liturgia diaria Mc 10,46-52

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mc 10,46-52

Esta é a atitude fundamental para acolher em profundidade a Palavra de Deus; reconhecer nossa pequenez e cegueira diante do Mistério Divino.

Façamos a oração do dia: Pai, dá-me forças para lutar contra a cegueira que me impede de reconhecer teu amor misericordioso manifestado em Jesus. Faze com que eu veja!

8ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 27 de maio de 2021

PRIMEIRA LEITURA: Eclo 42,15-26  

Leitura do Livro do Eclesiástico.

15Vou recordar as obras do Senhor, vou descrever aquilo que vi. Pelas palavras do Senhor foram feitas as suas obras, de acordo com a sua vontade realizou-se o seu julgamento. 16O sol brilhante contempla todas as coisas, e a obra do Senhor está cheia da sua glória. 17Os santos do Senhor não são capazes de descrever todas as suas maravilhas. O Senhor todo-poderoso as confirmou, para que tudo continuasse firme para sua glória. 18Ele sonda o abismo e o coração, e penetra em todas as suas astúcias. 19Pois o Altíssimo possui toda a ciência e fixa o olhar nos sinais dos tempos; Ele manifesta o passado e o futuro e revela as coisas ocultas. 20Nenhum pensamento lhe escapa e nenhuma palavra lhe fica escondida. 21Pôs

em ordem as maravilhas da sua sabedoria, pois só Ele existe antes dos séculos e para sempre. 22Nada lhe foi acrescentado, nada tirado, e Ele não precisa de conselheiro algum. 23Como são desejáveis todas as suas obras brilhando como centelha que se pode contemplar! 24Tudo isso vive e permanece sempre, e em todas as circunstâncias tudo lhe obedece. 25Todas as coisas existem aos pares, uma em face da outra, e Ele nada fez de incompleto: 26uma coisa completa a bondade da outra, quem, pois, se fartará de contemplar a sua glória?

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO  33(32)

— A palavra do Senhor criou os céus.

 A palavra do Senhor criou os céus.

— Dai graças ao Senhor ao som da harpa, na lira de dez cordas celebrai-o! Cantai para o Senhor um canto novo, com arte sustentai a louvação!

— Pois reta é a palavra do Senhor, e tudo o que ele faz, merece fé. Deus ama o direito e a justiça, transborda em toda a terra a sua graça.

— A palavra do Senhor criou os céus, e o sopro de seus lábios, as estrelas. Como num odre junta as águas do oceano, e mantém no seu limite as grandes águas.

— Adore

ao Senhor a terra inteira, e o respeitem os que habitam o universo! Ele falou e toda a terra foi criada, ele ordenou e as coisas todas existiram.

EVANGELHO: Mc 10,46-52

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 46Jesus saiu de Jericó, junto com seus discípulos e uma grande multidão. O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo, estava sentado à beira do caminho. 47Quando ouviu dizer que Jesus, o Nazareno, estava passando, começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!”.

48Muitos o repreendiam para que se calasse. Mas ele gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem piedade de mim!” 49Então Jesus parou e disse: “Chamai-o”. Eles o chamaram e disseram: “Coragem, levanta-te, Jesus te chama!” 50O cego jogou o manto, deu um pulo e foi até Jesus. 51Então

Jesus lhe perguntou: “Que queres que eu te faça?” O cego respondeu: “Mestre, que eu veja!” 52Jesus disse: “Vai, a tua fé te curou”. No mesmo instante, ele recuperou a vista e seguia Jesus pelo caminho.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Chegaram a Jericó. Quando Jesus estava saindo da cidade, acompanhavam-no os discípulos e uma grande multidão. O mendigo cego, Bartimeu, filho de Timeu, estava sentado à beira do caminho. Ouvindo que era Jesus Nazareno, começou a gritar: “Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim”. Muitos o repreendiam para que se calasse. Mas ele gritava ainda mais alto: “Filho de Davi, tem compaixão de mim”. Jesus parou e disse: “Chamai-o!” Eles o chamaram, dizendo: “Coragem, levanta-te! Ele te chama!” O cego jogou o manto fora, deu um pulo e se aproximou de Jesus. Este lhe perguntou: “Que queres que eu te faça?” O cego respondeu: “Rabûni, meu Mestre, que eu veja”. Jesus disse: “Vai, tua fé te salvou”. No mesmo instante, ele recuperou a vista e foi seguindo Jesus pelo caminho.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

“Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!”. Esta é a atitude fundamental para acolher em profundidade a Palavra de Deus; reconhecer nossa pequenez e cegueira diante do Mistério Divino. Coloquemo-nos na presença da Palavra com a atitude do cego Bartimeu: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!”.

Oremos: “Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, desperta meus ouvidos para que eu possa escutar como discípulo a Palavra de Deus. Dá-me vida pela tua palavra. Que o meu coração seja uma terra boa para que tua palavra seja semeada e possa dar muitos frutos bons. Amém!”

Leitura (Verdade)

Leia pausadamente e com profunda atenção este Evangelho. Quem seguia Jesus? Onde estava Bartimeu? O que fazem os ouvintes diante da oração forte, saída das entranhas, que o cego faz ao ouvir falar de Jesus? Que atitude tem o cego ao ouvir falar que Jesus o chama?

“Cego e mendigo, Bartimeu é a figura do marginalizado, esquecido ao longo dos caminhos. Ele não vê, não participa e depende das esmolas. Mas se dá conta de que Jesus passaria pela sua vida e começa a implorar por auxílio. A comunidade se divide: alguns pedem que não incomode, não perturbe, enquanto outros o animam: “Coragem… ele te chama”. Deixando de lado o manto onde eram depositadas as esmolas, o cego dá um salto. Ele se aproxima de Jesus e pronuncia uma oração maravilhosa: “Senhor, eu quero ver”. Recuperada a visão, outra coisa maravilhosa acontece: ele segue Jesus pelo caminho. Além da visão física, recebeu a visão da fé. Os olhos da fé nos ensinam a ver as pessoas, os acontecimentos e o mundo como Deus os vê.”

Meditação (Caminho)

Agora, vamos trazer a reflexão da Palavra para a vida. O que o texto diz para mim?
O que este relato lhe diz? Que aspectos do mistério de Deus esta passagem possibilita conhecer? Qual traço de Jesus a Palavra lhe revela? O que Jesus pede a você hoje?

Oração (Vida)

“Ó Senhor Jesus Cristo, abre os olhos do meu coração para que eu possa ouvir a tua Palavra, que eu entenda e faça a tua vontade, pois sou um peregrino na Terra. Não escondas de mim os teus mandamentos, mas abre os olhos, para que eu possa perceber as maravilhas da tua lei. Fala para mim as coisas ocultas e secretas da tua sabedoria. Em ti coloco minha esperança, ó meu Deus, de iluminar minha mente e meu entendimento com a luz do teu conhecimento; não apenas para valorizar as coisas que estão escritas, mas para realizá-las, pois tu és a luz para queles que jazem nas trevas, e de ti vem toda boa ação e toda graça. Amém.” (São João Crisóstomo).

Contemplação (Vida e Missão)

Contemple a ordem de Jesus: –“chamai-o” -, para com o cego. Qual sua atitude a partir da escuta atenta deste relato?

Bênção

Deus Pai do céu te abençoe e te cuide
Que Ele esteja na tua frente para te mostrar o caminho correto.
Atrás de ti para te sustentar em todos os desafios
Acima de ti para te proteger contra os perigos que vem do alto
Que Deus esteja em teu coração como chama ardente, e que a luz dele ilumine tua vida e te aqueça para a virtude.
Que Ele te cerque por todos os lados e não permita que te afastes dele. Amém.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !