Oração diária Não é a justos que vim chamar, mas a pecadores

13ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

01 de julho de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, coloca-me sempre junto àqueles que mais carecem de tua salvação, e liberta-me de toda espécie de preconceitos que contaminam o meu coração

PRIMEIRA LEITURA: Am 8,4-6.9-12

Leitura da Profecia de Amós – 4Ouvi isto, vós que maltratais os humildes e causais a prostração dos pobres da terra; 5vós que andais dizendo: “Quando passará a lua nova, para vendermos bem a mercadoria? E o sábado, para darmos pronta saída ao trigo, para diminuir medidas, aumentar pesos, e adulterar balanças, 6dominar os pobres com dinheiro e os humildes com um par de sandálias, e para pôr à venda o refugo do trigo?
9Acontecerá que naquele dia, diz o Senhor Deus, farei com que o sol se ponha ao meio-dia e em pleno dia escureça a terra; 10mudarei em luto vossas festas e em pranto todos os vossos cânticos; farei vestir saco a todas as cinturas e tornarei calvas todas as cabeças, o país porá luto, como por um filho único, e o final desse dia terminará em amargura. 11Eis que virão dias, diz o Senhor, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir a palavra do Senhor. Os homens vaguearão de um mar a outro mar, circulando do norte para o oriente, em busca da palavra do Senhor, mas não a encontrarão – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 118

  — O homem não vive somente de pão, mas de toda palavra da boca de Deus.
— O homem não vive somente de pão, mas de toda palavra da boca de Deus.

— Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo o coração procura a Deus! De todo o coração eu vos procuro, não deixeis que eu abandone a vossa lei!

— Minha alma se consome o tempo todo em desejar as vossas justas decisões. Escolhi seguir a trilha da verdade, diante de mim eu coloquei vossos preceitos.

— Como anseio pelos vossos mandamentos! Dai-me a vida, ó Senhor, porque sois justo! Abro a boca e aspiro largamente, pois estou ávido de vossos mandamentos.

EVANGELHO: Mt 9,9-13

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 9Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Ele se levantou e seguiu a Jesus. 10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos.
11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: “Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?” 12Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. 13Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Misericórdia eu quero, não sacrifícios. Sentimos o valor da misericórdia quando ela se aplica a nós, mas temos dificuldade de praticá-la. Ficamos restritos aos sacrifícios. A misericórdia se expande em todos os atos de bondade, enquanto os sacrifícios se envolvem de rubricas legais. A misericórdia se manifesta na espontaneidade. Os sacrifícios cumprem ritos exatos para terem validade. Os fariseus não estavam de todo errados. Andar com más companhias nunca foi recomendável por causa da nossa fraqueza. O mau exemplo nos arrasta e a companhia de quem mexe com dinheiro é atraente pelos dividendos. A aproximação para se tornar igual não é recomendável. Desejável é a aproximação que abre novos caminhos. A recepção na casa de Mateus teria sido de qualidade porque recursos havia, e uma boa refeição, se de fato for boa, não faz mal a ninguém. O que faz mal é não comer ou comer mal. Jesus se aproxima e mostra novas dimensões da vida, alarga o horizonte, desvenda um mundo novo de novas alegrias. Mateus, o autor do evangelho, se levantou e seguiu Jesus. Presença amiga, silenciosa e gratuita é um bom condimento no jantar dos pecadores.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Para começarmos a nossa oração com a Palavra de Deus, invoquemos a Trindade Santa, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da sua consolação, por Cristo, Senhor nosso. Amém!”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? No Evangelho de hoje, percebemos a coragem de Jesus em cumprir a sua missão, ao dizer que não veio chamar os justos, mas sim os pecadores. Vamos à leitura do texto, um dos momentos mais importantes da leitura orante. Leia o Evangelho pausadamente, destacando as palavras ou frases que mais lhe chamaram atenção.

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Neste passo da leitura orante, que corresponde à meditação, tome consciência daquilo que Deus quer lhe dizer por meio de sua Palavra. Se achar necessário, leia de novo o Evangelho, procurando identificar aquilo que o Senhor lhe diz.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? O momento da oração corresponde a um diálogo com Deus. Por isso, abra o seu coração, fale com Ele e apresente-se diante Dele com tudo o que você é e que traz em sua mente e em seu coração. Apresente também ao Senhor as necessidades da humanidade.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você a partir da Palavra? A contemplação é um momento de muito amor e muita intimidade entre você e Deus. Coloque-se em profunda sintonia com Ele e com sua Palavra. O que você experimentou por meio do Evangelho de hoje?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]