altares, ó meu Rei e meu Senhor!

— Felizes os que habitam vossa casa; para sempre haverão de vos louvar! Felizes os que em vós têm sua força, caminharão com um ardor sempre crescente.

Na verdade, um só dia em vosso templo vale mais do que milhares fora dele! Prefiro estar no limiar de vossa casa, a hospedar-me na mansão dos pecadores!

EVANGELHO:  Mt 13,24-30

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, 24Jesus contou outra parábola à multidão: “O Reino dos Céus é como um homem que semeou boa semente no seu campo. 25Enquanto todos dormiam, veio seu inimigo, semeou joio no meio do trigo, e foi embora. 26Quando o trigo cresceu e as espigas começaram a se formar, apareceu também o joio.
27Os empregados foram procurar o dono e lhe disseram: ‘Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde veio então o joio?’ 28O dono respondeu: ‘Foi algum inimigo que fez isso’. Os empregados lhe perguntaram: ‘Queres que vamos arrancar o joio?’ 29O dono respondeu: ‘Não! Pode acontecer que, arrancando o joio, arranqueis também o trigo. 30Deixai

crescer um e outro até a colheita! E, no tempo da colheita, direi aos que cortam o trigo: arrancai primeiro o joio e o amarrai em feixes para ser queimado! Recolhei, porém, o trigo no meu celeiro!’”

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

O joio é muito parecido com o trigo. Sua farinha, misturada com a boa farinha de trigo, causa mal-estar estomacal e provoca enjoo. A parábola fala de uma terra boa e de boa semente, tudo bom para uma boa colheita, mas com um resultado surpreendente. Ao se formarem as espigas, o joio aparece com o trigo. O que aconteceu? Foi um inimigo, responde o proprietário. E o que fazer? Primeiro, rever o que nós fizemos ou não fizemos. Peca-se por ação e por omissão. O inimigo semeou o joio enquanto todos dormiam. Dormimos e as coisas acontecem. Dormimos e o mal se espalha. Empenho e vigilância se fazem necessários, sobretudo quando a sementeira é recente. E agora, já que está, deixa ficar. Que cresçam juntos e na colheita se separem. Enquanto não chega a colheita, que é o fim dos tempos, temos que aprender a conviver com amor e atenção redobrada. Retirem da escola cinco alunos que podem influenciar quinhentos, que não podem influenciar cinco.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
No Evangelho de hoje, Jesus fala sobre o Reino dos Céus. Joio e trigo crescem juntos até a colheita, momento em que então serão identificados pelos frutos. Mantenhamo-nos vigilantes para que, no terreno de nossa vida, o inimigo nunca plante o joio e o trigo possa crescer e produzir bons frutos.
“Divino Espírito Santo, necessitamos muito de vossa ajuda para conhecer o caminho que devemos seguir. Temos necessidade de vós, para que o nosso coração, inundado pela vossa consolação, se abra e, muito além das palavras e dos conceitos, possamos perceber a vossa presença. Iluminai a nossa mente, movei o nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Qual é o contexto da narrativa? De que modo Jesus se comunica com o povo e com seus discípulos? Quais são as imagens presentes no texto? Qual é o ensinamento da parábola? Quais palavras mais chamaram sua atenção durante a leitura?
“A parábola do joio e do trigo se presta a uma releitura de Gênesis 1–3. A pergunta à qual a parábola responde é pela origem do mal: ‘Donde veio então o joio?’. O campo é onde Deus semeia a ‘boa semente’. Podemos considerar que a ‘boa semente’ que cresce e dá frutos designa a existência humana, que é dom de Deus. O trigo que germina e cresce no meio do joio perece vulnerável como a nossa existência, mas, aos olhos de Deus, nossa existência, no campo contaminado pela erva má, é portadora do projeto de Deus; por isso, é necessário esperar o tempo oportuno para identificar e arrancar o joio. A parábola previne os servidores do Mestre contra uma atitude intempestiva que poderia arruinar toda a iniciativa de Deus. Na linguagem bíblica, o mal é inimigo, adversário. Este inimigo não é alguém que se pudesse nomear. Esse anonimato do inimigo é muito importante: nós não podemos, simplesmente, atribuir a outros, ou identificar, personalizar esse poder, isto é, imaginá-lo fora de nós. Mas o dono do campo não renuncia à colheita, ele espera. O que na parábola se chama joio nos remete, em nossos dias, a outras manifestações de uma hostilidade sem causa e sem medida contra a ação de Deus” (Reflexão de Pe. Carlos Alberto Contieri, em “A Bíblia dia a dia”, Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Retome a parábola do joio e do trigo e os comentários do texto bíblico. Qual é a reflexão que o texto o(a) leva a fazer? Você cultiva boas sementes no terreno de sua vida? Quais são os “inimigos” que semeiam o joio no coração e na vida das pessoas hoje?

Oração (Vida)
Apresente ao Senhor a sua oração. Recorde as luzes e os apelos que o Evangelho de hoje despertou em seu coração. Peça a graça de cultivar em sua vida a Palavra do Senhor e seus ensinamentos.
“Jesus, Mestre Divino, vós sois a vida, o amor. Morrestes numa cruz para o mundo renascer todo novo, vida plena. Nós vos louvamos, Senhor, pela vida que nos dais. Vós viveis em nós, nós vivemos em vós. Vós sois a nossa vida. Jesus, Mestre Divino, dai-nos o Espírito Santo, seremos livres, enfim. Saberemos amar, espalhar só o bem e a paz. Jesus, Mestre Divino, plenificai o nosso ser. Nossa vida vos irradie, nossa voz sempre anuncie, ao mundo, a Boa-Nova. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)
Qual é a aplicação da Palavra em sua vida? O que você se propõe a viver? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !