Oração diária Vinde para a festa!

PRECISO MUITO TE AJUDA ! FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

O site acumula uma divida e diante a crise que todos estamos passando essa divida esta aumentando podendo até o site sair fora do ar.

Divida atual: R$ 2800,00
Valor arrecadado: R$ 849,00 (22/04/2021 - 07:30 - atualizaremos quando recebermos uma nova doação)

Peço se alguém puder ajudar com uma doação de qualquer valor, agradeço imensamente.

PIX CHAVE CELULAR: 19 987634283
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

OU

PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Quem não tem pix e puder doar por boleto esse é meu numero de WhatsApp 19 987634283 me chama e como forma de agradecimento dou acesso ao site missa com crianças que tem historinhas para catequese. Quem nao puder ajudar, peço oraçoes ! Deus abençoe a todos. Anderson

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mt 22,1-14

O rei mandou recolher o povo das encruzilhadas, encheu a sala e o banquete foi feito. Foram reunidos bons e maus.

Façamos a oração do dia: Pai, tendo respondido ao teu convite para ser discípulo do Reino, desejo conformar toda a minha vida ao teu querer sendo fiel a ti

20ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 20 de agosto de 2020

PRIMEIRA LEITURA: Ez 36,23-28

Leitura da Profecia de Ezequiel – Assim fala o Senhor: 23“Vou mostrar a santidade do meu grande nome, que profanastes no meio das nações. As nações saberão que eu sou o Senhor – oráculo do Senhor Deus –, quando eu manifestar minha santidade à vista delas por meio de vós. 24Eu vos tirarei do meio das nações, vos reunirei de todos os países, e vos conduzirei para a vossa terra. 25Derramarei sobre vós uma água pura, e sereis purificados. Eu vos purificarei de todas as impurezas e de todos os ídolos.
26Eu vos darei um coração novo e porei um espírito novo dentro de vós. Arrancarei do vosso corpo o coração de pedra e vos darei um coração de carne; 27porei meu espírito dentro de vós e farei com que sigais

a minha lei e cuideis de observar os meus mandamentos. 28Habitareis no país que dei a vossos pais. Sereis o meu povo e eu serei o vosso Deus”.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO  51(50) 

— Eu hei de derramar sobre vós uma água pura, e de vossas imundícies sereis purificados.
— Eu hei de derramar sobre vós uma água pura, e de vossas imundícies sereis purificados.

— Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo um espírito decidido. Ó Senhor, não me afasteis de vossa face, nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!

— Dai-me de novo a alegria de ser salvo e confirmai-me com espírito generoso! Ensinarei vosso caminho aos pecadores, e para vós se voltarão os transviados.

— Pois não são de vosso agrado os sacrifícios, e, se oferto um holocausto, o rejeitais. Meu sacrifício é minha alma penitente, não desprezeis um coração arrependido!

EVANGELHO:  Mt 22,1-14

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus voltou a falar em parábolas aos sumos

sacerdotes e aos anciãos do povo, 2dizendo: “O Reino dos Céus é como a história do rei que preparou a festa de casamento do seu filho. 3E mandou os seus empregados chamar os convidados para a festa, mas estes não quiseram vir.
4O rei mandou outros empregados, dizendo: ‘Dizei aos convidados: já preparei o banquete, os bois e os animais cevados já foram abatidos e tudo está pronto. Vinde para a festa!’ 5Mas os convidados não deram a menor atenção: um foi para o seu campo, outro para os seus negócios, 6outros agarraram os empregados, bateram neles e os mataram.
7O rei ficou indignado e mandou suas tropas, para matar aqueles assassinos e incendiar a cidade deles. 8Em seguida, o rei disse aos empregados: ‘A festa de casamento está pronta, mas os convidados não foram dignos dela. 9Portanto, ide às encruzilhadas dos caminhos e convidai para a festa todos os que encon­trar­des’.
10Então os empregados saíram pelos caminhos e reuniram todos os que encontraram, maus e bons. E a
sala da festa ficou cheia de convidados. 11Quando o rei entrou para ver os convidados observou ali um homem que não estava usando traje de festa 12e perguntou-lhe: ‘Amigo, como entraste aqui sem o traje de festa?’ Mas o homem nada respondeu.
13Então o rei disse aos que serviam: ‘Amarrai os pés e as mãos desse homem e jogai-o fora, na escuridão! Ali haverá choro e ranger de dentes’. 14Porque muitos são chamados, e poucos são escolhidos”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

A festa está preparada. Você não vai se não quiser. O convite foi feito, seu lugar foi reservado, mensageiros lhe dão a notícia e fazem o convite. Não diga que foi rejeitado pelo dono da festa. Mas, se você entrar na festa no lugar de quem não foi, não tenha a pretensão de entrar de qualquer jeito, como quem tem direito adquirido. Há um traje de festa.Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Bendito sejas, Deus da vida, por este novo dia. Na escuta da Palavra, reconheceremos que nosso Deus é o Deus dos pequenos e também o Deus da alegria. Ele nos convida para um banquete, uma festa de Aliança

Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? “O Reino dos Céus é como um rei que preparou a festa de casamento do seu filho.” Leia o Evangelho de hoje, sem perder de vista o que Jesus diz por meio da parábola. Se possível, faça a leitura em voz alta, refletindo sobre o sentido de cada frase. Repita as frases ou as palavras que mais lhe tocaram e descubra o tema central do texto.

“Uma festa de casamento sempre movimenta muita gente, em especial os parentes. Dessa vez seria o casamento do filho do rei. O que deveria ser um grande acontecimento foi ameaçado pelo fracasso, representado por uma sala vazia. Cada convidado escondeu-se atrás de uma desculpa, privilegiando seu projeto pessoal, quase sempre envolvendo bens materiais. Foi a vez dos que nunca são convidados a nada. Foram recolhidos nos caminhos e praças e a sala da festa ficou cheia. Esta parábola foi contada por Jesus tendo como público-alvo os sumo sacerdotes e os anciões do povo. Os primeiros convidados não souberam entender a grandeza do convite. Foi preciso convidar os últimos da sociedade para a festa.”(Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim? Percebi o que o Senhor falou por meio de sua Palavra?
Leia novamente o texto e deixe-se tocar diretamente pelo Evangelho. Neste momento, é importante estar atento(a) àquilo que está sendo meditado, pois o Senhor nos fala por meio de sua Palavra.

Oração (Vida)

Ó Jesus, verdadeira luz que ilumina a humanidade, viestes do Pai para ser nosso mestre e nos ensinar seu caminho na verdade: vida e espírito são as “palavras” que nos destes.
Concedei-nos conhecer os mistérios de Deus e suas incompreensíveis riquezas.
Mostrai-nos todos os tesouros da sabedoria e da ciência de Deus, que em vós estão guardados.>br> Fazei com que a palavra habite nossa vida e ilumine nossos passos.
Fazei com que a palavra se espalhe rapidamente e chegue até os confins da Terra.
Maria Rainha dos Apóstolos e os santos Pedro e Paulo sejam nosso exemplo, inspiração e guia. Amém. (oração livremente inspirada nos textos de Pe. Alberione).

Contemplação (Vida e Missão)

Com que critérios faço minhas escolhas? Qual novo olhar nasceu em mim a partir da Palavra? Qual atitude desejo viver neste dia?

Oração Inicial

Bendito sejas, Deus da vida, por este novo dia. Na escuta da Palavra, reconheceremos que nosso Deus é o Deus dos pequenos e também o Deus da alegria. Ele nos convida para um banquete, uma festa de Aliança

Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? “O Reino dos Céus é como um rei que preparou a festa de casamento do seu filho.” Leia o Evangelho de hoje, sem perder de vista o que Jesus diz por meio da parábola. Se possível, faça a leitura em voz alta, refletindo sobre o sentido de cada frase. Repita as frases ou as palavras que mais lhe tocaram e descubra o tema central do texto.

“Uma festa de casamento sempre movimenta muita gente, em especial os parentes. Dessa vez seria o casamento do filho do rei. O que deveria ser um grande acontecimento foi ameaçado pelo fracasso, representado por uma sala vazia. Cada convidado escondeu-se atrás de uma desculpa, privilegiando seu projeto pessoal, quase sempre envolvendo bens materiais. Foi a vez dos que nunca são convidados a nada. Foram recolhidos nos caminhos e praças e a sala da festa ficou cheia. Esta parábola foi contada por Jesus tendo como público-alvo os sumo sacerdotes e os anciões do povo. Os primeiros convidados não souberam entender a grandeza do convite. Foi preciso convidar os últimos da sociedade para a festa.”(Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim? Percebi o que o Senhor falou por meio de sua Palavra?
Leia novamente o texto e deixe-se tocar diretamente pelo Evangelho. Neste momento, é importante estar atento(a) àquilo que está sendo meditado, pois o Senhor nos fala por meio de sua Palavra.

Oração (Vida)

Ó Jesus, verdadeira luz que ilumina a humanidade, viestes do Pai para ser nosso mestre e nos ensinar seu caminho na verdade: vida e espírito são as “palavras” que nos destes.
Concedei-nos conhecer os mistérios de Deus e suas incompreensíveis riquezas.
Mostrai-nos todos os tesouros da sabedoria e da ciência de Deus, que em vós estão guardados.>br> Fazei com que a palavra habite nossa vida e ilumine nossos passos.
Fazei com que a palavra se espalhe rapidamente e chegue até os confins da Terra.
Maria Rainha dos Apóstolos e os santos Pedro e Paulo sejam nosso exemplo, inspiração e guia. Amém. (oração livremente inspirada nos textos de Pe. Alberione).

Contemplação (Vida e Missão)

Com que critérios faço minhas escolhas? Qual novo olhar nasceu em mim a partir da Palavra? Qual atitude desejo viver neste dia?

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui