Oração diária Não cometerás adultério

10ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

10 de junho de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, tu exiges respeito mútuo entre homens e mulheres. Não permitas jamais que a cupidez e a malícia do mundo tomem conta do meu coração

PRIMEIRA LEITURA: 1Rs 19,9a.11-16

Leitura do Primeiro Livro dos Reis.

Naqueles dias, ao chegar a Horeb, o monte de Deus, 9ao profeta Elias entrou numa gruta, onde passou a noite. E eis que a palavra do Senhor lhe foi dirigida nestes termos: 11“Sai e permanece sobre o monte diante do Senhor, porque o Senhor vai passar”. Antes do Senhor, porém, veio um vento impetuoso e forte, que desfazia as montanhas e quebrava os rochedos. Mas o Senhor não estava no vento. Depois do vento houve um terremoto. Mas o Senhor não estava no terremoto.

12Passado o terremoto, veio um fogo. Mas o Senhor não estava no fogo. E depois do fogo ouviu-se um murmúrio de uma leve brisa. 13Ouvindo isto, Elias cobriu o rosto com o manto, saiu e pôs-se à entrada da gruta. Ouviu, então, uma voz que dizia: “Que fazes aqui, Elias?” 14Ele respondeu: “Estou ardendo de zelo pelo Senhor, Deus todo-poderoso, porque os filhos de Israel abandonaram tua aliança, demoliram teus altares e mataram à espada teus profetas. Só eu escapei. Mas, agora, também querem matar-me”.

15O Senhor disse-lhe: “Vai e toma o teu caminho de volta, na direção do deserto de Damasco. Chegando lá, ungirás Hazael como rei da Síria. 16Unge também a Jeú, filho de Namsi, como rei de Israel, e a Eliseu, filho de Safat, de Abel-Meula, como profeta em teu lugar.

SALMO 27

— Senhor, é vossa face que eu procuro!
— Senhor, é vossa face que eu procuro!

— Senhor, ouvi a voz do meu apelo, atendei por compaixão! Meu coração fala convosco confiante, é vossa face que eu procuro.

— Não afasteis em vossa ira o vosso servo, sois vós o meu auxílio! Não me esqueçais nem me deixeis abandonado, meu Deus e Salvador!

— Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver na terra dos viventes. Espera no Senhor e tem coragem, espera no Senhor!

EVANGELHO: Mt 5,27-32

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 27“Ouvistes o que foi dito: ‘Não cometerás adultério’. 28Eu, porém, vos digo: Todo aquele que olhar para uma mulher, com o desejo de possuí-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. 29Se o teu olho direito é para ti ocasião de pecado, arranca-o e joga-o para longe de ti! De fato, é melhor perder um de teus membros do que todo o teu corpo ser jogado no inferno. 30Se tua mão direita é para ti ocasião de pecado, corta-a e joga-a para longe de ti! De fato, é melhor perder um dos teus membros, do que todo o teu corpo ir para o inferno.
31Foi dito também: ‘Quem se divorciar de sua mulher, dê-lhe uma certidão de divórcio’. 32Eu, porém, vos digo: Todo aquele que se divorcia de sua mulher, a não ser por motivo de união irregular, faz com que ela se torne adúltera; e quem se casa com a mulher divorciada comete adultério”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

“Ouvistes o que foi dito… Ora, eu vos digo.” Jesus não se contenta com a letra dos mandamentos. É preciso dar-lhe um espírito. Não basta não cometer adultério, que contém um relacionamento equivocado, senão injusto. É preciso ir adiante e colocar as pessoas dentro de um contexto maior. Um ato impensado cria situações sem saída com prejuízo às vezes de um lado apenas. O respeito por uma pessoa pode começar pelo olhar e o desrespeito pode terminar na rejeição, mas os impulsos da natureza podem ser ajudados pelo mandamento. Uma capa de proteção é bem-vinda, mas não só. O mandamento cria um modo de ser controlado. O autodomínio torna-se hábito pelo exercício contínuo e pela repetição. É o que significa arrancar um olho e cortar a mão, se preciso for, para manter o equilíbrio das relações. A sentença do evangelho segundo a qual é melhor perder um dos membros do que o corpo todo ir para o inferno pode se referir também ao inferno que se cria na vida dos outros pela irreflexão. A honestidade brota de dentro.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje, a Igreja nos convida a rezar por todos os sacerdotes, e você pode acrescentar a essa outras intenções particulares. Iniciemos a nossa oração em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da sua consolação, por Cristo, Senhor nosso. Amém!”

Leitura (Verdade)
Buscar a verdade que está no Evangelho: é isso que devemos fazer neste passo da leitura orante. Faça a leitura do texto bíblico uma, duas ou três vezes. Destaque as palavras que mais lhe chamaram atenção e, se possível, identifique se o texto é uma narrativa, uma parábola, uma oração ou uma exortação. Durante a leitura, coloque-se em atitude de escuta. Depois, responda: o que diz o texto bíblico? O Evangelho nos leva a perceber que o mal que existe dentro de nós deve ser cortado pela raiz. Não devemos permitir que o mal estrague nossa vida, por isso o texto menciona o coração puro.

Meditação (Caminho)
O mal se faz presente na vida do ser humano, e, para impedir que ele aja em nós, precisamos cortá-lo pela raiz. Jesus menciona o coração puro justamente por conta disso. Escute o que o Senhor tem a lhe dizer e responda: o que o texto diz a você? Silencie seu coração e não se deixe envolver por outras vozes. Concentre-se na voz do Senhor Deus, nosso Pai.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? O momento da oração é de encontro com o Senhor. Nesse encontro, o Senhor fala com você, mas você também deve falar com Ele. Por isso, dirija-se a Ele e conte-lhe tudo o que está acontecendo com você, explorando as áreas de sua vida que Ele tocou com a sua Palavra. Tenha em mente todos os homens, mulheres e crianças que sofrem com vários tipos de mal, físicos, psíquicos e espirituais.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você a partir da Palavra? O que ela o(a) leva a experimentar? Faça uma síntese do que a Palavra lhe transmitiu, para recordá-la e vivê-la durante todo o dia.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]