Liturgia diária, Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo - Mt 10, 17-22

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho:

O Espírito conduzirá o grupo de Jesus pelos sofridos caminhos da humanidade. Santo Estevão, morreu, como o Mestre, perdoando os seus perseguidores.

Façamos a oração do dia: Espírito de coragem perseverante, nas adversidades da vida, vem em meu auxílio, e ajuda-me para que não arrefeça a minha adesão a Jesus e ao Reino.

Santo Estevão – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 26 de dezembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA:  At 6,8-10, 7,54-59

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

8Naqueles dias, Estêvão, cheio de graça e poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo. 9Mas alguns membros da chamada Sinagoga dos Libertos, junto com cirenenses e alexandrinos, e alguns da Cilícia e da Ásia, começaram a discutir com Estêvão. 10Porém, não conseguiam resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava.

7,54Ao ouvir essas palavras, eles ficaram enfurecidos e rangeram os dentes contra Estêvão. 55Estêvão, cheio do Espírito Santo, olhou para o céu e viu a glória de Deus e Jesus, de pé, à direita de Deus. 56E disse: “Estou vendo o céu aberto, e o Filho do Homem, de pé, à direita de Deus”. 57Mas eles, dando grandes gritos e, tapando os ouvidos, avançaram todos juntos contra Estêvão; 58arrastaram-no para fora da cidade e

começaram a apedrejá-lo. As testemunhas deixaram suas vestes aos pés de um jovem, chamado Saulo. 59Enquanto o apedrejavam, Estêvão clamou dizendo: “Senhor Jesus, acolhe o meu espírito”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO  31(30) 

— Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.

— Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.

— Sede uma rocha protetora para mim, um abrigo bem seguro que me salve. Sim, sois vós a minha rocha e fortaleza; por vossa honra orientai-me e conduzi-me.

— Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito, porque vós me salvareis, ó Deus fiel. Vosso amor me faz saltar de alegria, pois olhastes para as minhas aflições.

— Eu entrego em vossas mãos o meu destino; libertai-me do inimigo e do opressor! Mostrai serena a vossa face ao vosso servo, e salvai-me pela vossa compaixão!

EVANGELHO:  Mt 10,17-22

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus apóstolos: 17“Cuidado com os homens, porque eles vos entregarão aos tribunais e vos açoitarão nas suas sinagogas. 18Vós sereis levados

diante de governadores e reis, por minha causa, para dar testemunho diante deles e das nações. 19Quando vos entregarem, não fiqueis preocupados como falar ou o que dizer. Então naquele momento vos será indicado o que deveis dizer. 20Com efeito, não sereis vós que havereis de falar, mas sim o Espírito do vosso Pai é que falará através de vós. 21O irmão entregará à morte o próprio irmão; o pai entregará o filho; os filhos se levantarão contra seus pais, e os matarão. 22Vós sereis odiados por todos, por causa do meu nome. Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Estêvão, diácono, protomártir, mostra na vida o realismo das palavras do Senhor. Jesus conhece o ser humano por dentro e sabe que é continuamente mau o desígnio do coração humano. Cuidado com as pessoas! Entregarão vocês aos tribunais. Vocês passarão por acusações, julgamentos, prisões.

A família estará dividida, uns contra os outros. Por terem

aceitado Jesus e seus ensinamentos, vocês serão odiados. Quem perseverar até o fim, será salvo. Estêvão, o primeiro a dar testemunho logo depois do nascimento de Jesus, é modelo de quem passou pela prova e saiu vitorioso. Ele perseverou até o fim, morrendo apedrejado.

Às vezes somos apedrejados por culpa própria. Mesmos assim, não desperdicemos as pedras que podem pavimentar um novo caminho. Azarias, cantando na fornalha ardente, reconhecia, no Livro de Daniel, que a punição era merecida: “Fizeste vir sobre nós todas essas coisas por causa dos nossos pecados”, e conclui: “Agora, é de todo o coração que vamos seguir-te. […] Não nos cubras de confusão. Age conosco segundo a tua misericórdia”. As pedras injustas serão preciosas na nova Jerusalém.Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Estamos na Oitava do Natal, Jesus nasceu! Hoje a Igreja celebra o dia de Santo Estevão, primeiro mártir cristão. Peçamos a sua intercessão para que sejamos fiéis à nossa fé cristã, assim como ele foi, até o fim. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Faça sua leitura com calma, quantas vezes julgar necessário. Destaque os versículos e os personagens que mais lhe chamaram atenção e procure identificar o tema central do texto. Recorde outras passagens bíblicas que possam ajudá-lo(a) a compreender este Evangelho.

“Ele veio para os seus, mas os seus não o receberam. Sinal de contradição, Jesus não é acolhido. A mesma rejeição está reservada para os seus. A perseguição e a oposição oficial contribuirão para a expansão do Evangelho. Os homens se agitam. “Deus os conduz”, dirá Santo Agostinho. Na travessia da história, os discípulos não estarão sós.

O Espírito conduzirá o grupo de Jesus pelos sofridos caminhos da humanidade. Hoje a Igreja lembra Estêvão, o primeiro mártir. Ele morreu, como o Mestre, perdoando os seus perseguidores. E seu sangue será semente de novos cristãos. O martírio não atingirá todos os discípulos de Jesus, mas todos terão o dever da fidelidade cotidiana. A perseguição mostra que estamos no caminho certo.” 

Meditação (Caminho)

Qual palavra do texto encontrou profunda sintonia com a minha vida, com as minhas atitudes? Quais sentimentos o texto despertou em mim? Permaneça em silêncio para escutar a voz de Deus por meio da Palavra, pois Ele fala com você. Escute-o.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? O que você gostaria de dizer ao Senhor? Oração é o ato de conversar com Deus sobre tudo o que está acontecendo conosco. No passo anterior da leitura orante, você esteve atento(a) para ouvir o Senhor; agora, abra seu coração para responder-lhe.

Contemplação (Vida e Missão)

Não desanimar diante da lenta caminhada das comunidades, mas propor-se a colaborar para que o testemunho dos cristãos seja efetivo e agradável ao Senhor nosso Deus.

Bênção

Senhor, Deus da vida e do amor, que a celebração do natal renove em nosso coração a esperança, pois vosso Filho, ao nascer no meio de nós, nos dá a certeza de que Ele sempre estará em nossa vida.

E como nos enche de alegria e paz poder rezar: “Ele está no meio de nós!”.

Que o Natal não seja apenas um dia, mas seja Jesus presente em todos os dias da nossa vida, nos ensinando a amar, a perdoar, a partilhar e a construir um tempo novo de fraternidade, justiça e paz.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui