Liturgia diária, Profissão de fé do Centurião - Lc 7,1-10

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 7,1-10

Façamos a oração do dia: Pai, dá-me um coração misericordioso e humildade que me leve a compadecer-me do meu semelhante.

24ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 13 de setembro de 2021

PRIMEIRA LEITURA: 1Tm 2,1-8 

Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo.

Caríssimo, 1antes de tudo, recomendo que se façam preces e orações, súplicas e ações de graças, por todos os homens; 2pelos que governam e por todos que ocupam altos cargos, a fim de que possamos levar uma vida tranquila e serena, com toda a piedade e dignidade. 3Isto é bom e agradável a Deus, nosso Salvador; 4ele quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. 5Pois há um só Deus, e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus, 6que se entregou em resgate por todos. Este é o testemunho dado no tempo estabelecido por Deus, 7e para este testemunho eu fui designado pregador e apóstolo e – falo a verdade, não minto –, mestre das nações pagãs na fé e na verdade.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 28(27) 

— Bendito seja o Senhor, porque ouviu o clamor da minha súplica!

— Bendito seja o Senhor, porque ouviu o clamor da minha súplica!

Escutai o meu clamor, a minha súplica, quando eu grito para vós; quando eu elevo, ó Senhor, as minhas mãos para o vosso santuário.

— Minha força e escudo é o Senhor, meu coração nele confia. Ele ajudou-me e alegrou meu coração; eu canto em festa o seu louvor.

— O Senhor é a fortaleza do seu povo e a salvação do seu Ungido. Salvai o vosso povo e libertai-o; abençoai a vossa herança! Sede vós o seu pastor e o seu guia pelos séculos eternos!

EVANGELHO: Lc 7,1-10

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1quando acabou de falar ao povo que o escutava, Jesus entrou em Cafarnaum. 2Havia lá um oficial romano que tinha um empregado a quem estimava muito, e que estava doente, à beira da morte. 3O oficial ouviu falar de Jesus e enviou alguns anciãos dos judeus, para pedirem que Jesus viesse salvar seu empregado. 4Chegando onde Jesus estava, pediram-lhe com insistência: “O oficial merece que lhe faças este favor, 5porque

ele estima o nosso povo. Ele até nos construiu uma sinagoga”.

6Então Jesus pôs-se a caminho com eles. Porém, quando já estava perto da casa, o oficial mandou alguns amigos dizerem a Jesus: “Senhor, não te incomodes, pois não sou digno de que entres em minha casa. 7Nem mesmo me achei digno de ir pessoalmente a teu encontro. Mas ordena com a tua palavra, e o meu empregado ficará curado. 8Eu também estou debaixo de autoridade, mas tenho soldados que obedecem às minhas ordens. Se ordeno a um: ‘Vai!’, ele vai; e a outro: ‘Vem!’, ele vem; e ao meu empregado ‘Faze isto!’, e ele o faz’”.

9Ouvindo isso, Jesus ficou admirado. Virou-se para a multidão que o seguia, e disse: “Eu vos declaro que nem mesmo em Israel encontrei tamanha fé”. 10Os mensageiros voltaram para a casa do oficial e encontraram o empregado em perfeita saúde.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Há em Cafarnaum os restos de uma grande sinagoga do século quarto construída no mesmo lugar da primitiva sinagoga que o oficial romano mandou construir no tempo de Jesus. O oficial pediu a mediação de anciãos judeus em favor de um dos seus servos enfermo. O soldado romano podia não ser bem visto pelos judeus, mas não era o caso deste que queria a cura de seu servo. Era um homem de fé e foi ele quem disse a Jesus o que hoje repetimos na comunhão: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa, mas dize uma só palavra, e meu servo ficará curado”. E assim aconteceu.

Côn.

Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Na escuta, meditação e contemplação da Palavra de Deus, acolhamos o Senhor que fala ao nosso coração. Falemos com Deus como o oficial romano falou com Jesus: “Senhor, não te incomodes, pois não sou digno de que entres em minha casa…, mas dize uma Palavra e serei salvo”.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Leitura (Verdade)

Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário e destaque as atitudes do centurião. E o que o povo pede a Jesus em favor dele? O que Jesus diz para o centurião e para o povo?

“O centurião, com sua guarnição de cem homens, representava o poder de Roma. Mesmo assim, ele reconhece um poder misterioso e superior ao seu. Os judeus, interessados em gozar da amizade com os poderosos, servem de intermediários. Mostrando uma fé e uma humildade superiores às das elites religiosas judias, o centurião consegue a cura, não para si, mas para o seu servo. A sua prece é repetida, diariamente, em nossas celebrações eucarísticas. As sementes do Reino estão em toda parte e florescem quando e onde menos esperamos. Por outro lado, o Reino não é franquia definitiva, nem direito nosso. A conversão é tarefa de todos os dias. De Deus depende nosso querer e nosso agir, lembra o apostolo Paulo.”

Meditação (Caminho)

Faça a leitura do texto novamente e traga-o para os nossos dias. Medite a Palavra e permita que ela se misture com a sua vida. Confronte suas atitudes com os personagens do Evangelho e escute o que Jesus pede a você?

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Neste passo da leitura orante, mantendo em mente o que você leu e meditou, faça a sua oração. A oração nos leva a viver a experiência pessoal com Jesus, que nos escuta com todo amor e carinho. Fale com o Senhor sem medo e entregue a Ele tudo o que você tem e deseja ser.

Contemplação (Vida e Missão)

Ninguém de nós mortais é digno de que Jesus entre em nossa casa, mas Ele quer entrar em nossas vidas, em nossos ambientes, em nossa sociedade. Ele promete estar conosco sempre até o fim dos tempos. Em que realidade quero pedir, humildemente, que o senhor entre e liberte salvando a vida?

Bênção

Concedei, ó Deus, a vossos filhos a benção desejada, para que nutridos por vosso amor produzam frutos de paz e de justiça. Amém.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !