Liturgia diária Não podeis servir a Deus e ao Dinheiro - Mt 6,24-34

8º Domingo Comum – Ano Litúrgico A

26 de fevereiro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, centra toda minha vida na busca do teu Reino e na justiça que dele vem, de forma que nenhuma outra preocupação possa ser importante para mim.

PRIMEIRA LEITURA:  Is 49,14-15

Leitura do Livro do profeta Isaías – 14Disse Sião: “O Senhor abandonou-me, o Senhor esqueceu-se de mim!” 15Acaso pode a mulher esquecer-se do filho pequeno, a ponto de não ter pena do fruto de seu ventre? Se ela se esquecer, eu, porém, não me esquecerei de ti.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 61

          — Só em Deus a minha alma tem repouso,/ só ele é meu rochedo e salvação.
— Só em Deus a minha alma tem repouso,/ só ele é meu rochedo e salvação.

— Só em Deus a minha alma tem repouso,/ porque dele é que me vem a salvação!/ Só ele é meu rochedo e salvação,/ a fortaleza, onde encontro segurança!

— A minha glória e salvação estão em Deus;/ o meu refúgio e rocha firme é o Senhor!/ Povo todo, esperai sempre no Senhor,/ e abri diante dele o coração.

SEGUNDA LEITURA: 1Cor 4,1-5

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios – Irmãos: 1Que

todo o mundo nos considere como servidores de Cristo e administradores dos mistérios de Deus. 2A este respeito, o que se exige dos administradores é que sejam fiéis.
3Quanto a mim, pouco me importa ser julgado por vós ou por algum tribunal humano. Nem eu me julgo a mim mesmo. 4É verdade que minha consciência não me acusa de nada. Mas não é por isso que eu posso ser considerado justo.
5Quem me julga é o Senhor. Portanto, não queirais julgar antes do tempo. Aguardai que o Senhor venha. Ele iluminará o que estiver escondido nas trevas e manifestará os projetos dos corações. Então, cada um receberá de Deus o louvor que tiver merecido.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

EVANGELHO: Mt 6,24-34

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

          Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 24“Ninguém pode servir a dois senhores; pois, ou odiará um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro.
25Por

isso eu vos digo: não vos preocupeis com a vossa vida, com o que havereis de comer ou beber; nem com o vosso corpo, com o que havereis de vestir. Afinal, a vida não vale mais do que o alimento, e o corpo, mais do que a roupa? 26Olhai os pássaros dos céus: eles não semeiam, não colhem nem ajuntam em armazéns. No entanto, vosso Pai que está nos céus os alimenta. Vós não valeis mais do que os pássaros? 27Quem de vós pode prolongar a duração da própria vida, só pelo fato de se preocupar com isso?
28E por que ficais preocupados com a roupa? Olhai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. 29Porém, eu vos digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles. 30Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, não fará ele muito mais por vós, gente de pouca fé?
31Portanto,
não vos preocupeis, dizendo: ‘O que vamos comer? O que vamos beber? Como vamos nos vestir? 32Os pagãos é que procuram essas coisas. Vosso Pai, que está nos céus, sabe que precisais de tudo isso.
33Pelo contrário, buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo.
34Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações! Para cada dia bastam seus próprios problemas”

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus nos propõe um caminho de liberdade para encontrarmos tranquilidade e repouso. O grande valor de nossa vida é o Reino de Deus que deve captar toda a nossa atenção. Tudo o mais vem depois. A entrega confiante da nossa vida nas mãos de Deus nos torna equilibrados e tranquilos. Nossa vida de cada dia passa a ser serena e tranquila, mesmo no sofrimento e na agitação. Não multiplicamos os problemas nem os antecipamos. Por que sofrer agora o que ainda não aconteceu e talvez nem aconteça? Ou então, por que ser negativo diante de qualquer passo a ser dado? “Não vai dar certo”, “pode chover”, “e se eles não vierem”, “o que vamos comer no caminho?”
É importante prevenir para não ter que remediar, mas não é preciso achar que tudo sempre vai dar errado. “A cada dia basta seu mal”, ensina o evangelista São Mateus. Buscamos a Terra sem Males, mas ela ainda não aconteceu. O mal está aí. Vamos então cercá-lo para que não se expanda. O marido está doente, isto é um problema. A esposa entra em desespero. Agora são dois problemas. Não multiplique os problemas. Não multiplique os desejos. Somente Deus basta. O resto virá por acréscimo. Deus nunca se esquece de seus filhos. Se às vezes parece que ele está longe e não está dando atenção a nós e aos nossos problemas, não é essa a realidade. Ele mesmo diz: “É difícil uma mãe se esquecer de seu filho, mas, se isso acontecer, eu não me esquecerei de você”.
Com o dinheiro compramos o que é necessário para a nossa subsistência. Quando, porém, se multiplicam em nós os desejos, surgem também a cobiça, a avareza, a ganância. O dinheiro, de servidor necessário, se torna senhor. Não multipliquemos os problemas nem soframos com antecedência aquilo que ainda não aconteceu. A cada dia basta seu mal. Quando o Senhor vier, se manifestará o projeto do nosso coração, que não pode ser outro a não ser o Reino de Deus.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A mensagem que o Senhor nos apresenta neste oitavo domingo do Tempo Comum é muito clara: ninguém pode servir a dois senhores, ninguém pode servir a Deus e ao dinheiro. Também é um convite a confiarmos na providência do Pai, que sabe do que precisamos e não nos deixa faltar nada.
“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Qual é o contexto da narrativa? É possível servir a dois senhores? Qual atitude de vida Jesus nos convida a adotar no Evangelho? Reflita sobre as palavras e as ideias que mais chamaram sua atenção durante a leitura.
“O coração do ser humano não pode estar dividido. A ambiguidade e a divisão podem destruir a vida do homem. A fé cristã, vivida como opção livre do fiel, não admite ambiguidade, não admite dois senhores que determinem a vida da pessoa. De fato, a riqueza, a preocupação excessiva com os bens deste mundo e o apego às coisas terrenas se opõem a Deus e reivindicam o lugar de Deus. O discípulo deve rejeitar a ambiguidade e viver responsavelmente e, ao mesmo tempo, na confiança em Deus. Nenhum bem deste mundo é capaz de realizar plenamente o ser humano nem dar sentido à sua vida. […] Não se pode reduzir a existência humana ao conforto e ao bem-estar. A vida é muito mais do que possuir, e o ser humano vale muito mais que os seus bens. Na vida do cristão, tudo deve ser vivido e buscado a partir da centralidade do Reino de Deus. O que realiza plenamente a vida do ser humano não se confunde absolutamente com os bens deste mundo; somente o que ‘não passa’ é que pode conduzir o homem à plena felicidade” (Reflexão de Pe. Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o Senhor pede a você hoje? Quem é o senhor da sua vida, aquele a quem você serve? Quais são as preocupações que ocupam sua mente, seu coração? Como ressoam em você as palavras de Jesus: “Quem de vós pode, com sua preocupação, acrescentar um só dia à duração de sua vida”? Você confia no fato de que Deus conhece as suas necessidades e, como Pai atencioso, o(a) atende em todas elas? Qual palavra do texto encontrou profunda sintonia com sua vida, com suas atitudes? Em sua vida, seu trabalho, seu relacionamento com as pessoas, como você procura viver os ensinamentos de Jesus?

Oração (Vida)
“Jesus, princípio e realização do homem novo, convertei a vós os nossos corações, para que, deixando as sendas do erro, sigamos os vossos passos no caminho que conduz à vida. Fazei que, fiéis às promessas do batismo, vivamos, com coerência, a nossa fé, testemunhando com solicitude a vossa palavra, para que, na família e na sociedade, resplandeça a luz vivificante do Evangelho. Jesus, poder e sabedoria de Deus, acendei em nós o amor à Sagrada Escritura, onde ressoa a voz do Pai, que ilumina e abrasa, nutre e consola. Vós, Palavra de Deus Vivo, renovai na Igreja o ardor missionário, para que todos os povos cheguem a conhecer-vos como verdadeiro Filho de Deus e verdadeiro Filho do homem, único Mediador entre o homem e Deus. Jesus, fonte de unidade e de paz, fortalecei a comunhão na vossa Igreja, para que, pela força do vosso Espírito, todos os vossos discípulos sejam um só. Vós que nos destes como regra de vida o mandamento novo do amor, tornai-nos construtores de um mundo solidário, onde a guerra seja suplantada pela paz, a cultura da morte pelo empenho em favor da vida. Amém” (São João Paulo II).

Contemplação (Vida e Missão)
Com a Palavra de Deus na mente e no coração, qual atitude você se propõe a viver hoje?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !