Oração diária, Jesus ensina e forma seus colaboradores - Mc 3,13-19

2ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

24 de janeiro de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, apesar da minha fraqueza, sei que contas comigo para o serviço do teu Reino. Vem em meu auxílio, para que eu seja um instrumento útil em tuas mãos.

PRIMEIRA LEITURA: 1Sm 24,3-21

Leitura do Primeiro Livro de Samuel

Naqueles dias, 3Saul tomou consigo três mil homens escolhidos em todo o Israel e saiu em busca de Davi e de seus homens, até os rochedos das cabras monteses. 4E chegou aos currais de ovelhas que encontrou no caminho.

Havia ali uma gruta, onde Saul entrou para satisfazer suas necessidades. Davi e seus homens achavam-se no fundo da gruta 5e os homens de Davi disseram-lhe: “Este certamente é o dia do qual o Senhor te falou: ‘Eu te entregarei o teu inimigo, para que faças dele o que quiseres’.

Então Davi aproximou-se de mansinho e cortou a ponta do manto de Saul. 6Mas logo o seu coração se encheu de remorsos por ter feito aquilo, 7e disse aos seus homens: “Que o Senhor me livre de fazer uma coisa dessas ao ungido do Senhor, levantando a minha mão contra ele, o ungido do Senhor”.
8Com essas palavras, Davi conteve os seus homens, e não permitiu que se lançassem sobre Saul. Este deixou a gruta e seguiu seu caminho.

9Davi levantou-se a seguir, saiu da gruta e gritou atrás dele: “Senhor, meu rei!” Saul voltou-se e Davi inclinou-se até o chão e prostrou-se. 10E disse a Saul: “Por que dás ouvidos às palavras dos que te dizem que Davi procura fazer-te mal? 11Viste hoje com teus próprios olhos que o Senhor te entregou em minhas mãos, na gruta. Renunciando a matar-te! Poupei-te a vida, porque pensei: Não levantarei a mão contra o meu senhor, pois ele é o ungido do Senhor, 12e meu pai.

Presta atenção, e vê em minha mão a ponta do teu manto. Se eu cortei este pedaço do teu manto e não te matei, reconhece que não há maldade nem crime em mim, que não pequei contra ti. Tu, porém, andas procurando tirar-me a vida. 13Que o Senhor seja nosso juiz e que ele me vingue de ti. Mas eu nunca levantarei a minha mão contra ti.

14‘Dos ímpios sairá a impiedade’, diz o antigo provérbio; por isso, a minha mão não te tocará. 15A quem persegues tu, ó rei de Israel? A quem persegues? Um cão morto! E uma pulga! 16Pois bem! O Senhor seja juiz e julgue entre mim e ti. Que ele examine e defenda a minha causa, e me livre das tuas mãos”.

17Quando Davi terminou de falar, Saul lhe disse: “É esta a tua voz, ó meu filho Davi? E começou a clamar e a chorar. 18Depois disse a Davi: “Tu és mais justo do que eu, porque me tens feito bem e eu só te tenho feito mal. 19Hoje me revelaste a tua bondade para comigo, pois o Senhor me entregou em tuas mãos e não me mataste. 20Qual é o homem que, encontrando o seu inimigo, o deixa ir embora tranquilamente? Que o Senhor te recompense pelo bem que hoje me fizeste. 21Agora, eu sei com certeza que tu serás rei, e que terás em tua mão o reino de Israel”.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 57(56)

         — Piedade, Senhor, tende piedade.
— Piedade, Senhor, tende piedade.

— Piedade, Senhor, piedade, pois em vós se abriga a minh’alma! De vossas asas, à sombra, me achego, até que passe a tormenta, Senhor!

— Lanço um grito ao Senhor Deus Altíssimo, a este Deus que me dá todo o bem. Que me envie do céu sua ajuda e confunda os meus opressores! Deus me envie sua graça e verdade!

— Elevai-vos, ó Deus, sobre os céus, vossa glória refulja na terra! Vosso amor é mais alto que os céus, mais que as nuvens a vossa verdade!

EVANGELHO: Mc 3, 13-19

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram até ele. 14Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá–los a pregar, 15com autoridade para expulsar os demônios. 16Designou, pois, os Doze: Simão, a quem deu o nome de Pedro; 17Tiago e João, filhos de Zebedeu, aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer “Filhos do trovão”; 18André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, 19e Judas Iscariotes, aquele que depois o traiu.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Ainda no capítulo terceiro do Evangelho de São Marcos, encontramos Jesus chamando os Doze apóstolos. Ele sobe à montanha e chama quem ele quer. Os chamados respondem e vão até ele. São ao todo Doze. Chama-os para ficarem com ele, para pregar e para expulsar os demônios. Nos Evangelhos e nos Atos, as listas dos apóstolos são as mesmas, três grupos de quatro. Na lista dos Atos falta Judas Iscariotes. O primeiro em todas as listas é sempre Simão Pedro. Diz a Constituição dogmática Lumen Gentium, do Concílio Vaticano II, que Jesus “constituiu os apóstolos sob forma de colégio, isto é, de grupo estável, cuja presidência entregou a Pedro”. E no Ritual de ordenação de bispos se lê que, “para que este ministério permanecesse até o fim dos tempos, os apóstolos escolheram colaboradores, aos quais, pela imposição das mãos, que confere a plenitude do sacramento da Ordem, comunicaram o dom do Espírito Santo recebido de Cristo. Assim, ao longo das gerações, este dom inicial foi sempre transmitido pela sucessão ininterrupta dos bispos”. Assim, os nossos bispos são legítimos sucessores dos apóstolos no serviço de todo o povo de Deus. Oremos sempre por eles, para que “se distingam mais pelo serviço prestado que pelas honrarias recebidas”.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
O Evangelho de hoje é um convite para acolhermos o chamado de Deus, para estarmos com Ele e anunciarmos o Evangelho da Salvação.
Entro no silêncio de meu ser e deixo a luz de Deus me iluminar….
“Senhor Jesus Cristo, envia sobre nós, como prometeste, teu Espírito Santo. Que Ele nos mostre os caminhos que devemos trilhar; a vocação que devemos realizar; nos dê sabedoria para anunciar a Boa Nova e a graça da fidelidade ao teu chamado. Amém.”

Leitura (Verdade)
É Deus quem chama e envia em missão. Qual é o chamado de Deus para mim? Qual minha missão?
“Marcos sintetiza em três pontos a vocação: Jesus chamou a quem quis para ficar com ele e, depois, enviou-os a evangelizar. Inicialmente, ele chamou os Doze para ficar com ele para depois enviá-los a proclamar a Boa-Nova e expulsar os demônios. O número doze faz alusão às doze tribos de Israel e à universalidade da salvação. Como os demais evangelistas, Marcos inicia a nominata colocando Simão em primeiro lugar. Ele tem seu nome mudado para Pedro e, com a mudança do nome, nova missão. Ele será a pedra angular da comunidade de Jesus. Por último da lista, figura Judas, aquele que seria o traidor. Pedro e Judas tiveram fracassos, mas só Pedro acolheu a Misericórdia do Mestre.”(Frei Mário Sérgio Souza, em “Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Coloco-me entre os seguidores de Jesus e examino como é minha resposta à vocação a qual fui chamado(a)? Estou convencido(a) de que o que realizo faz parte da missão que Deus confiou a nós batizados e enviados a anunciar o Evangelho?

Oração (Vida)
Rezo por todas as vocações dentro da comunidade: sacerdotes, religiosos(as) , leigos consagrados, profissionais da saúde, educadores, catequistas, lideranças para o bem comum, etc…. Durante o dia rezo repetidas vezes: “Enviai, Senhor, bons operários para à Evangelização”

Contemplação (Vida e Missão)
Contemplo no silêncio do meu coração o chamado de Deus para mim. Escuto sua voz chamando meu nome e confiando-me a missão. Que apelos desperta em mim sua voz?

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]