Oração diária, Cumprirás os teus juramentos - Mt 5,33-37

10ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

13 de junho de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, seja o meu sim, sim, e o meu não, não, de forma que o maligno não contamine o meu coração com a mentira, levando-me a ser falso no relacionamento com meu próximo.

PRIMEIRA LEITURA: 1Rs 19,19-21

Leitura do Primeiro Livro dos Reis.

Naqueles dias, 19o profeta Elias partiu dali e encontrou Eliseu, filho de Safat, lavrando a terra com doze juntas de bois; e ele mesmo conduzia a última. Elias, ao passar perto de Eliseu, lançou sobre ele o seu manto. 20Então Eliseu deixou os bois e correu atrás de Elias, dizendo: “Deixa-me primeiro ir beijar meu pai e minha mãe, depois te seguirei”. Elias respondeu: “Vai e volta! Pois que te fiz eu?” 21Ele retirou-se, tomou a junta de bois e os imolou. Com a madeira do arado e da canga assou a carne e deu de comer à sua gente. Depois levantou-se, seguiu Elias e pôs-se a seu serviço.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 16(15)

          — O Senhor é a porção da minha herança.
— O Senhor é a porção da minha herança.

— Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Digo ao Senhor: “Somente vós sois meu Senhor. Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, meu destino está seguro em vossas mãos!”

— Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, e até de noite me adverte o coração. Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, pois se o tenho a meu lado não vacilo.

— Eis por que meu coração está em festa, minha alma rejubila de alegria, e até meu corpo no repouso está tranquilo; pois não haveis de me deixar entregue à morte, nem vosso amigo conhecer a cor­rupção.

EVANGELHO:  Mt 5,33-37

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 33“Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não jurarás falso, mas cumprirás os teus juramentos feitos ao Senhor’. 34Eu, porém, vos digo: Não jureis de modo algum: nem pelo céu, porque é o trono de Deus; 35nem pela terra, porque é o suporte onde apoia os seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do Grande Rei.
36Não jures tampouco pela tua cabeça, porque tu não podes tornar branco ou preto um só fio de cabelo. 37Seja o vosso ‘sim’: ‘sim’, e o vosso ‘não’: ‘não’. Tudo o que for além disso vem do Maligno”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Hoje, em louvor a Santo Antônio, queremos que o nosso sim seja sim, e o nosso não seja não. Seja este um dia sem mentiras, sem duplicidade, sem segundas intenções. Viver em tudo a verdade pode ser difícil e é sempre exigente. Não negue a verdade a quem tem direito de sabê-la. A quem não tem, não diga nada, mas seja prudente. Todo mundo tem direito à boa fama. Não diga o que não for preciso, e não diga dos outros o que não constrói e não ajuda em nada. Alguém errou, seja punido, mas não precisa ser difamado. Há um gosto mórbido em noticiar tudo o que é constrangedor ao ser humano. Corte as fofocas logo no início. Não dê atenção à maledicência. Não jure para confirmar a sua palavra. Sua palavra deve bastar, se você merece crédito. Não jure falso, porque isso é feio e é pecado. Cuidemos do que falamos. Santo Antônio dizia que: “A linguagem é viva, quando falam as obras. Cessem, portanto, as palavras e falem as obras. De palavras estamos cheios, mas de obras, vazios; por este motivo nos amaldiçoa o Senhor, como amaldiçoou a figueira em que não encontrou fruto, mas somente folhas […] os apóstolos falavam conforme a linguagem que o Espírito Santo lhes concedia. Feliz de quem fala conforme o Espírito Santo lhe inspira e não conforme o que lhe parece!”.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje celebramos o dia de Santo Antonio de Pádua, que se encantou com o ideal de vida de São Francisco e entregou sua vida em prol do Evangelho de Jesus Cristo.

Peçamos ao Espírito Santo a graça de compreender o mistério da vida de Cristo que a Palavra nos apresenta hoje. Que possamos estar atentos ao movimento de vida nova ao qual o Espírito Santo nos conduzirá nesta oração.

Oremos: “Senhor Jesus, dá-me um coração simples para compreender a riqueza de ensinamentos escondida em tua Palavra. Envia teu Espírito Santo para que eu não tenha medo de escutá-la e vivê-la conforme a tua vontade. Que a Palavra transforme o meu coração através da fé e confiança que eu deposito em ti. Amém.”

Leitura (Verdade)
Leia o texto bíblico atentamente. O que diz o Evangelho? Qual é o ensinamento de Jesus para nós? Quais orientações podemos destacar no texto? Qual delas nos parece ser a orientação central do Evangelho?

“Mesmo sendo permitida no Antigo Testamento, a tendência de jurar admite a prevaricação, que leva à maldade. O Maligno é o pai da mentira. Para não pronunciar o nome de Deus, os piedosos israelitas utilizavam termos alternativos e figurados: céus, terra, Jerusalém. A credibilidade de uma pessoa dispensa o juramento. Jesus falava e agia com autoridade. Tentando fortalecer a fraqueza de seus pensamentos, muitos apelavam para o juramento. O discípulo, pede Jesus, tenha diante de si o “sim” e o “não”. Uma alternativa para o juramento é o grito. Quando as pessoas têm bons argumentos, dispensam os gritos. Nossa fé não se propaga por proselitismo, mas por adesão. A primeira pregação acontece pelo testemunho silencioso.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Agora, vamos trazer a reflexão da Palavra para a nossa vida. O que o texto diz a mim? Quais aspectos do mistério de Deus esta passagem me possibilita conhecer? Qual traço de Jesus a Palavra me revela?

Oração (Vida)
Mantendo em mente os apelos que a Palavra de Deus revelou ao seu coração, apresente ao Senhor a sua oração.

“Jesus, divino Mestre, nós vos adoramos, Filho muito amado do Pai, caminho único para chegarmos a Ele. Nós vos louvamos e agradecemos, porque sois o exemplo que devemos seguir. Com simplicidade queremos aprender de Vós o modo de ver, julgar e agir. Queremos ser atraídos por Vós, para que, caminhando nas vossas pegadas, possamos viver dia a dia a liberdade dos filhos de Deus, renunciando a nós mesmos, para buscar, em tudo, a vontade do Pai. Aumentai nossa esperança, impulsionando plenamente o nosso ser e o nosso agir. Ajudai-nos a retratar em nossa vida a vossa imagem, para que assim vos possamos possuir eternamente no céu. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)
Contemplando a Palavra de Deus e a vida dos santos que atitude de vida você quer praticar com mais amor e fé neste dia? Verbalize ou escreva.

Bênção
A vós graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo!
Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;
Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;
E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,
Para louvor e glória da sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado,
Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça,”(Efésios, 1,2-7).

Ir. Carmen Maria Pulga

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

[apss_share]