Oração diária, A cura da sogra de Simão - Lc 4,38-44
Faça uma doação de qualquer valor e ajude a manter o site no ar !

PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 4,38-44

Os milagres feitos por Jesus têm um significado muito claro: o mal, as trevas, tudo o que diminuía o homem, estavam sendo expulsos.

Façamos a oração do dia: Pai, que a presença de Jesus em minha vida seja motivo de libertação, de modo que eu possa servir com alegria o meu próximo, especialmente, os mais necessitados.

22ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 02 de setembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA:  1Cor 3,1-9

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios – 1Irmãos, não pude falar-vos como a pessoas espirituais. Tive de vos falar como a pessoas carnais, como a crianças na vida em Cristo. 2Pude oferecer-vos somente leite, não alimento sólido, pois ainda não éreis capazes de tomá-lo. E nem atualmente sois capazes de receber alimento sólido, 3visto que ainda sois carnais. As rivalidades e rixas que existem aí, no meio de vós, acaso não mostram que sois carnais e que procedeis de acordo com os impulsos naturais?

4Quando um declara: “Eu sou de Paulo”, e outro: “Eu sou de Apolo”, não estais procedendo como pessoas simplesmente naturais? 5Pois, que é Apolo? que é Paulo? Não passam de servidores, pelos quais chegastes à fé.

E cada um deles exerce seu serviço segundo o dom recebido de Deus. 6Eu plantei, Apolo regou, mas Deus é que fazia crescer. 7De modo que nem o que planta, nem o que rega são, propriamente, importantes. Quem é importante é aquele que faz crescer: Deus.

8Aquele que planta e aquele que rega formam uma unidade, mas cada um receberá o seu próprio salário, proporcional ao seu trabalho. 9Com efeito, nós somos cooperadores de Deus, e vós sois lavoura de Deus, construção de Deus.

SALMO 33(32)

— Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança!
— Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança!

— Feliz o povo cujo Deus é o Senhor, e a nação que escolheu por sua herança! Dos altos céus o Senhor olha e observa; ele se inclina para olhar todos os homens.

— Ele contempla do lugar onde reside e vê a todos os que habitam sobre a terra. Ele formou o coração de cada um e por todos os seus atos se interessa.

— No Senhor nós esperamos confiantes, porque ele é nosso auxílio e proteção! Por isso o nosso

coração se alegra nele, seu santo nome é nossa única esperança

EVANGELHO:  Lc 4,38-44

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 38Jesus saiu da sinagoga e entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava sofrendo com febre alta, e pediram a Jesus em favor dela. 39Inclinando-se sobre ela, Jesus ameaçou a febre, e a febre a deixou. Imediatamente, ela se levantou e começou a servi-los.

40Ao pôr do sol, todos os que tinham doentes atingidos por diversos males, os levaram a Jesus. Jesus punha as mãos em cada um deles e os curava. 41De muitas pessoas também saíam demônios, gritando: “Tu és o Filho de Deus”. Jesus os ameaçava, e não os deixava falar, porque sabiam que ele era o Messias.

42Ao raiar do dia, Jesus saiu e foi para um lugar deserto. As multidões o procuravam e, indo até ele, tentavam impedi-lo de as deixar. 43Mas

Jesus disse: “Eu devo anunciar a Boa Nova do Reino de Deus também a outras cidades, porque para isso é que eu fui enviado”. 44E pregava nas sinagogas da Judeia. – Palavra da Salvação.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Saindo da sinagoga de Cafarnaum, Jesus foi à casa de Simão Pedro. Logo lhe comunicaram que a sogra de Simão estava com muita febre. Vamos presenciar a primeira cura feita por Jesus no Evangelho de Lucas. Ele se inclina para a senhora que estava acamada e fala severamente com a febre, como se fosse uma pessoa, assim como falou severamente com o espírito impuro. Ambos estavam neutralizando o ser humano.

Quem observa a atitude de Jesus, percebe logo para que ele veio a este mundo: por nossa causa e para mostrar qual é a vontade do Pai em relação a cada um de nós. Ele quer nosso bem. O mal é um enigma para todos nós. Ele existe e é atuante. Olhando para Jesus, podemos ser parecidos com ele diante dos males da vida: não nos deixar submergir pelo mal e combatê-lo com todas nossas forças.Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Meu Senhor e meu Deus, creio firmemente que estás aqui, que me vês, que me ouves; adoro-Te com profunda reverência. Peço-Te perdão dos meus pecados e a graça para fazer com fruto este tempo de oração.

Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda e acolha Tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame e te faça amar, te sirva e te faça sevir, te louve e faça louvar por todas as criaturas. Faze, ó Pai, que pela leitura da Palavra, os pecadores se convertam, os justos perseverem na graça e que todos consigamos a vida eterna. Amém!

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Qual é o contexto da narrativa? O que representava a enfermidade de acordo com a mentalidade da época? Qual é a ação de Jesus? Qual é a mensagem central do texto?

“Ainda hoje temos a tentação de avaliar a santidade por algum possível milagre. Jesus curou muitos, mas não queria ser conhecido como alguém dotado do poder de curar. Seus milagres são sinais do Reino e da libertação. A sogra de Pedro, uma vez curada, é integrada à vida familiar e responde com hospitalidade e gratidão.

As curas feitas por Jesus têm um significado muito claro: o mal, as trevas, tudo o que diminuía o homem, estavam sendo expulsos. Os doentes eram conduzidos pelos seus familiares. Isto mostra uma vida familiar alimentada pela fé e pelo cuidado. Não temos o compromisso nem a possibilidade de fazer milagres. Temos a possibilidade de amar: este é o verdadeiro milagre, ao nosso alcance.

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim?
Neste segundo passo da leitura orante, aproxime-se do Evangelho e leia-o novamente. Durante a leitura, deixe-se conduzir pela Palavra e escute, com bastante atenção, a voz do Senhor, que fala com você por meio dela. Procure identificar o caminho que Ele lhe indica

Oração (Vida)

Hoje, quarta-feira, é dia de rezarmos pelas pessoas doentes. O Senhor é nossa força, consolo e abrigo. A Ele entregamos nossa vida e as pessoas que amamos, sobretudo as que estão em sofrimento por alguma doença física, psíquica ou espiritual. Que a Palavra de Deus toque a nossa mente, nossa vontade e nosso coração e nos faça perceber a compaixão que Deus tem para com os que sofrem.

Contemplação (Vida e Missão)

Após contemplar a ação de Jesus para com os que sofrem vamos assumir a proposta de dar especial atenção aos doentes e deprimidos.

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui