Liturgia diária 06 de janeiro de 2016

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mc 6,45-52

Façamos a oração do dia: Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, ajuda-me a enfrentar com coragem as dificuldades do dia a dia, sempre confiante nas palavras de Jesus “Coragem! Sou eu. Não tenhais medo

Tempo do Natal depois da Epifania – Ano Litúrgico C

Liturgia do dia 05 de janeiro de 2022

PRIMEIRA LEITURA: 1Jo 4,11-18

Leitura da Primeira Carta de São João.

11Caríssimos: se Deus nos amou assim, nós também devemos amar-nos uns aos outros. 12Ninguém jamais viu a Deus. Se nos amamos uns aos outros, Deus permanece conosco e seu amor é plenamente realizado em nós.

13A prova de que permanecemos com ele, e ele conosco, é que ele nos deu o seu Espírito. 14E nós vimos e damos testemunho, que o Pai enviou seu Filho como Salvador do mundo. 15Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece com ele, e ele com Deus.

16E nós conhecemos o amor que Deus tem para conosco, e acreditamos nele. Deus é amor: quem permanece no amor, permanece com Deus, e Deus permanece com ele. 17Nisto se realiza plenamente o seu amor para conosco: em nós termos plena confiança no dia do julgamento, porque, tal como Jesus, nós somos neste mundo.

18No

amor não há temor. Ao contrário, o perfeito amor lança fora o temor, pois o temor implica castigo, e aquele que teme não chegou à perfeição do amor.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 72(71)

— As nações de toda a terra, hão de adorar-vos, ó Senhor!

— As nações de toda a terra, hão de adorar-vos, ó Senhor!

— Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, com equidade ele julgue os vossos pobres.

— Os reis de Társis e das ilhas hão de vir e oferecer-lhe seus presentes e seus dons; e também os reis de Seba e de Sabá hão de trazer-lhe oferendas e tributos. Os reis de toda a terra hão de adorá-lo e de todas as nações hão de servi-lo.

— Libertará o indigente que suplica, e o pobre ao qual ninguém quer ajudar. Terá pena do indigente e do infeliz, e a vida dos humildes salvará.

EVANGELHO: Mc 6,45-52

— O Senhor esteja convosco.

Ele está no meio de nós.

—Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Depois de saciar os cinco mil homens, 45Jesus obrigou os discípulos a entrarem na barca e irem na frente para Betsaida, na outra margem, enquanto ele despedia a multidão. 46Logo depois de se despedir deles, subiu ao monte para rezar.

47Ao anoitecer, a barca estava no meio do mar e Jesus sozinho em terra. 48Ele viu os discípulos cansados de remar, porque o vento era contrário. Então, pelas três da madrugada, Jesus foi até eles andando sobre as águas, e queria passar na frente deles.

49Quando os discípulos o viram andando sobre o mar, pensaram que era um fantasma e começaram a gritar. 50Com efeito, todos o tinham visto e ficaram assustados. Mas Jesus logo falou: “Coragem, sou eu! Não tenhais medo!” 51Então subiu com eles na barca, e o vento cessou. Mas os discípulos ficaram ainda mais espantados, 52porque não tinham compreendido nada a respeito dos pães. O coração deles estava endurecido.

Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

O relato é um prolongamento do milagre dos pães e tem como pano de fundo as figuras de Moisés e Elias, que rezam a sós, à noite. Caminhar sobre as águas tem paralelos (Jó 9,8; Sl 77,20 etc.). O cenário coloca novamente Jesus como o que realiza as esperanças do AT. Por isso, em meio às contrariedades, ele se apresenta como “Eu Sou” (Ex 3,14), ou seja, como Deus. No AT, Deus sempre esteve com seu povo para protegê-lo (Dt 32,39; Is 41,4; 43,10-13), e agora é Jesus quem age assim.

De forma pedagógica, Marcos mostra que é difícil ao povo e, inclusive, aos discípulos entenderem a pessoa de Jesus em meio às dificuldades desta vida. Fazer a experiência de Jesus, que realiza o que foi preanunciado no AT, é um lento aprendizado. Assim, cabe à Igreja, hoje, sempre de novo, levar o povo ao confronto com o Mestre, num constante aprendizado que se expressa na vida.

Frei Bruno Godofredo Glaab, ‘A Bíblia dia a dia 2022’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

“Senhor Jesus, concede-me crer firmemente no amor que Tu me revelaste e que doaste no teu Evangelho. Faze que eu ouça cada dia a tua voz que me assegura: “Coragem! Sou eu. Não tenhas medo!”. Amém.

Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)

Faça uma leitura atenta do Evangelho. O que diz o texto? Destaque as palavras que Jesus diz aos discípulos no momento da dificuldade. Retome as expressões que chamaram sua atenção.

“Contando a história da travessia do lago, naquela noite de ventos fortes, o evangelista São Marcos comenta que os discípulos não tinham compreendido o que acontecera com os pães, pois estavam com o coração endurecido. E não entenderam, pelo menos, duas coisas. Primeiro, que Deus não abandona seus filhos. Foi o que Jesus tinha explicado e mostrado na prática: Deus, no seu amor de pai, não dá as costas ao povo necessitado nem desampara seus filhos nas travessias difíceis. E a segunda coisa: Jesus é Deus que vem em nosso auxílio. De fato, mesmo depois da morte de Jesus, não foi fácil para eles se convencerem da sua ressurreição. E quando não se crê no poder de Deus, que nos liberta do mal e da morte, vive-se com medo”. 

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim hoje? Minha confiança no amor de Deus Pai é convicta ou vivo com medo? Como a atitude dos discípulos me faz refletir? O que o Senhor pede para mim hoje?

Oração (Vida)

Neste momento de sua oração, aproxime-se do Senhor, silencie o seu coração e faça a sua oração. Apresente a Jesus suas intenções e as necessidades do povo de Deus. Amar, cuidar e rezar com e pelos mais necessitados.

Conclua com a oração do Pai-nosso.

Contemplação (Vida e Missão)

Sozinho, no alto do monte, Jesus orava ao Pai, mas não se esqueceu de seus discípulos que lutavam contra as ondas do mar.
De que forma a Palavra de Deus estará presente neste seu dia? O que você deseja colocar em prática segundo os ensinamentos de Jesus?

Bênção

O Senhor Jesus Cristo esteja ao meu lado para me sustentar,
Dentro de mim para me encorajar,
Diante de mim para me orientar,
Atrás de mim para me proteger,
Acima de mim para me abençoar.
Ele que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.
Que a bênção de Deus Pai de amor e bondade desça sobre mim, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Histórinhas para Catequese!

Faça uma doação de qualquer valor e tenha acesso ao site missacomcriancas.com.br . São centenas de historinhas para teatros que podem ser usadas na missa ou encontros de catequese.

DOAR PELO MERCADO PAGO - VALOR R$ 10,00 : Clique aqui

DOAR PELO MERCADO PAGO - VALOR R$ 20,00 : Clique aqui

DOAR PELO MERCADO PAGO - VALOR R$ 50,00 : Clique aqui

Ou FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Para ter o acesso só me chamar no WhatsApp 19 987634283
Deus te abençoe !