Oração diária As discípulas de Jesus

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 8,1-3

A Palavra de Deus hoje nos convida ao seguimento de Jesus. Ele pisou as estradas da Palestina, indo ao encontro das pessoas, caminhando com elas.

Façamos a oração do dia: Pai, reveste-me do amor e da fidelidade necessárias para ser servidor do Reino. Que eu demonstre meu reconhecimento a ti, colocando minha vida a serviço do meu próximo.

24ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 18 de setembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA: 1Cor 15,12-20

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios – Irmãos, 12ora, se se prega que Cristo ressuscitou dos mortos, como podem alguns dizer entre vós que não há ressurreição dos mortos? 13Se não há ressurreição dos mortos, então Cristo não ressuscitou. 14E se Cristo não ressuscitou, a nossa pregação é vã e a vossa fé é vã também. 15Nesse caso, nós seríamos testemunhas mentirosas de Deus, porque teríamos atestado — contra Deus — que ele ressuscitou Cristo, quando, de fato, ele não o teria ressuscitado — se é verdade que os mortos não ressuscitam.

16Pois, se os mortos não ressuscitam, então Cristo também não ressuscitou. 17E se Cristo não ressuscitou, a vossa fé não tem nenhum valor e ainda estais nos vossos pecados. 18Então,

também os que morreram em Cristo pereceram. 19Se é para esta vida que pusemos a nossa esperança em Cristo, nós somos — de todos os homens — os mais dignos de compaixão. 20Mas, na realidade, Cristo ressuscitou dos mortos como primícias dos que morreram. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 17(16)

— Ao despertar, me saciará vossa presença, ó Senhor.
— Ao despertar, me saciará vossa presença, ó Senhor.

— Ó Senhor, ouvi a minha justa causa, escutai-me e atendei o meu clamor! Inclinai o vosso ouvido à minha prece, pois não existe falsidade nos meus lábios!

— Eu vos chamo, ó meu Deus, porque me ouvis, inclinai o vosso ouvido e escutai-me! Mostrai-me vosso amor maravilhoso, vós que salvais e libertais do inimigo quem procura a proteção junto de vós.

— Protegei-me qual dos olhos a pupila e guardai-me à proteção de vossas asas. Mas eu verei, justificado, a vossa face e ao despertar me saciará vossa presença.

EVANGELHO:  Lc 8,1-3

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele

tempo, 1Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa-Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; 2e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Jesus é a Palavra viva do Pai, lançada sobre a terra para produzir frutos de salvação. É a semente que cai na terra do coração dos que a acolhem. Estes formam a família de Jesus por ele reconhecida.

O profetismo de Jesus faz com que a Palavra seja ouvida e mostre a sua eficácia. Ela produz frutos. Leremos nestes dias considerações sobre os seguidores de Jesus, a parábola do semeador e a pergunta sobre quem são de verdade os membros da família de Jesus.

A tempestade acalmada, o possesso de Gerasa, a cura da hemorroíssa e a ressurreição da filha de Jairo não serão contemplados na liturgia semanal deste ano. O texto de hoje é um breve sumário das atividades de Jesus, com a menção de algumas mulheres discípulas. Jesus anda por cidades e povoados anunciando a Boa-Nova do Reino de Deus.

Com

ele vão os Doze apóstolos e algumas mulheres, como Maria Madalena, Joana, mulher de Cuza, Susana e outras mais. Maria Madalena é mencionada várias vezes e identificada com esse nome. Há outras Marias e mulheres anônimas, que não precisam ser confundidas com a Madalena.

Alguns intérpretes dizem que ela foi curada de uma doença dos nervos. Seriam esses os sete demônios. Joana aparece de novo, quando o anjo anuncia a ressurreição de Jesus. De Susana não sabemos nada. Estas mulheres e os apóstolos são testemunhas qualificados da pessoa de Jesus, que o acompanharam desde o início.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

A Palavra de Deus hoje nos convida ao seguimento de Jesus. Ele pisou as estradas empoeiradas da Palestina, indo ao encontro das pessoas, caminhando lado a lado com elas. Coloquemo-nos à disposição do Senhor para escutar a sua Palavra. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

O Senhor é nossa força, consolo e abrigo. A Ele entregamos nossa vida e este novo dia. A Ele confiamos nossos esforços, as pessoas que amamos e todas aquelas com as quais partilharemos a vida neste dia.

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Observe o contexto do relato evangélico: lugares, pessoas e acontecimentos. Relembre outros textos bíblicos que abordam a presença e a ação das mulheres.

“Este pequeno sumário resume o ministério de Jesus, marcado pelo ensino e pela superação das doenças e dos maus espíritos. Os apóstolos escolhidos são denominados, pela primeira vez, como os “Doze”. Lucas destaca um traço peculiar do Mestre: a presença de mulheres no grupo dos discípulos.

Algumas delas haviam sido curadas de suas enfermidades morais; outras serviam o grupo com seus bens materiais. Hoje, felizmente, é crescente a presença da mulher na vida e no pensamento da Igreja. A ótica feminina ajuda a entender melhor Jesus e sua missão. De resto elas têm uma presença marcante nos ministérios não ordenados. É um direito adquirido na manhã da ressurreição: elas foram as primeiras testemunhas.” 

Meditação (Caminho)

Mantenha em mente o significado do Evangelho, retome-o e coloque-se à disposição para escutar o que o Senhor quer lhe dizer por meio dele. Este é o momento de meditação da Palavra, no qual você é convidado(a) a escutar o Senhor e a permitir que sua Palavra se misture com a sua vida.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? A oração é o momento de encontro com o Deus de amor e misericórdia. Coloque-se na presença do Senhor sem medo e faça a sua oração, entregando-lhe tudo que você é e tem. Se desejar, reze também um Salmo ou a oração do Pai-nosso

Contemplação (Vida e Missão)

Contemplando o poder de Jesus e sua força libertadora como quero estar junto dele neste dia e deixar que Ele expulse de mim tudo o que me impede de amar com liberdade de coração?

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !