Liturgia diária, Misericórdia eu quero, não sacrifícios - Mt 9,9-13

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho:

A justiça do Reino é inseparável da misericórdia. São os mais perdoados os que mais amam. Deus escolhe quem quer e purifica os escolhidos.

Façamos a oração do dia: Pai, coloca-me sempre junto àqueles que mais carecem de tua salvação, e liberta-me de toda espécie de preconceitos que contaminam o meu coração.

13ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 02 de julho de 2021

PRIMEIRA LEITURA: Gn 23,1-4.19, 24,1-8.62-67  

Leitura do Livro do Gênesis.

23,1Sara viveu cento e vinte e sete anos, 2e morreu em Cariat Arbe, que é Hebron, em Canaã. Abraão veio fazer luto por Sara e chorá-la. 3Depois levantou-se de junto da morta e falou aos hititas: 4“Sou um estrangeiro e hóspede no vosso meio. Cedei-me como propriedade entre vós um lugar de sepultura, onde possa sepultar minha esposa que morreu”.

19Assim, Abraão sepultou Sara, sua mulher, na caverna do campo de Macpela, em frente de Mambré, que é Hebron, na terra de Canaã.24,1Abraão já era velho, de idade avançada, e o Senhor o havia abençoado em tudo. 2Abraão disse ao servo mais antigo da sua casa, administrador de todos os seus bens: “Põe a mão debaixo da minha coxa 3e jura-me pelo Senhor, Deus do céu e da terra, que não escolherás para meu filho uma mulher entre as filhas dos cananeus, no meio dos quais eu moro; 4mas

tu irás à minha terra natal, buscar entre os meus parentes uma mulher para o meu filho Isaac”.

5E o servo respondeu: “E se a mulher não quiser vir comigo para esta terra, deverei levar teu filho para a terra de onde saíste?” 6Abraão respondeu: “Guarda-te de levar meu filho de volta para lá. 7O Senhor, Deus do céu, que me tirou da casa do meu pai e da minha terra natal, e que me falou e jurou, dizendo: ‘À tua descendência darei esta terra’, ele mesmo enviará seu anjo diante de ti e trarás de lá uma mulher para meu filho.8Porém, se a mulher não quiser vir contigo, ficarás livre deste juramento; mas de maneira alguma levarás meu filho de volta para lá”.

62Isaac tinha voltado da região do poço de Laai-Rói e morava na terra do Negueb. 63Ao cair da tarde, Isaac saiu para o campo a passear. Levantando os olhos, viu camelos que chegavam. 64Rebeca também, erguendo os olhos, viu Isaac. Desceu do camelo, 65e

perguntou ao servo: “Quem é aquele homem que vem pelo campo, ao nosso encontro?”

O servo respondeu: “É o meu senhor”. Ela puxou o véu e cobriu o rosto. 66Então o servo contou a Isaac tudo o que tinha feito. 67Ele introduziu Rebeca na tenda de Sara, sua mãe, e recebeu-a por esposa. Isaac amou-a, consolando-se assim da morte da mãe.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 106(105)

— Dai graças ao Senhor, porque ele é bom.

— Dai graças ao Senhor, porque ele é bom.

— Dai graças ao Senhor, porque ele é bom, porque eterna é a sua misericórdia! Quem contará os grandes feitos do Senhor? Quem cantará todo o louvor que ele merece?

— Felizes os que guardam seus preceitos e praticam a justiça em todo o tempo! Lembrai-vos, ó Senhor, de mim, lembrai-vos, pelo amor que demonstrais ao vosso povo!

— Visitai-me com a vossa salvação, para que eu veja o bem-estar do vosso povo, e exulte na alegria dos eleitos, e me glorie com os que são vossa herança.

EVANGELHO:
Mt 9,9-13

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 9Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Ele se levantou e seguiu a Jesus. 10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos.

11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: “Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?” 12Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. 13Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Narrando os milagres de Jesus, Mateus conta como ele mesmo foi chamado para seguir Jesus. A resposta de Mateus, que se levantou prontamente, foi também um milagre? Mateus era escriba e cobrador de impostos. Devia estar bem de vida, mas deixou tudo para seguir Jesus. Mateus optou por uma vida de misericórdia e não por uma vida de sacrifícios. Sacrifícios são ritos religiosos e sociais. Podem existir, são bonitos, têm sentido quando são envolvidos pela misericórdia.

A misericórdia nos faz mudar de posição. Mateus mudou de posição. Colocou-se do outro lado da mesa dos impostos e viu o mundo com os olhos de Deus e dos outros. Diante das necessidades do mundo, vendo a messe grande e os poucos operários, quem de nós se levanta com prontidão, deixa tudo e vai trabalhar com Jesus para que o mundo tenha vida e a tenha em abundância? O que significa na prática: “Eu quero misericórdia e não sacrifícios”? O sacrifício me deixa sempre no mesmo lugar, repetindo gestos conhecidos, tanto religiosos quanto sociais. “Segue-me. Levantou-se e o seguiu”, movido pela misericórdia, sem lugar fixo.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Todos os dias aprendemos com as atitudes e palavras de Jesus. “Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores”. Ele não teme as críticas por causa de suas atitudes de misericórdia, come e bebe com os pecadores.

“Ó Jesus, verdadeira luz que ilumina a humanidade, viestes do Pai para ser nosso mestre e nos ensinar seu caminho na verdade: vida e espírito são as “palavras” que nos destes.
Concedei-nos conhecer os mistérios de Deus e suas incompreensíveis riquezas.
Fazei com que a palavra habite nossa vida e ilumine nossos passos. “

Leitura (Verdade)

O olhar de Jesus penetra os corações, vai além das aparências. Chama Mateus, um funcionário público, excluído do grupo dos que seguiam Jesus por causa da profissão que exercia. Os fariseus presentes questionam Jesus. Qual é a questão que eles colocam?

“A justiça do Reino é inseparável da misericórdia. São os mais perdoados os que mais amam. É o próprio Mateus que narra o instante em que Jesus para diante dele e o convida para o seguimento. Ele pertencia à detestada classe dos publicanos, pecadores públicos. Cobrar impostos era colocar-se a serviço dos dominadores romanos. E sobre todos os cobradores de impostos recaía a dúvida sobre sua honestidade. Mateus abandona a mesa coletora e convida Jesus para ir a sua casa. Ele quer que o Mestre entre definitivamente em sua vida e na vida dos outros pecadores. Deus escolhe quem quer e purifica os escolhidos. Discípulo-missionário, Mateus – também conhecido como Levi – nos deixou seu itinerário espiritual no seu Evangelho.”

Meditação (Caminho)

O que o texto diz a você hoje? Observando o chamado de Mateus, permaneça em silêncio por alguns instantes e procure identificar o que o Evangelho diz a você. Jesus falou a Mateus: ‘Segue-me’, e agora fala com você, mas é necessário que você busque escutá-lo. Repasse o Evangelho e deixe-se tocar pela Palavra de Deus.

Oração (Vida)

Agradeça tudo que a Palavra lhe permitiu compreender e vivenciar do mistério de Cristo. Apresente ainda ao Senhor a oração que brotou em seu coração durante a leitura orante.
Conclua com o salmo 31: Em ti, Senhor, me refugio;
nunca permitas que eu seja humilhado;
livra-me pela tua justiça.

Inclina os teus ouvidos para mim,
vem livrar-me depressa!

Sê minha rocha de refúgio,
uma fortaleza poderosa para me salvar.

Sim, tu és a minha rocha e a minha fortaleza;
por amor do teu nome, conduze-me e guia-me.

Contemplação (Vida e Missão)

Depois de orar com essa Palavra que sentimentos habitam seu coração? O que você se propõe a viver? Como pretende ser grato(a) a Deus pelas muitas vezes que você foi beneficiado(a) pela ajuda de outros?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !