Oração diária Jesus ensina em parábolas

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mt 13,10-17

Os discípulos aproximaram-se e disseram a Jesus: “Por que lhes falas em parábolas?” . Façamos a oração do dia: Senhor Jesus, faze-me conhecer os mistérios do Reino, para que eu possa trilhar, com segurança, os caminhos do Reino.

16ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 23 de julho de 2020

PRIMEIRA LEITURA: Jr 2,1-3.7-8.12.13

Leitura do Livro do Profeta Jeremias: 1A palavra do Senhor foi-me dirigida, dizendo: 2Vai e grita aos ouvidos de Jerusalém. Isto diz o Senhor: Lembro-me de ti, da afeição da jovem, do amor da noiva, de quando me seguias no deserto, numa terra inculta. 3Israel, consagrado ao Senhor, era como as primícias de sua colheita; todos os que dele comiam, pecavam; males caíam sobre eles, diz o Senhor. 7Eu vos introduzi numa terra de pomares, para que gozásseis de seus melhores produtos, mas, apenas chegados, contaminastes o país e tornastes abominável minha herança. 

8Os sacerdotes nem perguntaram onde está o Senhor. Os versados na Lei não me reconheceram, e os chefes do povo voltaram-me as costas, os profetas profetizaram em nome de Baal e correram atrás de coisas que para nada servem. 12Ó céus, espantai-vos diante disso, enchei-vos de grande horror, diz o Senhor. 13Dois pecados cometeu meu povo: abandonou-me a mim, fonte de água viva, e preferiu cavar cisternas, cisternas defeituosas que não podem reter água.

— Palavra do Senhor.
— Graças a Deus.

SALMO 35

— Em vós está a fonte da vida, ó Senhor!
— Em vós está a fonte da vida, ó Senhor!

— Vosso amor chega aos céus, ó Senhor, chega às nuvens a vossa verdade. Como as altas montanhas eternas é a vossa justiça, Senhor.

— Quão preciosa é, Senhor, vossa graça! Eis que os filhos dos homens se abrigam sob a sombra das asas de Deus. Na abundância de vossa morada, eles vêm saciar-se de bens. Vós lhes dais de beber água viva, na torrente das vossas delícias.

— Pois em vós está a fonte da vida, e em vossa luz contemplamos a luz. Conservai aos fiéis vossa graça, e aos retos, a vossa justiça!

EVANGELHO: Mt 13,10-17

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 10os discípulos aproximaram-se e disseram a Jesus: Por que tu falas ao povo em parábolas? 11Jesus respondeu: Porque a vós foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos Céus, mas a eles não é dado. 12Pois à pessoa que tem, será dado ainda mais, e terá em abundância; à pessoa que não tem, será tirado até o pouco que tem. 13É por isso que eu lhes falo em parábolas: porque olhando, eles não veem, e ouvindo, eles não escutam, nem compreendem. 

14Deste modo se cumpre neles a profecia de Isaías: Havereis de ouvir, sem nada entender. Havereis de olhar, sem nada ver. 15Porque o coração deste povo se tornou insensível. Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos, para não ver com os olhos nem ouvir com os ouvidos, nem compreender com o coração, de modo que se convertam e eu os cure. 16Felizes sois vós, porque vossos olhos veem e vossos ouvidos ouvem. 17Em verdade vos digo, muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não viram, desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

O Evangelho de hoje e o de amanhã foram lidos no 15º Domingo do Tempo Comum. Jesus contou a parábola do semeador e explicou seu significado. Entre o relato e a explicação, Jesus explica que fala em parábolas para que se cumpra a profecia de Isaías, que diz que o coração do povo se endureceu.

Assim, ouvindo as parábolas, não escutam nem enxergam. Esperava-se o contrário, que, sendo uma pequena história, facilitasse a compreensão. Na verdade, a parábola não era entendida imediatamente e precisava de uma explicação. Os intérpretes dizem que na parábola está oculta uma crítica que não é destinada a todos, mas a alguns dos ouvintes. Esses ouvintes percebem que a parábola é dirigida a eles. Ouvem, mas não querem escutar, porque não pretendem mudar de vida.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

O ensinamento por meio das parábolas era um recurso muito utilizado por Jesus para falar dos mistérios do Reino de Deus. No entanto, para bem compreendê-las, era necessário que os ouvintes estivessem em sintonia com Jesus. Sem essa sintonia e proximidade, se tornava difícil penetrar no sentido das parábolas. Abramos o nosso coração para acolhermos os ensinamentos de Jesus.

Peçamos: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? O que é necessário para que a Palavra de Deus produza frutos em nossa vida?

“Jesus é um excelente contador de histórias. Ele é o pregador dos caminhos e usa as imagens que vê para iluminar sua doutrina. E as pessoas simples entendem melhor esta linguagem. Este texto vem entre as duas partes da parábola do semeador e da semente. Os terrenos duros, cheios de pedras e espinhos, não veem nem entendem os ensinamentos do Reino.

Mas a terra boa do coração dos discípulos acolhe estes ensinamentos. Sem as sutilezas dos doutores em leis, estes discípulos irão revelar aos outros a Boa-Nova anunciada por Jesus. Enquanto uns usam o conhecimento para justificar as próprias opções, os seus discípulos deixam a palavra cair na terra humilde e agradecida dos seus corações e, por isso, a entendem.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim hoje? Como você acolho os ensinamentos de Jesus em minha vida? Seus ensinamentos encontram sintonia com a realidade que vivo hoje? A Palavra de Deus rezada e meditada renova em mim a fé, a esperança, a confiança no Senhor?

Oração (Vida)

O Senhor é nossa força, consolo e abrigo. A Ele entregamos nossa vida e este novo dia. A Ele confiamos as pessoas que amamos e todas aquelas com as quais partilharemos a vida neste dia. Agradeçamos ao Senhor seus ensinamentos.

Contemplação (Vida e Missão)

“Cada um dos nossos dias seja plasmado pelo encontro renovado com Cristo, Verbo do Pai feito carne: Ele está no início e no fim de tudo, e n’Ele todas as coisas subsistem (cf. Cl 1,17). Façamos silêncio para ouvir a Palavra do Senhor e meditá-la, a fim de que ela, por meio da ação eficaz do Espírito Santo, continue a habitar e a viver em nós e a falar-nos ao longo de todos os dias da nossa vida” (Bento XVI, Verbum Domini, 124).

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui