Oração diária, João Batista, um homem justo e santo - Mc 6,14-29

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mc 6,14-29

A missão do profeta é anunciar o bem e denunciar o mal. João fez isso de maneira perfeita.

Façamos a oração do dia: Pai, que as contrariedades da vida jamais me intimidem e impeçam de seguir adiante, cumprindo minha missão de evangelizador.

4ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 05 de fevereiro de 2021

PRIMEIRA LEITURA: Hb 13,1-8 

Leitura da Carta aos Hebreus.

Irmãos, 1perseverai no amor fraterno. 2Não esqueçais a hospitalidade; pois, graças a ela, alguns hospedaram anjos, sem o perceber. 3Lembrai-vos dos prisioneiros, como se estivésseis presos com eles, e dos que são maltratados, pois também vós tendes um corpo! 4O matrimônio seja honrado por todos e o leito conjugal, sem mancha; porque Deus julgará os imorais e adúlteros.

5Que o amor ao dinheiro não inspire a vossa conduta. Contentai-vos com o que tendes, porque ele próprio disse: “Eu nunca te deixarei, jamais te abandonarei”. 6De modo que podemos dizer, com ousadia: “O Senhor é meu auxílio, jamais temerei; que poderá fazer-me o homem?” 7Lembrai-vos de vossos dirigentes, que vos pregaram a palavra de Deus, e considerando o fim de sua vida, imitai-lhes a fé. 8Jesus Cristo é o mesmo, ontem e hoje e por toda a eternidade.

Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 27(26) 

— O Senhor é minha luz e salvação!

— O Senhor é minha luz e salvação!

— O Senhor é minha luz e salvação; de quem eu terei medo? O Senhor é a proteção da minha vida; perante quem eu tremerei?

— Se contra mim um exército se armar, não temerá meu coração; se contra mim uma batalha estourar, mesmo assim confiarei.

— Pois um abrigo me dará sob o seu teto nos dias da desgraça; no interior de sua tenda há de esconder-me e proteger-me sobre a rocha.

— Senhor, é vossa face que eu procuro; não me escondais a vossa face! Não afasteis em vossa ira o vosso servo, sois vós o meu auxílio! Não me esqueçais nem me deixeis abandonado.

EVANGELHO:  Mc 6,14-29

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 14o rei Herodes ouviu falar de Jesus, cujo nome se tinha tornado muito conhecido. Alguns diziam: “João Batista ressuscitou dos mortos. Por isso os poderes agem nesse homem”. 15Outros diziam: “É Elias”. Outros ainda diziam: “É um profeta como um dos profetas”.

16Ouvindo

isto, Herodes disse: “Ele é João Batista. Eu mandei cortar a cabeça dele, mas ele ressuscitou!” 17Herodes tinha mandado prender João, e colocá-lo acorrentado na prisão. Fez isso por causa de Herodíades, mulher do seu irmão Filipe, com quem se tinha casado.

18João dizia a Herodes: “Não te é permitido ficar com a mulher do teu irmão”. 19Por isso Herodíades o odiava e queria matá-lo, mas não podia. 20Com efeito, Herodes tinha medo de João, pois sabia que ele era justo e santo, e por isso o protegia. Gostava de ouvi-lo, embora ficasse embaraçado quando o escutava.

21Finalmente, chegou o dia oportuno. Era o aniversário de Herodes, e ele fez um grande banquete para os grandes da corte, os oficiais e os cidadãos importantes da Galileia. 22A filha de Herodíades entrou e dançou, agradando a Herodes e seus convidados. Então o rei disse à moça: “Pede-me o que quiseres e eu te darei”. 23E lhe jurou dizendo: “Eu te darei qualquer coisa que me pedires, ainda que seja a metade do meu reino”.

24Ela

saiu e perguntou à mãe: “Que vou pedir?” A mãe respondeu: “A cabeça de João Batista”. 25E, voltando depressa para junto do rei, pediu: “Quero que me dês agora, num prato, a cabeça de João Batista”.

26O rei ficou muito triste, mas não pôde recusar. Ele tinha feito o juramento diante dos convidados. 27Imediatamente, o rei mandou que um soldado fosse buscar a cabeça de João. O soldado saiu, degolou-o na prisão, 28trouxe a cabeça num prato e a deu à moça. Ela a entregou à sua mãe. 29Ao saberem disso, os discípulos de João foram lá, levaram o cadáver e o sepultaram.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Herodes temia João. Sabia que era um homem justo e santo, e lhe dava proteção. Mesmo triste, mandou decapitá-lo, deixando-se levar pelo respeito humano, consequência de uma promessa inoportuna e de dependências negativas.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

O Evangelho proposto para a nossa meditação nos apresenta o martírio de São João Batista. Em nossa oração, mantenhamos presente o testemunho de tantos mártires que entregaram e continuam entregando a sua vida pelo Cristo. Que seu testemunho nos motive a viver com radicalidade a nossa fé.

Rezemos: “Divino Espírito Santo, necessitamos muito de vossa ajuda para conhecer o caminho que devemos seguir. Temos necessidade de vós, para que o nosso coração, inundado pela vossa consolação, se abra e que, muito além das palavras e dos conceitos, possamos perceber a vossa presença. Iluminai a nossa mente, movei o nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)

Leia o texto pausadamente e procure imaginar a narrativa. Faça uma segunda leitura e se detenha nos personagens. Por qual motivo a voz do Batista foi silenciada brutalmente? Qual é a posição do rei diante do pedido da filha de Herodíades? Que outros elementos podem ser destacados no texto?

“A missão do profeta é anunciar o bem e denunciar o mal. João fez isso de maneira perfeita. Ele anunciava aquele de quem não era digno de desatar seu calçado. E não teve receio de enfrentar Herodes Antipas, filho de Herodes Magno, aquele mesmo que tentou matar Jesus quando era recém-nascido. É um rei fraco, que gosta de ouvir João, mas o coloca na cadeia. Ao seu lado tem uma amante ambiciosa e sem escrúpulos e uma filha marcada pela futilidade. Junto ao rei estão os grandes, participantes do Banquete da Morte. Em outro lugar e momento, Jesus realiza o Banquete da Vida, dando pão para os pobres. Aquela cabeça degolada povoaria, com pesadelos, o sono de Herodes: “Não é lícito viver com a mulher do teu irmão”. (Viver a Palavra – 2021. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

“Herodes é a figura do poder corrompido e embrutecido pela vaidade e pela ostentação. Mandou decapitar João Batista por covardia, mesmo sabendo que matava um profeta de Deus. Ficou triste e mesmo assim não foi em favor da vida. Um sentimento que não se compromete com o sofredor, com o humilhado, com o necessitado, é totalmente desnecessário. Ninguém precisa da ‘pena’ do outro. O que move e transforma vidas e o mundo é a solidariedade e a compaixão. João perde a cabeça por causa de Jesus. Há tantas pessoas que perdem a cabeça por motivos tão fúteis, tão banais. A nossa cabeça pertence ao Senhor Jesus” (Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Oração (Vida)

Neste momento de sua oração, aproxime-se do Senhor, silencie o seu coração e faça a sua oração. Apresente a Jesus suas intenções e as necessidades do povo de Deus. Amar, cuidar e rezar com e pelos mais necessitados.

Contemplação (Vida e Missão)

De que forma a Palavra de Deus estará presente neste seu dia? O que você deseja colocar em prática segundo os ensinamentos de Jesus?

Bênção

O Senhor Jesus Cristo esteja ao meu lado para me sustentar,
Dentro de mim para me encorajar,
Diante de mim para me orientar,
Atrás de mim para me proteger,
Acima de mim para me abençoar.
Ele que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.
Que a bênção de Deus Pai de amor e bondade desça sobre mim, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !