Liturgia diária Olha, nós deixamos tudo e te seguimos - Mc 10,28-31

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mc 10,28-31

Deixamos tudo e te seguimos. Quem assim procede, não ficará sem recompensa ainda nesta vida. Terá em dobro o que deixou, com perseguições nesta terra, e a vida eterna no mundo futuro

Façamos a oração do dia: Pai, dá-me a graça de entregar-me totalmente ao serviço do Reino, sem esperar outra recompensa além de saber-me amado por ti.

8ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 25 de maio de 2021

PRIMEIRA LEITURA:  Eclo 35,1-15

Leitura do Livro do Eclesiástico.

1Aquele que guarda a lei faz muitas oferendas; 2aquele que cumpre os preceitos oferece um sacrifício salutar(3)4Aquele que mostra agradecimento, oferece flor de farinha, e o que pratica a beneficência oferece um sacrifício de louvor.

5O que agrada ao Senhor é afastar-se do mal, e o que o aplaca é deixar a injustiça. 6Não te apresentes na presença de Deus de mãos vazias, 7porque tudo isso se faz em virtude do preceito. 8O sacrifício do justo enriquece o altar, o seu perfume sobe ao Altíssimo. 9A oblação do justo é aceitável, e sua memória não cairá no esquecimento.

10Honra ao Senhor com coração generoso e não regateies as primícias que apresentares. 11Faze todas as tuas oferendas com semblante sereno, e com alegria consagra o teu dízimo. 12

a Deus segundo a doação que ele te fez, e com generosidade, conforme as tuas posses; 13porque ele é um Deus retribuidor, e te recompensará sete vezes mais. 14Não tentes corrompê-lo com presentes: ele não os aceita; 15nem confies em sacrifício injusto, porque o Senhor é um juiz que não faz discriminação de pessoas.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 50(49)

— A todos que procedem retamente, eu mostrarei a salvação que vem de Deus.

— A todos que procedem retamente, eu mostrarei a salvação que vem de Deus.

— “Reuni à minha frente os meus eleitos, que selaram a Aliança em sacrifícios!” Testemunha o próprio céu seu julgamento, porque Deus mesmo é juiz e vai julgar.

— “Escuta, ó meu povo, eu vou falar; ouve, Israel, eu testemunho contra ti: Eu, o Senhor, somente eu, sou o teu Deus! Eu não venho censurar teus sacrifícios, pois sempre estão perante mim teus holocaustos.

— Imola a Deus um sacrifício de louvor e cumpre os votos que fizeste ao Altíssimo. Quem me oferece um sacrifício de louvor, este sim é que me honra de verdade. A todo homem que procede retamente, eu mostrarei a salvação que vem de Deus.

EVANGELHO:
Mc 10,28-31

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 28começou Pedro a dizer a Jesus: “Eis que nós deixamos tudo e te seguimos”. 29Respondeu Jesus: “Em verdade vos digo, quem tiver deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos, campos, por causa de mim e do Evangelho, 30receberá cem vezes mais agora, durante esta vida — casa, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições — e, no mundo futuro, a vida eterna. 31Muitos que agora são os primeiros serão os últimos. E muitos que agora são os últimos serão os primeiros”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Deixar e seguir. Deixamos tudo e te seguimos. Quem assim procede, não ficará sem recompensa ainda nesta vida. Terá em dobro o que deixou, com perseguições nesta terra, e a vida eterna no mundo futuro. Isto foi dito por Jesus no segundo anúncio de sua Paixão e Morte, quando os apóstolos discutiam quem dentre eles era o maior. São Marcos organiza o seu texto de modo a compreendermos que não há maior nem menor porque somos todos servidores.

As diferenças sociais entre homens, mulheres e crianças devem ser superadas. Todos são igualmente filhos de Deus, com os mesmos direitos e deveres. A diferença entre ricos e pobres deve ser superada pela prática da justiça e pela liberdade do coração. Compreendendo que há bens maiores que as riquezas deste mundo, é possível deixar tudo e seguir Jesus Cristo.

Na conclusão do episódio narrado por Marcos, ouvimos Pedro afirmar em alto e bom som: “Nós deixamos tudo e te seguimos”. E ouvimos a resposta: “Vocês terão sua recompensa com perseguições. E lembrem-se de novo de que não há maior nem menor, de que os últimos serão primeiros e os primeiros, últimos”. Por que as perseguições? Porque deixar tudo num mundo marcado por ganâncias é uma atitude crítica que incomoda o ganancioso. Mas, se o que temos é o vazio de coisas vãs, não haverá o que deixar.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Senhor, ilumina minha alma, acalma minha mente, equilibra minhas emoções para que neste momento de oração eu esteja conscientemente na tua presença.

Oremos: “Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, dá-me a graça de caminhar cada dia seguindo os passos de Jesus e me doar na gratuidade. Amém.”

Leitura (Verdade)

Pedro não teme manifestar sua humanidade perante Jesus, nem Jesus o recrimina por isso. Qual é a promessa de Jesus? Procure captar o ensinamento do Mestre neste relato do evangelista.

“O Reino de Deus é gratuidade. Pedro ainda não entendera esse viés e quer saber quanto vai lucrar seguindo o Mestre. Marcos enumera sete coisas deixadas pelo grupo: casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos e campos. Jesus oferece uma recompensa sem proporção: cem vezes mais. Essa recompensa vem repartida entre os dois tempos: agora e na eternidade. Jesus previne que o tempo presente será marcado por perseguições. Os primeiros e últimos contradizem a teologia da retribuição. Os bens materiais não são necessariamente sinais da bênção divina. Pelo contrário, as bem-aventuranças consagram os pobres. E o próprio Jesus nada teve de seu: nasceu numa gruta, foi o pregador dos caminhos e foi sepultado num túmulo alheio.”

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim? Minha mentalidade é ainda como a de Pedro?

Medite o texto e reflita sobre as palavras que tocarem seu coração. Quais são as coisas que você precisa deixar para seguir, na gratuidade, o Mestre e ser digno de sua promessa?

Oração (Vida)

Senhor, sei que sou fraco(a) e humano(a) em meus interesses> Neste momento quero reconhecer minhas fragilidade e provar a alegrai da gratuidade. “Que o Espírito Santo venha em auxílio à minha fraqueza, porque não sei o que devo pedir, nem orar como convém” (Rm 8,26).
Na intimidade com o Espírito Santo faça sua oração pessoal.

Contemplação (Vida e Missão)

De que forma a Palavra de Deus estará presente neste seu dia? O que você deseja colocar em prática, segundo os ensinamentos de Jesus?

Bênção

Deus Pai do céu me abençoe e me cuide
Esteja à minha frente para me mostrar o caminho correto.
Atrás de mim para me sustentar em todas as dificuldades e desafios
Acima de mim para me proteger contra os perigos que vem do alto
Que Deus esteja em meu coração como chama ardente, e que a luz dele ilumine minha vida e aqueça meus bons desejos e fortaleça minha vontade para a virtude.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !