Liturgia diaria 22 de janeiro de 2016

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mc 3,13-19

O Evangelho de hoje é um convite para acolhermos o chamado de Deus, para estarmos com Ele e para anunciarmos o Evangelho da salvação.

Façamos a oração do dia: Divino Espirito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, desperta-me para o chamado que Deus me faz e coragem para responder com coragem o serviço aos irmãos.

2ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 22 de janeiro de 2021

PRIMEIRA LEITURA:  Hb 8,6-13 

Leitura da Carta aos Hebreus.

Irmãos, 6agora, Cristo possui um ministério superior. Pois ele é o mediador de uma aliança bem melhor, baseada em promessas melhores. 7De fato, se a primeira aliança fosse sem defeito, não se procuraria estabelecer uma segunda. 8Com efeito, Deus adverte: “Dias virão, diz o Senhor, em que concluirei com a casa de Israel e com a casa de Judá uma nova aliança. 9Não como a aliança que eu fiz com os seus pais, no dia em que os conduzi pela mão para fazê-los sair da terra do Egito. Pois eles não permaneceram fiéis à minha aliança; por isso, me desinteressei deles, diz o Senhor. 10Eis a aliança que estabelecerei com o povo de Israel, depois daqueles dias – diz

o Senhor: porei minhas leis na sua mente e as gravarei no seu coração, e serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. 11Ninguém mais ensinará o seu próximo, e nem o seu irmão, dizendo: ‘Conhece o Senhor!’ Porque todos me conhecerão, desde o menor até o maior. 12Porque terei misericórdia das suas faltas, e não me lembrarei mais dos seus pecados”. 13Assim, ao falar de nova aliança, declarou velha a primeira. Ora, o que envelhece e se torna antiquado está prestes a desaparecer.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 85(84)

— A verdade e o amor se encontrarão.

— A verdade e o amor se encontrarão.

— Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade, concedei-nos também vossa salvação! Está perto a salvação dos que o temem, e a glória habitará em nossa terra.

— A verdade e o amor se encontrarão, a justiça e a paz se abraçarão; da terra brotará a fidelidade, e a justiça olhará dos altos céus.

— O Senhor nos dará tudo o que é bom, e a nossa terra nos dará suas colheitas; a justiça andará na sua frente e a

salvação há de seguir os passos seus.

EVANGELHO:  Mc 3,13-19

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram até ele. 14Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá-los a pregar, 15com autoridade para expulsar os demônios. 16Designou, pois, os Doze: Simão, a quem deu o nome de Pedro; 17Tiago e João, filhos de Zebedeu, aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer “filhos do trovão”; 18André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, 19e Judas Iscariotes, aquele que depois o traiu.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Jesus está com um grupo mais restrito. Vai escolher os doze apóstolos para ficarem com ele, para anunciarem a Boa-Nova e para expulsarem demônios. São Marcos mantém a visão de Jesus que se opõe ao poder demoníaco. Em seu primeiro ato público

na sinagoga de Cafarnaum, ele enfrentou o demônio, que diminuía o ser humano. Na realidade, o demônio reconheceu que Jesus era o Santo de Deus. A oposição parece dar-se com os escribas.

Os doze apóstolos, que são de Jesus, também deverão estar do lado oposto ao do demônio e de seus agentes. Jesus chama Pedro de Satanás quando percebe que ele está caindo na tentação de bandear-se para o outro lado. Os apóstolos, expulsando os demônios, darão ao mundo a Boa Notícia da salvação. Salvação de quê? Neste caso, da dominação demoníaca, que se abate sobre o ser humano e tira-lhe a dignidade. Salvação e libertação do pecado do mundo.

O Pecado do mundo, com P maiúsculo, atenta contra o ser humano, criado à imagem e semelhança de Deus. Segundo a tradição, esses homens escolhidos para serem apóstolos do Senhor saíram pelo mundo afora e anunciaram a Boa Notícia do Reino por toda parte, dando testemunho de sua fé com a própria vida. Morreram pela causa que abraçaram e são alicerce seguro da Igreja de Jesus.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

“Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, desperta-me para o chamado que Deus me faz e dá-me coragem para responder-lhe com o serviço aos irmãos. Amém.” É Deus que chama e envia em missão quem Ele quer. O Evangelho de hoje é um convite para acolhermos o chamado de Deus, para estarmos com Ele e para anunciarmos o Evangelho da salvação.

Leitura (Verdade)

Leia pausadamente o Evangelho com uma atitude de escuta e adesão à Palavra de Deus. Observe Jesus subindo a montanha e chamando cada discípulo pelo nome. Os discípulos chamados constituem o número de doze apóstolos. Jesus os chama para permanecerem com Ele e para enviá-los em missão, para anunciar a Boa-Nova, com o poder de expulsar os demônios. Recorde outras passagens bíblicas em que Deus chama pessoas para enviá-las em missão.

“O evangelista Marcos ilumina o privilégio e o mistério da vocação e aponta três momentos. O Senhor chama quem quer para ficar com ele e, depois, o envia a evangelizar. Estão ali assinaladas duas dimensões: o discipulado – estar com ele – e o apostolado – o envio para pregar com autoridade sobre as forças do mal. Com a escolha do grupo, Jesus dá início a uma nova etapa em sua missão. A constituição dos Doze tem um significado especial no ministério de Jesus: o restabelecimento do Povo de Deus, recriando as doze tribos de Israel. Mais que figuras individuais, eles são figuras coletivas, imagem do novo Povo de Deus, que é a Igreja. Significativamente, os quatro evangelistas começam a nominata de Simão Pedro.” (Viver a Palavra – 2021. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que Jesus me diz por meio do Evangelho de hoje? Qual palavra mais me tocou? Em que situações sinto o chamado de Deus? Qual é minha resposta? Para qual missão Deus me envia?

Oração (Vida)

Reze pela sua vocação, seja ela qual for: Senhor, ajuda-me a viver minha vocação no amor e na simplicidade!
Reze pelas vocações da Igreja – matrimonial, leiga, sacerdotal e religiosa –, repetindo várias vezes, durante o dia, o refrão: “Ó Jesus, Pastor eterno, enviai bons operários para a vossa messe!”

Contemplação (Vida e Missão)

Contemple no silêncio de seu coração a voz de Deus, chamando-o(a) pelo nome. Qual apelo Deus desperta em seu coração hoje?

Bênção

O Senhor, Deus de amor e paz, habite em vossos corações, oriente os vossos passos e confirme os vossos corações em seu amor. Vá em paz e seja um mensageiro (a) da Boa Nova.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui